Redes Sociais às 01:00

Segundo Johnny Depp, bebê de Amber Heard é filha de Elon Musk

Johnny Depp, Amber Heard na corte

Foto: Reprodução/YouTube

Parece que o cerco está se fechando para Amber Heard em seu julgamento, onde Johnny Depp a acusa de difamação e pede uma indenização de US$ 50 milhões por chamá-lo de ‘abusador de mulheres’, fazendo com que o astro de Hollywood perdesse vários trabalhos.

Leia+: Elon Musk é o novo dono do Twitter

Com tantas provas e declarações contra a atriz, o ator tem conseguido dividir opiniões, e esta semana no tribunal, Depp deu a entender que o pai de Oonagh Paige Heard, a filha pequena de Amber, que nasceu através de barriga de aluguel, é na verdade filha do bilionário Elon Musk.

Johnny divulgou algumas pistas que provariam que o doador de esperma poderia ser o dono da Tesla, apesar de Heard ser a única guardiã legal da criança nos documentos.

Na corte Johnny Depp conseguiu provar que Amber foi infiel a ele com o empresário [imagens dos dois no elevador do prédio de Johnny Depp foram apresentadas na corte] e que uma vez separados, ambos mantiveram um relacionamento. E agora a teoria de Depp de que Elon é o pai de Oonagh, não parece tão estranha assim.

Leia+: Johnny Depp viraliza no tribunal fazendo desenho

Segundo o jornal “The Mirror” uma das brigas entre Elon Musk e Amber Heard quando eles terminaram o namoro, foi justamente por conta dos embriões que eles teriam feito enquanto ainda estavam juntos. A publicação revela que Musk queria processar Amber para forçá-la a destruir os embriões. Para Depp, Oonagh é prova de que Amber não o fez.

PROBLEMAS COM PAUL BETTANY

Johnny Depp também testemunhou na corte essa semana sobre sua amizade com o ator Paul Bettany e ele falou como sua ex-esposa, Amber Heard, se sentia sobre o ator. A estrela de “Piratas do Caribe”, de 58 anos, disse que Paul e Amber não se davam bem. Durante seu testemunho, Johnny contou uma história sobre o que teria acontecido quando Paul, casado com a atriz Jennifer Connelly, e sua família se juntou a ele e Amber em uma ilha privada.

Leia+: Filha de Alec Baldwin defende Johnny Depp

“A sra. Heard odiava o sr. Bettany principalmente porque nós éramos bons amigos, e para ela, ele era uma ameaça e me tiraria de perto dela. Independente se Paul Bettany estava recebendo a minha atenção, isso causou todo tipo de situação desagradável. Quando estávamos na ilha com o sr. Bettany e sua esposa, e seus quatro filhos também, a sra. Heard e o sr. Bettany começaram a discutir durante o almoço. Eu me lembro que sempre que o sr. Bettany tentava falar algo, ela falava mais do que ele e se tornava rude”, contou Depp.

Leia+: Johnny Depp desabafa na corte: ‘ela me tirou tudo’

Johnny continuou: “Ela era má e gritava, e então acho que o filho de 18 anos dele queria ir embora… Ele entrou na conversa porque tinha algo a ver com a escola que ele estudava e ele sabia sobre aquilo. Ele deu sua opinião e a sra. Heard diminuiu o jovem ao ponto dele começar a chorar e sair de perto dela. E foi naquele momento que eu conversei com ela e disse: ‘Isso é inaceitável, esse comportamento é inaceitável, você não tem o direito de fazer isso com aquele menino, você não pode estar sempre certa, você deveria tentar estar errada às vezes, porque poderia aprender algo'”, Johnny disse, e acrescentou que foi naquele momento que entendeu que o melhor seria que eles saíssem da ilha.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!