BBB às 12:15

Titi Müller erra e pede desculpa a Gizelly, do BBB20: ‘Péssimo’

Reprodução/Instagram e Victor Pollak/Globo

Titi Müller é uma das apresentadoras do programa BBB – A Eliminação, do Multishow, e conduz o bate-papo com maestria, ao lado de Bruno De Luca e Vivian Amorim. Porém, ela acabou cometendo uma gafe com a participação da eliminada Gizelly Bicalho.

Flayslane, do BBB20, é convidada por dupla para gravarem juntos

Titi disse que a Gizelly falou que o Babu se vitimizava por ser negro e que teria chegado questionar a cor dele, mas, na verdade, quem disse isso foi Ivy, que ainda está na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

Logo após o ocorrido no programa, Titi foi avisada pelos fãs da ex-sister sobre a gafe e pediu desculpas pelo Twitter. "Gente, aconteceu de colocar a fala de uma pessoa na boca de outra e isso é péssimo. Vou me retratar na próxima entrada, peço desculpas. Obrigada quem avisou".

 

BBB20: Equipe de Ivy detona Bruno Gagliasso após comentário

E foi isso mesmo que ela fez. Quando entrou ao vivo novamente, ela se desculpou e Gizelly reafirmou: "Não foi eu que disse".

 

BBB20: Gabi Martins conta que ganhou 9kg dentro da casa

‘Não imaginava a rejeição da Ivy’, diz Gizelly

 

Gizelly passou quase três meses na casa do Big Brother Brasil e agora que saiu está recebendo muitas informações, tanto sobre tudo que estamos passando com o coronavírus, como com relação ao que ela viveu na casa.

Questionada sobre a chegada de Daniel e Ivy, que vieram da Casa de Vidro, Gizelly contou que eles foram dois anjos da guarda e que está muito surpresa com a rejeição que Ivy vem sofrendo aqui fora.

“Eles dois foram meus anjos da guarda e tenho uma gratidão muito grande por eles. Eu juro que não imaginava essa rejeição da Ivy aqui fora. A gente tem um lado palhaça, bobona, muito parecido. Eu olhava para ela e me via naquelas bobeiras, me identificava. E no Daniel eu via muita ingenuidade. Não tinha como ver maldade nos dois. A gente que estava lá dentro sabe disso”, disse.

Ela ainda contou que, com as informações que eles trouxeram de fora, acabou sendo salva de ir para todos os próximos paredões, a partir daquele momento.

“Daquele momento até agora, se os dois não tivessem entrado para confirmar o que eu e Marcela estávamos falando, pode ter certeza que nós duas iríamos para todos os paredões. Porque tinham começado a duvidar da gente. Eu mesma comecei a desconfiar do que eu tinha ouvido, pensei que talvez tivesse entendido errado. Quando eles entraram me deu confiança e mostrou que eu não estava louca. Naquele momento senti todo o Brasil apoiando a nossa causa porque foram tirando todo mundo que tinha falado aquelas coisas ruins”, afirmou.

Com relação às proximidades, Gizelly lembrou da mudança de postura com Victor Hugo e se arrependeu de tê-lo chamado de falso.

“Sempre gostei muito do Victor Hugo e ele sempre gostou muito de mim. Mas eu comecei a ver ele mudando de posicionamento no jogo. Primeiro ele disse que eu era uma heroína, depois começou a questionar a forma com que a situação dos meninos foi abordada. Eu não queria ver maldade, mas percebi ele mudando de lado. Talvez eu não devesse ter gritado com ele quando o chamei de falso porque não é certo gritar assim com ninguém. Mas depois, no paredão dele, pedi perdão. E não tenho mágoa de ninguém”, finalizou.

Ex-BBB Lucas faz harmonização facial e mostra antes e depois

BBB20: 'Quero coisa animada', diz Ivy criticando a festa