Reality Show às 07:33

Drag Race Brasil: Roast traz episódio histórico!

Drag Race Brasil: Roast se destaca em ótimo episódio da temporada
Drag Race Brasil: Roast se destaca em ótimo episódio da temporada (Paramount)

Hora de ligar os motores para a reta final de “Drag Race Brasil”! Organzza, Shanon Skarlett, Betina Polaroid, Hellena Malditta e Miranda Lebrão formam o top 5 da realeza das ‘RuGirls’ brasileiras e que estão mais do que prontas para pegar aquela coroa e fazer um lindo primeiríssimo reinado. Com a bancada fixa Grag Queen, Bruna Braga, Dudu Bertholini e o convidado Junior Chicó, é hora do tradicional Roast (Gongada em livre tradução)!

Para começar, parece que os ‘mortos’ não se foram: Naza foi eliminada, mas está bem presente no local com Miranda soltando alguns pontos de vistas polêmicos e disse que sentiu que não iria conseguir se conectar com ela desde o primeiro episódio, quando houve uma situação em que Naza teria dito que “não sente nada pelos jurados” e só lembra de “sorrir” quando está no palco. Miranda disse que todas estavam ‘surtando’ com Gretchen como jurada convidada e a sua ‘rival’ acabou não entrando na vibe.

Bom, se é isso ou não: Só saberemos em um possível reunited. O que é real mesmo é que elas tiveram que se maquiar em 10 minutos e representar um animal da fauna brasileira. Entre onças e preguiças, quem ganhou foi Shanon e sua Arara Azul.

O Roast

Para quem não conhece, o Roast é muito tradicional em clubes norte americanos de drag queens e entre humoristas de lá. Aqui seria como um festival de ‘gongação’. O objetivo dele é fazer diversas piadas bem mais incisivas, e até ofensivas, do que as comum, tirando sarro de pontos particulares, como aparência, jeitos de agir e entre outras coisas. Na versão original, é muito comum e é um dos desafios mais aguardados.

Aqui, com a ajuda de Grag e Bruna, as queens puderam mostrar previamente o material e ganhar uma avaliação. De modo geral, todas receberam ótimos conselhos, mais voltados para a performance. Organzza se mostrou nervosa e fora da zona de conforto, assim como Shanon que não conseguia pensar em um texto sem o medo de ser ofensiva demais.

Antes do desafio, Miranda abriu o coração e contou sobre um acidente e sua relação com o corpo: Ela está aprendendo a ser canhota, pois seu braço direito tem pouco tempo de movimento devido a um acidente com uma queimadura quando era menor. Seu nariz, inclusive, tem enxertos por conta disto.

3,2,1…. Gongue!

Para iniciar com tudo, foi Betina Polaroid. A queen seguiu uma linha muito mais contida de humor e ‘metralhou’ piadas mais certeiras: Ela riu de si mesmo, usando uma disfunção sensorial, e conseguiu colocar todo mundo ‘dentro de seu estúdio’. O ponto alto foi ela jogar uma calcinha para Dudu Bertholini, que acabou viralizando aqui fora muito antes do episódio por sempre falar da peça íntima nos looks das queens. Já no seu look de passarela, que o tema foi Glitter Glam, ela escolheu algo que evocasse sua alma Rock’n’Roll com muito brilho e uma inspiração em David Bowie.

Betina Polaroid no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast
Betina Polaroid no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast (Paramount)

Organzza consegui ter momentos engraçados com algumas piadas, mas acabou deixando a insegurança ficar maior. Com isto, seu Roast acabou entrando nem no ofensivo demais e nem no ruim, mas sim em algo mais safe. Na runaway, ela explicou que fez o look tentando encaixar em sua drag, mas acabou não conquistando o painel, que ressaltaram a sua originalidade no tema, apenas.

Organzza no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast (Paramount)
Organzza no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast (Paramount)

Shanon foi muito engraçada e optou pelo improviso, mas acabou saindo do tema, que era um Roast, deixando o clima ali só engraçado com seus movimentos e com o estalo que faz com a boca. Seu carisma inegável preenche tudo quanto é espaço, mas ela acaba pecando ao sair do desafio principal que era ‘gongar’ as adversárias. Já na runaway, ela trouxe um look com uma fenda, mostrando seu lado mais classudo e junto com uma belíssima combinação de cores, o prata e o rosa na peruca. Ponto mais do que positivo para ela, além de maquiagem estar sempre destacando e exaltando sua beleza.

Shanon Skarlett no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast (Paramount)
Shanon Skarlett no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast (Paramount)

Hellena acabou tendo um roast um tanto quanto monótono. Ela não saiu muito da linha e foi um pouco esquecível em alguns momentos, sem trazer muitas piadas ou momentos que realmente fizeram parte. Já em seu desfile, tem um meme que diz tudo: A mulher está um luxo. Um belo cabelão enorme, um look dourado e brilhando de ponta a ponta com uma beleza exuberante em todos os cantos.

Hellena Malditta no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast (Paramount)
Hellena Malditta no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast (Paramount)

Por fim, Miranda Lebrão foi a última e acabou dividindo opiniões: Demorou um pouco para engatar, mas foi. Porém, em alguns momentos, pareceu rude demais e não de uma maneira que fazia parte do desafio, já que esta é a função do Roast. É inegável sua presença e sua força diante uma plateia, ela domina cada pedacinho do palco. O ‘punch’ final com uma surpresa para o jurado convidado fechou o roast com chave de ouro. Na runaway, ela usou e abusou do dourado brilhante e cheio de glitter, homenageando e trazendo Elke Maravilha consigo, mostrando mais uma vez seu guarda roupa versátil.

Miranda Lebrão no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast (Paramount)
Miranda Lebrão no novo episódio de Drag Race Brasil, o Roast (Paramount)

Vai rolar a festa!

Antes de tudo, no palco mesmo, depois de fechar as deliberações… Elas tiveram que apontar quem iria para a casa. Shanon foi a mais citada, porém, no “Untucked” o teto caiu! Betina pediu desculpas e disse que se arrependeu, mas Skarlett disse no depoimento que esperava isso de todas, menos da Polaroid. Seu atrito mesmo foi com Miranda, que disse que não vê ela “carregando o peso e o fardo” da coroa. Shanon botou em pratos limpos e disse que ficou extremamente ofendida, ressaltando que todas, inclusive as eliminadas, tinham o potencial.

Betina conseguiu seu segundo broche e uma nova vitória. Merecidíssimo, a queen mostrou uma incrível subida: Começou inaugurando a temporada de “Lipsync pela sua vida” e chegou ao top 5 com duas vitórias consecutivas. Shanon e Organzza acabaram indo para o bottom e dublaram “Festa” de Ivete Sangalo. E foi A festa mesmo. As duas, super sincronizadas com as batidas da música e com a energia lá no alto, deram o nome e mostraram ao que vieram. Não havia outra coisa a ser feita: O Lipsync ficou ‘pau a pau’ e as duas ficaram na competição, mantendo o Top5. E semana que vem, o Makeover challenge promete revirar tudo de cabeça para baixo!

Notícias Relacionadas