Redes Sociais às 07:00

Vídeo de Gerard Piqué pedindo desculpas a Shakira viraliza na web

Gerard Piqué, Shakira
Gerard Piqué, Shakira / Reprodução / Instagram /@tanyacharry /@shakira

Um pedido de desculpas de Gerard Piqué para Shakira, por sua suposta infidelidade, era tudo o que os fãs da colombiana queriam ver. E uma jornalista latina conseguiu essa proeza. Mas graças à Inteligência Artificial. A repórter do programa “El Gordo y la Flaca”, Tanya Charry, compartilhou em seu Instagram, o vídeo, onde o jogador pede perdão à cantora.

“Brincando um pouco com a inteligência artificial, @pique pede perdão a @shakira. Isso vai acontecer algum dia?”, questiona Tanya.

No clipe, o ex-jogador do Barcelona diz:

“E aí, amigos, hoje estou aqui porque depois de refletir muito eu me dei conta do erro que eu cometi. Nunca devia ter feito o que eu fiz. Não devia ter faltado com minha relação com Shakira e meus filhos”, afirma.

“Minha relação com Clara Chía terminou, e quero te dizer, Shaki, perdão. Te amo, Shakira. Você é o amor da minha vida, e quero te pedir que se case comigo. Por favor, me perdoe.”

Na seção de comentários, os usuários opinaram sobre a possibilidade do pedido de desculpas de Piqué.

“Ainda bem que Shakira se libertou desse homem”, disse um fã.

“Nem com inteligência artificial dá para acreditar num pedido de desculpas desse homem”, comentou outro.

PRISÃO?

Segundo a revista espanhola “Vanitatis”, o paparazzo espanhol Jordí Martín, que persegue Gerard Piqué e sua namorada Clara Chía desde o dia 1, pode ser levado aos tribunais em um julgamento sem precedentes. O juiz que cuida do caso de assédio que o ex de Shakira e a estudante abriram em junho deste ano, vê ‘relevância criminal’ na conduta e acusações contra o fotógrafo, e na próxima semana vai decidir se o processo vai à julgamento.

Uma fonte contou à publicação que Martín poderia passar um tempo atrás das grades se for considerado culpado no processo.

“A acusação de Clara Chía vai pedir que o caso vá a julgamento e então Martín vai acabar no banco dos réus. O juiz retirou a ordem de restrição contra Jordí, mas se nesse período ele se aproxima deles novamente, isso poderá significar um agravamento de sua situação”, justifica o informante.

Em um comunicado com data de 4 de setembro que a revista teve acesso, o juiz ordenou “continuar com a tramitação deste processo relativamente a Jordi Martín, para o que transferirá as acusações ao Ministério Público e posteriormente às acusações feitas para que, no prazo de 10 dias, possam formular acusação escrita, na qual solicitam a abertura de julgamento oral.”

Clara Chía assegura que por conta do assédio e invasão de privacidade do fotógrafo, passou a sofrer “um grau moderado de transtorno adaptativo” e sentimentos de ‘insegurança, angústia e alteração do seu modo de vida’.

O fotógrafo foi o autor da primeira imagem em que Chía e Piqué apareceram juntos, publicada na capa de uma conhecida revista.

Cabe relembrar que em 2018 a própria Shakira abriu um processo contra esse paparazzo, exigindo que ele não se aproximasse dela e dos filhos.

Segundo a artista, Jodrí e os paparazzi seguiam ela e seus filhos quando eles iam para a escola, por isso as crianças choravam de medo. Shakira, que testemunhou perante o juiz, disse que vivia sitiada e acusou Martín de até vasculhar seu lixo para encontrar informações sobre sua família.