Redes Sociais às 11:21

Viih Tube muda o nome para conseguir cidadania italiana

Viih Tube

Foto: Reprodução/ Instagram @viihtube

Aos 21 anos, Viih Tube resolveu adotar um novo sobrenome. A loira que causou e ficou ainda mais popular após participar do “Big Brother Brasil 21” precisou alterar seu nome do meio, Felicio. A youtuber passou a adotar o nome em italiano com o objetivo de conseguir sua cidadania do país. A loira contou detalhes sobre a decisão em seus stories no Instagram, na sexta-feira, 15 de outubro.

“Uma curiosidade muito estranha: meu nome ia ser Vitória Felicio Moraes Pinto, porque meu pai tem Pinto no nome. Só que minha mãe falou ‘não vou pôr porque ela pode sofrer bullying na escola’ “, começou ela.

Em seguida, a jovem revelou como é seu novo nome: “Agora, simplesmente, para ter cidadania italiana, meu nome mudou. É Vitória de Felice Moraes. Chique! Estou muito italiana”, disse. “Eu não decorei nem como se escreve isso ainda”, legendou.

Veja+: Viih Tube revela qual é seu maior sonho: ‘Ser mãe’

COMO SE TORNAR CIDADÃO ITALIANO

A lei da Itália dita que a nacionalidade é concedida a todos os descendentes de italianos que possam comprovar, por meio de documentos oficiais, laços sanguíneos. Isso configura o direito de sangue. Diferentemente de outros processos de naturalização, o país não impõe um limite de gerações, exceto seletos casos de ascendência materna. E mesmo nesses, é possível recorrer através de um processo judicial exigindo que a cidadania seja reconhecida.

Devido a uma antiga lei , mulheres italianas eram impedidas de transmitir a cidadania aos descendentes. Como consequência, qualquer filho nascido antes de 1948 não era reconhecido como cidadão.

Embora a Corte Constitucional da Itália tenha invalidado o decreto, as autoridades interpretaram que a decisão não afetava os casos que precederam essa data.

Em suma: filho de ascendência italiana nascido depois de 1º de janeiro de 1948 é facilmente reconhecido como italiano. O filho que nasceu antes, não.

Mesmo que descendentes de mulheres nascidas antes desse período não possam seguir pela via administrativa, ainda podem requisitar a cidadania via judicial.

OPÇÕES DE CIDADANIA ITALIANA

A cidadania italiana via consulado é a opção de menor investimento, a mais procurada e a mais demorada de todas. O processo requer solicitar o reconhecimento nos consulados italianos. Para isso, é preciso preencher a ficha de requerimento e pagar um valor equivalente a 300 euros por requerente quando for convocado, além dos custos de documentação que podem variar de acordo com o tamanho da família.

A data da convocação é divulgada na internet ou enviada por e-mail meses depois, mas pode demorar anos por conta da alta demanda. Antes da pandemia, a estimativa era de 10 anos. Agora, por causa da pausa nas aprovações, em alguns consulados o tempo de espera pode ser ainda maior.

Cidadania italiana via comune é outra opção, o processo é realizado diretamente na Itália. “Comune” significa o equivalente a “município” aqui no Português do Brasil. Ela é realizada para aqueles que querem ir para a Itália constituir residência legal no País. Deve ser realizada pelo próprio requerente, mas é altamente recomendado que o mesmo não o faça sozinho e procure uma assessoria que lhe auxilie tanto com a documentação, quanto com o acompanhamento no Comune para entrega dos documentos.

É a forma mais rápida de obter a nacionalidade. Mas alguns processos um tanto quanto complicados devem ser seguidos a risca, como por exemplo: conseguir uma residência no país e se manter no local do começo até a aprovação.

Os processos em solo italiano variam de acordo com cada Comune, podendo demorar alguns poucos meses.

Cidadania italiana via ação judicial também é um meio e pode ser feita para a linha paterna e a linha materna. Na via materna, será emitida toda a documentação e pedido a cidadania que não pode ser feito nas vias administrativas mencionadas acima. Na via paterna, além da mesma documentação que é exigida na via administrativa, os requerentes devem dar a entrada no processo via consulado para comprovar que está aguardando na fila.

Posteriormente a essas etapas, deve-se contratar um advogado para dar entrada ao processo de reconhecimento no Tribunal de Roma. Não há necessidade de enfrentar as longas filas dos consulados italianos no Brasil, nem mesmo de se deslocar até a Itália para a solicitação. Basta reunir os documentos e enviá-los à uma empresa especializada em processos imigratórios.

Veja +: Ex de Viih Tube diz que está na m****, mas está rindo

VIIH TUBE FALA SOBRE O FIM DO NAMORO

Na última quarta-feira, 13 de outubro, foi marcada pelo fim do relacionamento de três anos entre Viih Tube e Bruno Magri, com o anúncio tendo sido feito pelas redes sociais dos ex-pombinhos.

“Eu nem sei como dizer isso a vocês, mas eu e o Bruno não estamos mais juntos. Não sabia o momento certo de contar e nem como fazer, mas aí percebi que não vai ter momento certo, vai ser difícil anunciar de qualquer jeito”, disse a influenciadora que participou do “BBB21”.

“Mas se vocês vissem a forma como terminou, acho que todo mundo entenderia o que estamos sentindo, terminou bizarramente bem, com muito respeito e uma conversa muito sincera!”, Viih Tube chegou a declarar.

Porém, em novo vídeo publicado em seu perfil oficial no Tik Tok, Viih dá a entender que o relacionamento em si não foi tão agradável quanto parecia.

No material em questão, ela aparece abraçada com Bruno e tem a rase escrita: “Quando você percebe que ou vai casar com ele ou ele será sua maior decepção amorosa”. Em seguida, Viih aparece pensativa, e a música romântica que estava tocando até o momento dá lugar ao silêncio.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS

Leandro Hassum assina com a Band e reforça humor na emissora
Simara sensualiza de calcinha ao lado de cantor
Pedro Neschling faz cirurgia de emergência e passa bem
Renata Vasconcellos chora e William Bonner consola a jornalista no ‘JN’
Filha de Madonna diz que a cantora é maníaca controladora