The Voice Brasil às 15:11

The Voice Kids: Terceira etapa de Audições às Cegas surpreende técnicos. Veja como foi!

Marcio Garcia com Gaby Amarantos, Michel Teló, Carlinhos Brown

Marcio Garcia com Gaby Amarantos, Michel Teló, Carlinhos Brown (Divulgação/Globo)

Repleto de talentos e surpresas, o “The Voice Kids” voltou a emocionar neste domingo (20). Os técnicos Carlinhos Brown, Gaby Amarantos e Michel Teló escolheram mais vozes para seus respectivos times, diante de um encantamento coletivo.

A etapa começou com Laís Menezes. Dona de vários bichinhos de estimação, ela contou que já lançou quatro músicas autorais e faz sucesso com seus 25,5 seguidores no Instagram. 

A paraibana de 11 anos empolgou com “Feira de Mangaio” e conquistou os três técnicos. Fofíssima, pediu para cantar uma música à capela para revelar sua origem

Quem diria que Evellyn Katzer era tímida? Os pais contaram que a gaúcha de 12 era muito travada e teve que lutar para se soltar. No palco do programa, ela mostrou com sua interpretação de “Casinha Branca” que superou toda dificuldade.

Evellyn teve a aprovação de Gaby Amarantos.

A mineirinha Elis Cristine, que teve seu nome inspirado em Elis Regina, canta há bastante tempo e sua principal plateia, desde os três aninhos, é formada por suas bonecas. 

A menina de 10 anos cantou o clássico “Sampa”, encantando Gaby Amarantos e Carlinhos Brown. Na hora de escolher, Elis optou pelo Time Brown.

Ligada às artes, a paulistana Clarah Passos canta desde os seis e até então se dedica aos musicais, dançando e soltando a voz.

Para a apresentação, a garota escolheu o hit “Ben”, do saudoso Michael Jackson. Como mandou muito bem, os três técnicos viraram as cadeiras e Clarah foi para o Time Teló.

“Vaqueirinho da Paraíba”, Johnny Diniz, de 12 anos, já cantou com Eduardo Costa, Raí Saia Rodada, entre outros.

Amante do sertanejo, soltou a voz em “Algo Mais (Amante)”, sucesso do Aviões do Forró e foi fisgado pelo Time Gaby Amarantos.

Com sobrenome famoso, o paulista Henrique Bonadio, de 13 anos, cantou o rock “Patience”, da banda Guns ‘N Roses.

Além de ter experiência em musicais, o sobrinho do produtor musical Ricky Bonadio domina a bateria, o teclado, o violão, o piano e a guitarra. Com as três cadeiras viradas, Henrique foi para o Time Teló.

Baliza da banda da escola, Mirella Valandro, de Votorantim, canta desde muito pequenina. Os xampus, enquanto se banha, formam sua plateia em casa.

No palco, a paulista de 13 anos cantou “Oração”, do grupo A Banda Mais Bonita da Cidade, e no último segundo foi escolhida para o Time Carlinhos Brown.

A catarinense Elana Rei toca vários instrumentos e afirma que cantar, cozinhar e comer são suas paixões. A menina de 13 anos emocionou com Vou Seguir, versão que Marina Elali fez de “Reach”, de Gloria Estefan.

Carlinhos Brown e Gaby Amarantos viraram as cadeiras e se encantaram com a história de Elana, que se dedica ao extremo à música. Ela optou por integrar o Time Gaby Amarantos.

A piauiense Iza Luz, de 13 anos, teve as três cadeiras viradas logo nos primeiros acordes de “Tiro ao Álvaro”.

Com uma voz peculiar, que Brown remeteu à Maria Alcina e Clementina de Jesus, a menina deixou os técnicos encantados. Ela, que já canta na igreja, casamentos e festas, optou pelo Time Brown.

Depois de todas a apresentações, o programa encerrou com um show à parte de Michel Teló com “Pra Ouvir no Fone”.