Redes Sociais às 17:00

Mário Frias critica Ivete Sangalo e se envolve em polêmica

fotomontagem de jair bolsonaro e mario frias juntos e de ivete sangalo tirando selfie

Reprodução/Instagram @mariofriasoficial e @ivetesangalo/Montagem

Ivete Sangalo acabou se tornando um grande alvo do governo de Jair Bolsonaro após em um show o público começar a gritar: “Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*”, xingando o atual presidente da República, e em seguida, Ivete disse: “Não ouviu, tá baixinho”, incentivando o público a gritar mais alto.

A cantora foi criticada pelo próprio presidente, que a acusou de se beneficiar da Lei Rouanet, que faz parte do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), e para uma artista ser apto a receber recursos, ele deve submeter uma ideia para análise da Secretaria Especial da Cultura. Se aprovado, o projeto vai em busca de recursos que podem ser provenientes de pessoas físicas ou jurídicas.

Porém, a coluna de Guilherme Amado, do site Metrópoles, realizou uma matéria e apurou que Ivete Sangalo não possui projetos ligados à Lei Rouanet, apresentando dados que comprovam o fato. Porém, a matéria se tornou alvo de Mário Frias, secretário de cultura do governo, que criticou o texto no Twitter.

“Guilherme Amado diz que Ivete nunca usou a Lei Rouanet, isto é um truque retórico para enganar os leigos, já que os projetos da Rouanet, em que eram feitos shows dela, eram feitos por produtoras que não estavam em seu nome, mas ela era a artista do evento”, disse ele.

“Em um primeiro levantamento, já identificamos dois milhões em projetos em que ela foi beneficiada, mesmo não sendo a empresa que elaborou o projeto”, completou Mário Frias na publicação.

CRITICANDO IVETE SANGALO DIRETAMENTE

Não é a primeira vez que o secretário especial de Cultura, Mario Frias, usou as redes sociais para atacar Ivete Sangalo. Isso porque a cantora baiana incentivou um coro contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) durante um show em Natal, no Rio Grande do Norte, na última quarta-feira, dia 29 de dezembro, para delírio do público presente.

Mario Frias – que desde junho de 2020 comanda a Secretaria Especial da Cultura, do governo federal – decidiu criticar a atitude da artista e soltou o verbo em seu perfil no Twitter, dizendo que a artista “é escrava dos caprichos da elite artística arrogante”.

“A rainha Ivete passou todos os anos de roubo generalizado petista, como meio de impor uma ideologia abominável, no mais absoluto silêncio. Hoje, presta-se ao ridículo papel de ser animadora de militante esquerdista, pois é escrava dos caprichos da elite artística arrogante”, escreveu Mario.

Entretanto, apoiadores do presidente criticaram o posicionamento da artista subindo a tag #IveteVaiTomarNoCool, que chegou a ficar em quarto lugar nos Trending Topics do Twitter.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:
“Covarde e machista”, diz Antônia Fontenelle sobre a morte de Batoré
Covid-19: William Bonner e Renata Vasconcellos são afastados do Jornal Nacional
Cleo exibe tatuagem em homenagem ao marido. Veja!

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!