Redes Sociais às 14:10

Duda Reis abrirá ONG destinada a atender vítimas de violência doméstica

duda reis posando seria com manchas vermelhas

Reprodução/Instagram @dudareisb

No início deste ano, Duda Reis, ao revelar o término com Nego do Borel, contou que foi vítima de violência durante o período do relacionamento, e desde então entrou na justiça contra o funkeiro pelo ocorrido e tem apoiado mulheres vítimas desse tipo de violência.

Por meio dos stories de seu perfil oficial no Instagram, a influenciadora revelou que pretende abrir uma ONG destinada a atender vítimas de violência doméstica, em breve, ainda sem uma data definida.

“Isso era um segredo, hahaha. Mas está prestes a acontecer. Estamos montando e organizando tudo certinho e creio que será um projeto muito especial”, contou ela.

“Como quero que seja para sempre, estamos estruturando tudo, acho que a pressa é inimiga da perfeição e quero que tudo seja impecável”, revelou.

“Será uma ONG em prol das mulheres, onde elas poderão receber ajuda e auxílio jurídico para situações de violência. Estou animada!”

“Não temos a data certa ainda, mas estamos dando o nosso melhor, é uma equipe homérica. Obrigada pelo carinho”, concluiu Duda Reis.

Veja+: Duda Reis apoia Pétala Barreiros em meio a polêmicas com Lívia Andrade

CRÍTICAS À RECORD TV APÓS SUPOSTO ABUSO EM A FAZENDA 13

Após a exibição de “A Fazenda 13” na noite do dia 25 de setembro, na qual foi exposto o antes, o durante e o depois do caso envolvendo Nego do Borel e Dayane Mello, que culminou na expulsão do cantor sob acusação de assédio, Duda Reis se revoltou.

A ex-noiva do funkeiro carioca não se conformou com a edição mostrada. Principalmente a forma como a conversa de Dayane com a direção foi conduzida. Duda destacou que a escolha de um homem para fazer as perguntas para a modelo não foi a melhor escolha em um caso de possível estupro.

A influenciadora digital, que move um processo de violência doméstica conta o ex-peão, usou as reses sociais para externar sua indignação.

“Por que a produção colocou um homem para fazer as perguntas para uma mulher que estava vulnerável e não se lembrava do dia anterior e das tentativas de abuso sofridas? Só reforça o machismo, extremamente desconfortável e humilhante para a mulher”, disse Duda.

Veja+: Duda Reis faz homenagem ao pai e manda indireta para Nego do Borel

“Eles não mostraram nada do que aconteceu, ainda bem que tem o pay per view. A emissora culpabilizou a vítima, que não se lembra de nada”, continuou.

“Record, que desserviço. Vocês deram a impressão que ela ficou a festa inteira com ele (não é verdade), vocês não mostraram as meninas tendo que colocar a roupa nela, ela pediu para ele parar três vezes e vocês não mostraram! Ela acordou sem shorts, fora os gemidos de madrugada”, disse.

“Que dor ver isso. Record apoia assédio. Record apoia estupro. Record apoia agressão contra a mulher”, concluiu Duda.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:
Nego do Borel foi visto de lancha em Itacuruçá, diz colunista
Noiva de Lucas Penteado tentou suicídio, afirma colunista
‘Não estou aguentando a pressão, A Fazenda vai me pagar’, disse Nego do Borel
Mãe de Rico Melquiades chama Solange Gomes pra briga: ‘Sou bagaceira’
Mãe da ex-noiva de Lucas Penteado detona ator e o acusa de esconder pertences da filha: ‘Isso é crime’