Saúde às 01:41

Maria Lina coloca DIU, revela problema de saúde e faz planos de casamento

Maria Lina com a mão direita os cabelos
Maria Lina revelou que tem planos de casar – Foto: Reprodução/ Instagram @marialdgg

De passagem por Maracaípe, em Pernambuco, Maria Lina interagiu com seus seguidores no Instagram e revelou na segunda-feira, 19 de Dezembro, que vai colocar DIU, dispositivo intrauterino que atua como contraceptivo. A informação acabou deixando algumas seguidoras confusas, já que a ex de Whindersson Nunes já disse que não tem namorado.

A colocação seria em São Paulo, mas a influenciadora explicou que ficou menstruada em Recife, motivo pelo qual a aplicação do dispositivo seria feita por lá. Maria Lina aproveitou o assunto para responder perguntas de seus seguidores sobre o método.

Leia +: Mel Maia coloca DIU após previsão de sensitiva

Uma seguidora a questionou o porquê ela colocou o DIU, se não tem namorado: “Camisinha pode estourar. Pretendo casar, o DIU dura 5 anos, se quiser engravidar é só tirar. Não tenho disciplina para tomar anticoncepcional todo dia. Alto nível de eficácia”, disse ela.

A influenciadora ainda comentou sobre seu diagnóstico de trombofolia: “Pela trombofilia que tenho, seria muito irresponsável da minha parte engravidar de surpresa, prefiro me prevenir de todas as formas. Me deixa bem preocupada esse comentário vir de uma mulher. Prefiro me cuidar de todas as formas”, explicou.

Vaidosa, em outra postagem ela apareceu em um salão de beleza e comentou: “Antes de por o DIU, vim lavar os belos porque com cólica sim, feia jamais”, escreveu ela.

Postagem de Maria Lina sobre colocação de DIU
Maria Lina explicou motivo de optar pelo contraceptivo – Foto: Reprodução/ Instagram @marialdgg

QUEM PODE USAR O DIU? QUAIS A S INDICAÇÕES?

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o DIU (dispositivo intrauterino) é um dos contraceptivos reversíveis mais seguros e eficazes atualmente. O uso do DIU já é popular no mundo todo. Além disso, vem se tornando cada vez mais comum no Brasil.

Por sua alta taxa de eficácia contraceptiva e índices baixos de efeitos colaterais, este método é um dos mais indicados para mulheres que desejam evitar a contracepção.

Leia +: Mulher de José de Abreu tem sérios problemas por causa do DIU

O dispositivo flexível em forma de T intrauterino, é inserido dentro do útero da mulher para dificultar a fecundação do óvulo pelo espermatozoide. Atualmente, o DIU pode ser revestido de cobre ou hormonal, contendo o hormônio progesterona.

O uso do DIU auxilia de diferentes formas para impedir que a gravidez ocorra. O modelo de cobre libera íons que imobilizam os espermatozoides. Dessa forma, dificultando sua mobilidade dentro do útero e, consequentemente, sua fecundação. 

Da mesma maneira, o DIU hormonal libera o hormônio em pequenas doses dentro do útero, também dificultando a mobilidade dos espermatozoides. Consequentemente, evitando a implantação do óvulo no útero.

O uso do DIU pode ser indicado não só para evitar a concepção em mulheres com vida sexual ativa.  Pode ser recomendado para tratamento em casos de sangramento menstrual excessivo, cólicas menstruais e proteção do endométrio (camada que reveste a parte interna do útero) durante terapia hormonal na menopausa.

Além disso, o uso do DIU pode ser feito por mulheres em diferentes faixas etárias. Além disso, e mesmo após o parto, seja ele normal ou cesariana, sendo inserido em apenas 40 dias após o nascimento do bebê.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Notícias Relacionadas