BBB às 11:50

BBB21: Deputado apresenta notícia-crime e pede expulsão de Lumena

Reprodução/Globo

Na última terça-feira (9), o deputado estadual Anderson Moraes, do PSL, apresentou uma notícia-crime contra a participante do BBB 21, Lumena Aleluia, na Delegacia de Combate a Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi).

O pedido do político espera a abertura de um inquérito para apurar a prática de "racismo reverso” da psicóloga.

“Protocolamos uma notícia crime contra a participante Lumena pela fala pejorativa e ofensiva generalizada à raça branca. Um caso claro de racismo de duas jovens negras contra pessoas brancas. Pedimos para a Decradi apurar os fatos e se manifestar pela expulsão dela do programa. Se fosse o contrário, o que seria igualmente crime, já teriam se mobilizado para combater o racismo".

O fato em questão aconteceu depois da Prova do Anjo de sábado (6), quando Lumena, em conversa com Karol Conká, chamou Carla Diaz de ‘desbotada’, ‘sem melanina’ e ‘olho de boneca assassina’.

SAIBA TUDO SOBRE O BBB21

Ataque contra Carla Diaz

 

Em plena madrugada, Karol Conká, Lumena e Nego Di comiam pipoca na cozinha VIP e resolveram falar mal de Carla Diaz. No domingo a cantora conversou com a atriz e disse ter se resolvido com ela, mas deve ter sido só um jogo de cena.

“Ela é cobrinha. Tem que fazer o joguinho dela. Agora ela me dá abracinho”, contou Lumena.

“Falsa”, disparou Conká.

“Fica me olhando daquele jeito. Mas o jogo vai virar”, previu a DJ.

“E ela fica grudada na Camilla pra dizer que está andando com uma preta. E esse ai tem que dar uma enquadrada nessas brancas’, pediu a cantora para Nego Di.

Pouco depois, no lado externo, Lumena e Karol voltaram a tocar no assunto com Fiuk.

“Ela me disse: ‘Quando eu sei ser ruim eu sou bem brava’. Ela está sendo falsa”, falou a rapper.

“Ela está até me abraçando”, falou novamente a DJ.

“Sabe poque isso? Pra me atacar!”, finalizou ela.