BBB às 11:44

BBB21: Gilberto fala de amor por Sarah, Fiuk e Juliette e leva alegria ao café da manhã no Mais Você

Divulgação/TV Globo

Apesar da eliminação, Gilberto vigorou na manhã desta segunda-feira (3), durante o café da manhã com Ana Maria Braga. A apresentadora, animada, começou já na alegria relembrando rapidamente a passagem do economista pelo reality e disse, sincera, que imaginava conversar com ele somente depois da grande final.

"Eu particularmente não esperava esse encontro hoje. Eu não estava preparada para ele. Achei que ia te ver só daqui uns três dias, Gil”, disse Ana. Mais adiante, ela pediu para Gil explicar novamente sobre o apelido "Gil do Vigor", o qual ele adquiriu na faculdade por conta de uma amiga, que falava para ele "vigorar" e arrasar nos estudos.

Grato, o rapaz, apesar de ter achado que saíria em todo os sete paredões pelos quais passou, pois "sempre tive muita insegurança em relação às pessoas gostarem de mim" por achar que fala "muito, sou muito intenso, achei que iriam se cansar de mim", disse que acreditava ficar dessa vez. 

"Quando o Tiago [Leifert] abriu a votação [do paredão e disse que era difícil escolher, pensei que tinha chance. Tenho um tiquinho. Mas sabia que eram duas torcidas contra a minha. Ou os vigorentos vigoram, ou vou sair. Mas eu tive meu sonho de sair com duas mulheres, pensei: 'se meu sonho tiver certo, estou eliminado.'"

O reencontro dele com a mãe, Jacira, também foi mostrado. A emoção tomou conta dos dois quando se abraçaram e Ana Maria até brincou, relembrando da conversa dela com Jacira, na qual a mãe de Gil riu e afirmou que o filho não seguia os conselhos dados por ela antes do "BBB21".

"Eu sempre fui de me entregar, sempre fui muito intenso. Às vezes não era muito bom ter essa intensidade toda. Mas eu sempre fui de me entregar de corpo e alma ao que eu fazia”, respondeu Gil. "Minha mãe está digital influencer, disse que cozinhou contigo. Muito chique."

E ele continuou: "Minha mãe sempre foi minha parceira. Eu a amo demais, sempre amei. Essa era minha preocupação no programa”, confessou. "Eu fiquei muito feliz por saber que ela conseguiu batalhar. Ele falou que estava orgulhosa, mesmo com os erros que eu tive. Não tem R$ 1,5 milhão que pague a minha mãe falar que está orgulhosa de mim. Mas quero ganhar um milhão também, né?! Vamos trabalhar pra isso [risos]."

Ah, e a cachorrada? Bom, ele adora, mas garantiu que está solteiro e não negou o amor por Fiuk

"Eu amo aquele menino. Via o coração dele […]. Era amor, verdadeiro, mas a parte carnal confundia pela carência. Não tem nada de relacionamento. Lá dentro é tudo intenso, a carência. Mas o amor, o carinho, o respeito é verdadeiro", explicou ele depois de ver o trecho em que, na festa do sábado (1º), confessou uma paixão pelo cantor para Camilla de Lucas.

Gil do Vigor é o homem mais seguido da história do BBB e bate 10 milhões no Instagram

Juliette e a eliminação

 

Aberto, intenso, Gilberto explicou que imaginava ter torcidas contra, mas não esperava que o empenho seria tão grandiosos para tirá-lo da grande final.

"Pensei que minha torcida ia na Juliette. De todo mundo que tinha ranço de mim, ia votar em mim. Sabia que tinha torcida contra mim. Era minha fé no senhor e Sarah, mas Sarah está rejeitada. Sabia que viria tanta torcida em mim. Eu imaginei que ficaria entre nós dois [eu e Camilla], também não imaginava. Mas não pensava que a torcida dela fizesse na maldade, mas para salvar ela. Mas sabia que as torcidas delas viriam em mim e que a minha tinha que ser muito forte."

A apresentadora, por sua vez, quis saber se ele não se arrependeu de não ter indicado Juliette ao Paredão quando teve a chance e se isso não faria o jogo mudar.

“Talvez sim, mas eu não conseguiria porque era algo muito forte dentro de mim. Era muito complicado, vinha muita dúvida. Eu tenho muita paranoia e, como eu tenho uma boca ‘desse tamanho’, acabava falando. Eu poderia ter refletido mais, julgado um pouco menos”, refletiu.

Gil não deixou de destacar, no entanto, a amizade com a paraibana. "Por mais que as pessoas falassem que iria me prejudicar por causa da Juliette, era muito complicado."

Para ele, ela será a grande vencedora.

"Assim, pelo que eu vi depois de sair, acho que a Juliette vai ganhar, disparado. E acho que o três merecem ganhar", apontou. "Eu soube a torcida dela se jutou para votar em mim, é muito forte, é empenhada. E aquela torcida que vota muito garante o prêmio para quem eles gostam."

Gilberto fica eufórico com mensagem de Deborah Secco

A conexão com Sarah

 

A amizade entre Sarah Andrade e Gilberto Nogueira marcou a vida dos dois e o próprio público. Amando ou odiando a dupla, o fato é que eles não se desgrudavam. Ao ver o jeito que ficou com a saída da loira e o que ela disse sobre ele no "Mais Você", Gil chorou novamente.

“Eu e Sarah, dois cancerianos, a gente vai na emoção, cria coisas. Eu acordei na quinta semana e falei: ‘Nós somos os vilões’. Aí, voltamos de vários paredões e foi a moléstia. Aí me lasquei", decretou, aos risos. "É muito complicado no jogo, a gente não tem informação, não sabe das coisas”, disse.

“Quando entrei no BBB, pensava que amigo tinha lá fora, quero R$ 1,5 milhão. Mas as relações são reais, sim. A Sarah é alguém que eu amo demais, parceira, sabia que tinha um ombro pra chorar. É meu porto seguro. Se eu podia contar com ela dentro do jogo, valendo R$ 1,5 milhão, então posso contar com ela pra tudo."

Trio de loiras! Xuxa, Angélica e Eliana lamentam saída de Gil do BBB21

Surpresas

 

Na conversa com Ana Clara Lima, no "Bate-Papo BBB", Gilberto soube das aprovações para o pós-doutorado nos Estados Unidos, as porcentagens que teve nos paredões e também viu os recordes alcançados pelos colegas de confinamento em suas respectivas eliminações.

Muito expressivo, ele ficou chocado. Mas não parou por aí. Com Ana Maria Braga, as revelações continuaram. Quando soube que a entrega da "Prova do Líder" por parte de Viih Tube foi totalmente estratégica e nem tanto de coração, o doutorando fez cars e bocas.

"Ela fez de propósito? Sabia que tinha feito de propósito, eu como fã do programa, voltar do paredão como líder seria grandioso. Não poderia indicar ela depois dessa atitude. Agora, se ela fez na… Esperta ela, né? Jogou y jogou. Ai que humilhação, Brasil. Ai, Brasil!", ele exclamou.

Ana Maria lembrou ainda das indicações do nordestino enquanto Líder, mas elas nunca saíam. "Eu joguei. Ruim? Mas joguei. O que valia era jogar. Já sabia: quer se salvar do paredão, deixa eu te indicar. Ia voltar. Nem tinha salvação", falou, divertido.

PhD, Califórnia e futuro acadêmico

Antes de encerrar o programa, a apresentadora comentou sobre as aprovações de Gil do Vigor para cursar o tão sonhado pós-doutorado fora do Brasil, mais precisamente nos Estados Unidos. Entre as respostas positivas, ele conseguiu o passe para ingressar na Universidade da Califórnia, o maior objetivo dele. 

"Essa universidade era a que você mais queria. Olhando para isso agora que você se esforçou tanto, seu vigor veio dai, toda sua história, você pensa o que olhando para essa carta? Isso ai é o máximo para você que já é doutor", vibrou Ana Maria Braga.

Sempre buscando concretizar seus desejos, ele mandou um recado cheio de positividade para os fãs, o público, qualquer pessoa que sonha e não tem medo disso.

"Ana, há um tempo, quando eu era missionário da igreja, eu estava pregando e tinha um irmão que fui almoçar na casa dele – na época eu fazia graduação, não sabia nem se tinha faculdade, eu abandonei para fazer missão – eu falei para ele assim: 'Vou voltar para minha casa, terminar a graduação, fazer mestrado e vou fazer doutorado nos Estados Unidos'. Ele começou a rir", relembrou, já com lágrimas nos olhos.

"Eu falei: 'Eu vou fazer. Eu tenho certeza que vou fazer'. Não importa o que vai acontecer, os meios Deus vai prover, o esforço vou me comprometer. Comecei a batalhar e querer, durante muito tempo achei que não seria capaz, que era muito para mim, mas algo dentro de mim gritava muito forte", pontuou.

"Tinha uma barreira e às vezes eu cansava, pensava: 'Eu me esforço tanto para fazer o bem para outras pessoas…'. Muitas vezes eu deixava de estudar para ajudar outras pessoas que estavam com dificuldade, então às vezes pensava que precisava estudar um pouco mais, isso fez com que não tivesse pronto um ano atrás."

"Eu sabia que se eu fizesse o bem, ajudasse o próximo, o momento viria. Eu tentei o PhD dois anos e não passei, achava que não era bom ou não tinha capacidade, mas eu não desisti. Esse ano Deus me mostrou que não era a capacidade e nem qualificação pessoal. Era o momento certo. Entrei no Big Brother certo, as coisas aconteceram da forma certa e Deus me deu a oportunidade de entrar em três PhD, dois com bolsa e um sem", cravou.

Posteriormente, Gilberto quis deixar uma maensagem de perseverança:

"Eu sei o que é não ter esperança e não tinha esperança de jeito nenhum. Ouvi de todo mundo que eu sonhava demais, que eu era doido, vivia em um mundo paralelo e precisava acordar. Essas pessoas precisam entender que eu nunca estive louco".

"Quando a gente batalha, Deus vai prover um meio para que aconteça. Qualquer pessoa que tem um sonho ou quer muito alguma coisa: vigore, se esforce, acredite. Eu sempre disse que sou 1% de exceção, mas como eu podia ter outras pessoas, basta acreditar", reforçou.

Fãs de Gil do Vigor querem ‘boicotar’ a final do BBB21