Redes Sociais às 11:13

Mia Khalifa responde Randolfe Rodrigues sobre a CPI: ‘Estou a caminho’

Selfie de Mia Khalifa

Reprodução/Instagram

A ex-atriz pornô Mia Khalifa decidiu responder, em tom de brincadeira, a mensagem que o senador Randolfe Rodrigues (Rede – AP) a mencionou, também ironicamente, no Twitter.

O político marcou a libanesa ao falar  das negociações envolvendo as vacinas. “Em vez de negociar com o Butantan, Pazuello foi negociar a Coronavac com uma empresa de importação de produtos eróticos? Corre aqui @miakhalifa. Acho que estavam te usando de cortina de fumaça!”, escreveu Randolfe, citando Eduardo Pazuello, ex-Ministro da Saúde do Brasil.

“Vocês estão em crise. Estou a caminho”, respondeu Mia, compartilhando o tweet de Rodrigues. Em tréplica, o senador disse: “Estamos esperando por você”, completando a frase com um emoji de risada.

ENTENDA O CASO

Mia Khalifa passou a ser relacionada à CPI depois de uma declaração do senador Luis Carlos Heinze (Progressistas-RS), durante a Comissão Parlamentar, por conta de um meme/uma fake news de tempos atrás. 

Embora não tenha dito o nome de Mia, Heinze ficou espantado ao falar de tal “notícia” e contar que uma “atriz pornô” estava envolvida.

No caso, o parlamentar relembrou uma história revelada em junho de 2020 pelo jornal inglês The Guardian, quando a empresa Surgisphere – que conduziu um teste publicado na revista científica “The Lancet”, condenando o uso da cloroquina contra a Covid-19 – descobriu depois que entre os funcionários constavam uma atriz pornô e um escritor de ficção científica.

“Pesquisadores começaram a investigar e descobriram que a gerente de vendas da Surgisphere era, pasmem, Sras. Deputadas que estão aqui, Srs. Senadores, a gerente de vendas da Surgisphere era uma atriz pornô. Uma atriz pornô. Nada contra ela”, disse Heinze.

Na ocasião, os pesquisadores retiraram o artigo da revista “The Lancet” e afirmaram que a Surgisphere não iria transferir o conjunto completo de dados para uma análise independente e “não podem mais garantir a veracidade das fontes primárias de dados”.

Isso fez com que os internautas resgatassem o tal meme com a foto de Mia Khalifa, que atribui a ela um estudo da cloroquina como tratamento para a Covid-19 sob o nome de “Drª Marcela Pereira”, uma suposta “infectologista do Instituto Emílio Ribas”. O meme circulou no início da pandemia e foi desmentido por agências de checagem.

Mia chegou a se manifestar depois de tanta repercussão do caso.

“Eu não sei quem precisa ouvir isso (Brasil). Mas eu não sou uma médica, então não aceite conselhos médicos de memes falsos meus que você encontrou no WhatsApp”, disse ela em publicação feita no Twitter.

OUTRAS REAÇÕES DE MIA KHALIFA