Redes Sociais às 18:00

Dinda! Anitta conta que será madrinha do filho de Gabriela Prioli

Fotomontagem Anitta, Gabriela Prioli e Thiago Mansur
Reprodução/Instagram/@anitta/@thiagomansur7

Nesta terça-feira, 28 de junho, Gabriela Prioli e Thiago Mansur anunciaram que serão papais. E o bebê já tem a madrinha escolhida. Trata-se de ninguém mais, ninguém menos do que Anitta. Baby sortudo, né?

Leia+: Anitta chega de mototáxi para show no Rock in Rio Lisboa

Em seu Instagram Stories, a cantora contou a novidade e ainda revelou que foi difícil guardar esse segredo. “Pois é, gente, vou ser dindinha novamente! Vai vir bebê aí, da Gabi e do Thiago! Eles me falaram tem um tempo, me chamaram para ser dindinha. Fiquei super feliz, mas me falaram que não podia contar para ninguém, porque era segredo. Eu sou uma boca de caçapa. Então, você que cruzou comigo durante esse tempo, comentou da Gabi Prioli e saiu com uma leve sensação de que a gente brigou ou parou de se falar e recebeu essa resposta aqui. Essa é a cara que eu faço quando eu tenho que mentir ou guardar um segredo”, afirmou.

Anitta ainda compartilhou o post que o casal fez para anunciar a gravidez. “Nem acredito que a boca de caçapa da dindinha aguentou guardar esse segredo um tempão”, brincou ela.

Leia+: Anitta apresenta namorado à família e ele já sai no ‘prejuízo’

Anitta conta que será madrinha do filho de Gabriela Prioli
Anitta conta que será madrinha do filho de Gabriela Prioli – Foto: Reprodução/Instagram/@anitta

CRISE NA AMAZÔNIA

Ela não para! Enquanto trilha seu caminho pelo mundo, Anitta leva o bem e o mal do Brasil consigo. Em entrevista a diferentes emissoras durante sua passagem pelo Rock in Rio, a cantora denunciou o descaso do presidente da República Jair Bolsonaro com a Amazônia. A fala da carioca gerou revolta dos apoiadores do político, que foram reclamar dela no Twitter.

De acordo com Anitta, existe uma censura clara a todos que denunciam esse tipo de descaso, o desmatamento e a exploração ilegal nas terras da Amazônia. Sem citar nomes, ela lembrou as mortes recentes de Dom Philips e Bruno Pereira, mortos enquanto denunciavam a pesca ilegal na região.  

“É uma grande terra de ninguém. Uma grande bagunça. Lá acontece de tudo, ninguém vê nada. É uma coisa que precisa de atenção. Realmente, quem se expõe para falar acaba morto, com a família torturada, tomando um cala-boca de algum jeito”, disse ela.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!