BBB às 22:35

Juliette Freire solta a voz no Domingão do Faustão e diz que amigos a blindaram dos vídeos polêmicos

Reprodução TV Globo

A grande campeã do BBB21, Juliette Freire também participou do Domingão do Faustão deste domingo (09). A paraibana falou sobre alguns momentos seus durante a competição, a admiração pela mãe, além de soltar a voz a pedido do apresentador.

Casamento

Para começar, Carol Miarelli, assistente de palco do programa perguntou sobre o casamento dela com Fiuk, dentro do game, e se eles estavam em clima de lua de mel.

“Pelo amor de Deus, casamento não! Dá trabalho demais. Deixa para depois. Eu ainda tô muito ocupada, que agora tô famosa!”, brincou ela.

Perdão

Faustão lembrou que ela foi muito atacada dentro da casa e se pretende perdoar depois de ver todos os vídeos.

“Na verdade os meus amigos evitaram um pouco me mostrar isso, para que eu aproveitasse a melhor parte agora, que era o carinho de todo mundo e acolhimento. Eles evitaram quando eu queria: ‘essa pessoa eu tenho dúvida e me diz…’. Eles falaram pouquíssimas coisas e disse assim: ‘curta as coisas boas, depois que você relaxar a gente conversa’.

Sei algumas coisas, mas eu não quero julgar antes de entender por que falou. Porque às vezes você fala uma coisa, na verdade sua mágoa fala, suas cicatrizes falam. Então eu quero entender se a pessoa conversar comigo me explicar e eu olhar nos olhos delas e entender que, ok errou, e tudo bem. Eu também erro eu não tenho problema nenhum”, confessou ela.

Mainha

O apresentador perguntou da relação que ela tem com a mãe, dona Fátima.

“As pessoas estão dizendo: ‘você é muito forte, você é muito forte’. Eu não sou metade, eu não sou 1% do que minha mãe é. A minha mãe conseguiu passar por tudo de mais difícil que uma mulher nordestina semianalfabeta passou. E ela passava por tudo isso com um coração generoso e acreditando que ia dar certo acreditando melhor. Ela não tinha muita instrução para me ensinar, mas os valores as coisas importantes ela conseguir passar”, disse e continuou nos elogios à ‘mainha’.

“A vida me ensinou. Ela nunca chegou para mim e disse: ‘minha filha faça isso, faça aquilo’. Ela dizia coisas muito simples, do tipo: ‘Isso não importa. A vida é maior’. A vida dela me ensinou muito mais do que palavras ou literatura qualquer coisa que que ensine”, falou.

Medo

Juliette revelou que o momento é de muita alegria e euforia, mas ao mesmo tempo tem medo.

“Eu tô com muito medo. Sei que tudo que cresce muito tem um risco muito grande. Então eu tô assustada, mas ao mesmo tempo é um frio na barriga muito bom de saber que as pessoas estão acreditando em mim e estão acreditando em coisas boas me vendo como algo bom. Não como perfeição. Eu não quero esse peso. Por favor, esse peso não é meu, essa carga não é minha. Eu só tentei ser boa. Eu não sou bondade. Eu tento, tento, tento, tento e enquanto eu puder.

Soltando a voz

Juliette ficou sabendo que o Domingão termina no final do ano e ficou um pouco decepcionada

“Todo mundo chegou aqui várias vezes. Quando eu chego, tu quer ir embora. Tenho que vir aqui todo domingo, até o final do ano”, brincou ela.

Ele então perguntou se queria cantar e qual eram os ritmos de preferência.

“Canto tudo. Amo música muito, mas as vezes que ficava triste, feliz ou em dúvida e cantava que vinha na minha cabeça. De cantar eu gosto de música mais tranquila, que sou muito agitada e não tenho fôlego para cantar agitada”, disse ela e contou um trechinho de "Deus me proteja", do Chico César.

E teve bis. Juliette pediu para cantar mais uma.

“Tem uma que me fala muito sobre minha feminilidade, sobre ancestralidade, sobre toda essa luta e a pressão que as mulheres sofrem. Que na verdade todo mundo acaba sendo rotulado de alguma coisa um dia e aí quando as pessoas me rotulavam eu dizia: Tá, tudo bem eu sou assim. Isso não é ruim. Diziam: ‘Você é Paraíba’. Dizia: ‘Paraíba é meu estado. Eu sou paraibana’. Mas tudo bem! Paraíba é linda”, falou.

Então a advogada emendou um pouquinho de "Triste, Louca e Má", gravada Maria Gadú.

Emocionante! Juliette recita poema em homenagem ao Dia das Mães
Juliette recebe carinho dos fãs em aeroporto no Rio de Janeiro