Redes Sociais às 05:00

Kylie Jenner opina sobre seus haters: ‘Meu combustível’

Kylie Jenner em trailer no Coachella
Kylie Jenner em trailer no Coachella / Reprodução / Instagram /@kyliejenner

Foi-se o tempo em que Kylie Jenner se importava com os burburinhos à sua volta. Com quase 400 milhões de seguidores no Instagram, uma fortuna pessoal de mais de US$ 680 milhões (R$ 3,3 bilhões) e uma companhia que vale bilhões, a empresária já não se incomoda com a opinião dos ‘haters’ e assegura que acaba sendo ‘motivada’ por eles.

A magnata da maquiagem está ciente do que é dito sobre ela online, mas Kylie disse que opta por usar as críticas como motivação, confessou à revista “Interview”:

“Eu faço anotações se estou me inspirando. Estou muito online. Além disso, os ‘haters’ me alimentam”, justifica, afirmando que mesmo as críticas são seu combustível para seguir crescendo.

Kylie também falou da incrível relação que tem com cada membro de sua família, afirmando que todos se apoiam mutuamente, e estão sempre juntos: “Se não fôssemos família, com certeza seríamos amigos”, afirma.

Kylie Jenner foi entrevistada pela atriz Jennifer Lawrence para a nova edição da revista “Interview”. Mas antes que essa amizade seja questionada, segundo a publicação, as duas são amigas há algum tempo e saem juntas de vez em quando. E durante a entrevista Jennifer quis saber sobre uma imagem recente, dela e com a ex-melhor amiga Jordyn Woods em um restaurante em Los Angeles. Foi a primeira vez, em quatro anos, que as duas foram vistas juntas desde o suposto escândalo de traição com Tristan Thompson.

Kylie falou abertamente sobre sua amizade com Woods – que supostamente deu um beijo com Thompson enquanto ele namorava Khloe Kardashian em 2019.

Na entrevista – publicada no dia 27 de novembro – Lawrence perguntou a Jenner como a dupla voltou a ser amiga, porém a fundadora da Kylie Cosmetics deu a entender que elas nunca se distanciaram, apenas deixaram de serem vistas juntas, por conta da polêmica na época.

“Jordyn e eu sempre mantivemos contato ao longo dos anos e nos encontrávamos na minha casa para colocar a conversa em dia e conversar sobre tudo”, disse ela. “Nunca nos separamos totalmente e um dia, naturalmente, pensamos: ‘Queremos comer sushi e não queremos mais nos esconder’”, justificou Jenner.

Kylie reconhece que, embora estivessem sempre em contato, elas deixaram de estar tão juntas como estavam antes, e confessa que isso, de certa forma, ajudou as duas a longo prazo:

Ela explicou: “Há uma lição de aprendizado em tudo e acho que, de uma forma estranha, tudo acontece como deveria acontecer… Estávamos tão apegadas que precisávamos de espaço para nos tornarmos as pessoas que deveríamos ser. Eu precisava dessa independência e dessa confiança porque ela foi meu manto de segurança por muito tempo”, revelou.