BBB às 14:20

Rica! Saiba o que Juliette fará com 1,5 milhão do BBB21

Globo/João Cotta

Com o jeitinho cativante e uma forma destrambelhada de se comunicar, Juliette Freire conquistou todo o Brasil e garantiu 1,5 milhão com o primeiro lugar no “BBB21”. Agora, já fora da casa mais vigiada do Brasil, a paraibana comentou um pouquinho sobre a sua trajetória no reality show e revelou os planos para o futuro, agora que já é nacionalmente conhecida.

Em papo com a Globo, a ex-sister comentou sobre a experiência de finalmente viver o sonho  de muitos anos e as dificuldades que enfrentou dentro do confinamento para se comunicar com os outros participantes.

“Foi uma coisa louca. Por mais vontade que eu tivesse de participar, era um sonho apenas. Não imaginava que fosse ser real. E mesmo quando foi acontecendo eu, ainda assim, não acreditava. Só acreditei quando recebi a mochilinha com meu nome”, disse a campeã, aos risos. “Eu entrei na casa muito eufórica, muito feliz, muito brincalhona. Estava tão feliz que eu só queria dar amor e amizade, fazer brincadeiras, e aí me perdi. As pessoas não conseguiram me entender, acharam que eu não tinha boas intenções nem sei por quê. Foi doloroso, mas também muito enriquecedor. Eu consegui me refazer, me reconectar comigo mesma e não perder a fé nas pessoas, em mim ou na vida. Foi tudo maravilhoso”, completou.

A advogada, que foi mal interpretada diversas vezes dentro do programa, afirmou que apesar de ter enfrentado alguns desafios ao longo da sua vida, nunca tinha vivido nada parecido com os conflitos que teve com os participantes.

“Eu já passei por muitas coisas difíceis, mas daquela forma, não. Às vezes as pessoas também achavam que a minha expressão era assim ou assado, falavam sobre algumas coisas, mas nunca tão grandiosas. Mas eu sempre soube que eu era uma pessoa difícil de entender”, confessou.

Juliette é campeã do BBB21

Juliette também comentou sobre as amizades que fez ao longo de todos os meses de confinamento. Com vários altos e baixos, a sister falou um pouquinho do tão amado G3 e explicou os motivos pelos quais acredita ter se afastado do grupo.

“Eu saí porque não concordava com algumas ideias e com o jeito que eles faziam as coisas. Mas, ao mesmo tempo, eu me divertia com eles. Eu me sentia acolhida, eles me abraçaram quando eu estava muito mal. Então eu fiquei naquele dilema entre me machucar, porque o que eu não concordo me machuca, ou me afastar. E eu não me afastei, na verdade, eles que se afastaram de mim. Foi muito difícil, mas eu levantei a cabeça e segui porque é assim a vida, nem sempre do jeito que a gente quer. Às vezes não temos muito tempo para chorar ou lamentar, temos que seguir, e eu fiz isso”, disse a paraibana, que revelou quais são as amizades que pretende levar adiante após o reality.

“Com certeza a Camilla, o João e o Gil. Ainda preciso entender algumas coisas com o Gil, mas eu gosto muito dele, o sentimento é muito verdadeiro. Ainda não consegui assistir às coisas, me situar, mas gosto de todo mundo. Acho que todo mundo erra, mas acerta também. E a Camilla é a minha maior certeza na amizade”, disse a sister, que não citou Viih Tube, com quem teve um relacionamento marcado por altos e baixos.

Mesmo com vários momentos emocionantes no programa, Juliette afirmou que ver a sua mãe em uma das ações da Avon, receber a notícia da vacina e, obviamente, o anúncio da sua vitória foram os momentos mais inesquecíveis para a sua trajetória. A agora ex-sister ainda revelou que não imaginava que poderia vencer o “BBB21”.

“Minhas amigas tinham certeza de que eu iria ganhar. Eu não, eu tinha medo. Eu imaginava que fosse sair na primeira semana justamente porque as pessoas não iriam me entender. Quando eu entrei imune, fiquei louca de felicidade. E aí aconteceu tudo que vocês já sabem (risos)”, disse ela, que ainda confessou que acreditava que as coisas no confinamento seriam mais fáceis do que realmente foram.

Atualmente com 26 milhões de seguidores somente no Instagram, a advogada ainda revelou que está muito feliz com todo o amor recebido pelos fãs e contou o que pretende fazer com o prêmio de R$ 1,5 milhão?

“O prêmio vai, primeiramente, para a cirurgia que minha mãe precisa fazer. Depois, para uma casa própria para os meus irmãos, uma casa popular. Eles têm uma vida muito simples e são felizes assim. Eu não quero mudar a vida deles para algo que não é deles, eu vou somente dar um conforto mesmo. Alguns trabalham, outros não, têm um salário pequenininho, e eu quero dar uma segurança financeira para eles. Essas são as minhas prioridades agora. Depois disso não sei mais, vou ver o que vai acontecer. Mas esses eram os meus objetivos quando eu entrei no BBB e continuam sendo”, finalizou.