No Limite às 03:54

No Limite: Íris Stefanelli bloqueou Angélica em suas redes sociais

Ana Clara entrevista Íris Stefanelli

Ana Clara entrevista a eliminada Íris Stefanelli (Foto: Reprodução Globoplay)

Íris Stefanelli viveu um episódio de “No Limite’ em grande adrenalina. Primeiro foi despachada de sua tribo Carcará para a tribo Calango e, após perder a Prova da Imunidade, foi a mais votada de sua nova equipe para deixar o jogo. Após a exibição do programa na Rede Globo, ela foi entrevistada por Ana Clara no programa “Bate Papo – No Limite”, exibido no Globoplay. Confira alguns momentos da conversa.

Troca

Ana Clara quis saber se a troca de tribo acabou ajudando na eliminação.

“Com certeza. A tribo Carcará é muito forte. Se estivesse lá eu chegava até na final. Estava vendo a final na minha frente já.”

“E se pudesse escolher, em qual começaria?”, perguntou a apresentadora.

“Tenho um carinho pela Carcará. Eles são muito sérios e são pessoas muito boas. Não me arrependo de ter começado na Carcará. Fui muito bem recebida no Calango. Adorava a alegria deles, a festa deles… mas eu ia ter problema com a Angélica lá. Queria ficar na Carcará, porque com a Angélica Deus me livre!”

Estratégia

Ela explicou se fez alguma estratégia antes de entrar no jogo.

“Não faço planejamento. Vou fazendo e vou mudando. Até preciso rever isso na minha vida pessoal. Preciso ter mais planejamento. O planejamento que fiz foi encher a mala de creme, base pro rosto…”

O que prejudicou?

“O que mais me prejudicou foi eu ter mostrado fraqueza no começo do jogo, naquela duna. Falei: ‘Vou passar vergonha. Se eu não erro ali, mostro que sou forte, eu tinha passado confiança na tribo. Inclusive para os meninos.”

Banho

Ana Clara ficou curiosa em saber por que Íris queria tanto tomar banho.

“Foi o que mais me pegou. Porque eu nunca vi ninguém que ficasse desesperado por um banho. A hora que vi aquele povo deitando naquela lona, eu falei: ‘Se deixar esse povo vai passar a noite sem banho! Vou ter que começar a dar a louca aqui’. Acho que mais da metade ali estava querendo tomar banho, mas não estava aguentando não.

Mudança de comportamento

“Pensou em mudar seu jeito?”, perguntou Ana Clara.

“De jeito nenhum. Eu nunca vou mudar. Estou solteira até hoje, não vou mudar nunca. Não tenho paciência. Gosto de fazer as coisas no meu tempo. E aquela coisa me perturba mentalmente. O banho estava me perturbando. Dava um negócio muito forte na minha cabeça. Ali eu ia chutar o pau da barraca, não estava nem aí.”

Kaysar

Ela explicou sobre a briga com Kaysar e sobre tê-lo chamado de grosso.

“Eu já era fã do Kaysar. Ele é aquele bocudão e que tem um coração grande. Como uma bocuda vai falar de um bocudo? Torço muito pro Kaysar de alma e de coração.

Escolha para trocar de tribo

“Achei que o Viegas ia deixar eu ficar. Não sei por que na minha cabeça o Viegas não fosse votar em mim. Agora está tudo ótimo. Eu adoro o Viegas, torço pra ele na vida. Um menino batalhador, bom de jogo… mas quando você está em um reality é só estando. É uma emoção muito grande. Qualquer um que vai contra você é muita raiva e qualquer amor pouco fica muito grande. É tudo muito intenso.”

Homens X Mulheres

“Havia uma separação de homens e mulheres na tribo”, indagou Ana.

“De manhã, os meninos ficavam muito juntos conversando. Até a Ariadna reclamou no dia em que ela saiu. É natural de acontecer, mas você precisa ficar observando o que está acontecendo. É natural os homens conversarem no seu cantinho. De manhã eles ficavam sempre juntos, enquanto a gente ainda estava acordando. Depois, mais pra frente, passou a haver uma interação maior entre os meninos.”

Convivência

“Me relacionei super bem com a Peixinho. O Kaysar causou com mais gente e óbvio que ia causar comigo porque não sou de ficar calada. Ele causou com mais gente lá. Até acho interessante, viu Kaysar? Quem vai pra lá para não fazer nada fica em casa! O jogo tem que acontecer.”

“Ele brigou muito?”, questionou a apresentadora.

“Com a Jéssica ele já tinha… No final ele a Carol tiveram umas tretinhas, mas ainda não passou”, disse ela deixando escapar uma novidade.

“Sem spoilers”, pediu Ana.

Veja+: Íris relembra polêmica com Ariadna

Briga com Angélica

Íris explicou o desentendimento que teve com Angélica, logo no começo do jogo.

“Não a conheço, a respeito… até a Ariadna que a gente teve um assunto delicado não foi tão pesado quanto a Angélica. Ela não podia ver um negocinho assim para ela poder vir em cima de mim. Senti ela agressiva comigo. Em tudo que ela deu de entrevista… eu até bloqueei ela no Instagram, mas nada contra. Dia 20 vai todo mundo se encontrar. No começo do jogo estava me deparando com pouca comida, sem banho, estressadíssima, sol do caramba e perde a prova. E a Angélica, toda prova ela provocava. Ela levantava o queixo, colocava a mão na cintura e provocava. Ninguém da minha tribo ligava, mas eu ligava. Depois eu fiquei analisando que parecia a infantil do colégio.

Viegas

“O Viegas é muito cansativo, mas é muito educado. Tudo ele quer explicar. Ele é educadíssimo, menino muito bom, mas haja paciência para o Viegas. Em hora nenhuma ele racha com ninguém. Ele é muito educado.”

Preguiçosos

“Nos primeiros dias comecei a pegar ódio de todos porque não queriam tomar banho. ‘Povo chato que não gosta de tomar banho!’. Hoje amo eles. Não queriam tomar banho pra causar. Voltavam da prova, que era pertinho, e gostavam de ficar deitado para não gastar energia pra amanhã. O povo preguiçoso, eu acordo 6 da manhã pra rodar o Bom Retiro com sacola, paro 10 horas da noite, chego aqui faço não sei quantas caixas, carrego 10 sacolas por dia.

Aquilo era 10% do que eu ralo todo dia e eles queriam ficar deitados de uma provinha de meia hora. A prova gerava muita tensão emocional, mas físico não era tanto. Não matava ninguém tomar um banho. Todo mundo fedendo muito. A outra tribo disse que eles quase perderam a prova de tanta carniça que a gente estava. Você não tem noção do que é misturar o cheiro de ‘cecê’ com fumaça.”

Paula

“A Paula é muito séria. Reconheço quando a pessoa é esforçada. O que ela passou de frio por ser magra. Ela tinha tudo para dar um show e ela foi muito focada. Começou a fazer polichinelo no meio da chuva para não morrer congelada. Falei: ‘Essa moça merece!’. Acho que as pessoas têm que ganhar pelo esforço. Ela ficou com a bunda cheia de bolinha por causa da areia, porque é magra. Você dorme numa areia, numa lona… Vi ela com a bunda cheia de bolinha e não reclama da nada. Você tem o olho dela quando ela vai para aquelas provas. A Elana é muito boa também, mas tem esse jeitinho menina… Ela é a mais forte. Tem homem nenhum pra Paula, não. O Viegas também é muito forte.”

Interesse por alguns dos homens?

“Não. Via os meninos com carinho. Via o Chumbo como um irmão. O Zulu como um mestre. O Viegas uma pessoa muito especial. O Gui eu vejo ele como um namoradinho do Brasil, mas não para a tia Íris, não dava pra ver… Sempre namorei com pessoas 10 a 15 anos mais velhos que eu. Preciso mudar minha cabeça.”

Torcida

“Paula e André, mas Paula em primeiro lugar.”

Veja+: Participantes se irritam com Íris Stefanelli