Separação às 03:00

Sophie Turner deixa de seguir Priyanka Chopra no Instagram

Priyanka Chopra Jonas, Sophie Turner
Priyanka Chopra Jonas, Sophie Turner / Reprodução / Instagram /@priyankachopra

Parece que Sophie Turner deixou de ser a melhor amiga de sua concunhada Priyanka Chopra, após sua dramática separação de Joe Jonas. As duas deixaram de se seguir no Instagram, de acordo com seguidores das duas, o que indica que a situação familiar com o divórcio, não tem sido nada boa.

As duas eram muito próximas durante o casamento de Sophie e Joe. Chopra, que é casada com Nick Jonas, irmão de Joe, já chegou a chamar Sophie de ‘a irmã que ela não teve’.

Ninguém da família Jonas comentou a separação de Turner e Joe, mas fontes da revista “OK!” asseguram que eles estão muito perturbados com todo o drama em torno do divórcio e como as coisas se deram.

Enquanto isso, Joe e Sophie anunciaram que, após a mediação na semana passada, eles haviam chegado a uma “resolução amigável” para o cuidado contínuo de suas duas filhas, Willa, de três anos, e Delphine, de um.

Através de uma declaração conjunta, eles disseram: “Após uma mediação produtiva e bem-sucedida, concordamos que as crianças passarão o tempo igualmente em lares amorosos, tanto nos Estados Unidos como no Reino Unido.”

Acordo sobre a guarda das filhas

Joe Jonas e Sophie Turner chegaram a um acordo temporário sobre a guarda de suas duas filhas, Willa e Delphine, de três e um ano, respectivamente. O casal emitiu uma declaração conjunta dizendo que eles estão “prontos para deixar para trás a tumultuada batalha pela custódia” e “se concentrar em criar amigavelmente suas filhas”.

Segundo os termos do acordo, as meninas passarão o mesmo tempo nos Estados Unidos e no Reino Unido. Turner ficará com as meninas de 9 a 21 de outubro, e Jonas ficará com elas de 21 de outubro a 2 de novembro.

Segundo os documentos, Turner pode “viajar temporariamente” com elas para qualquer lugar dos Estados Unidos ou do Reino Unido, mas deverá devolvê-los a Nova York no dia 21, onde serão “transferidas” para o pai, Jonas. Além disso, a entrega deverá ocorrer em horário e local adequados para ambas as partes. Já o pai terá o direito de ficar com elas até o dia 2 de novembro e eles também poderão viajar para qualquer lugar dos Estados Unidos.

O casal pediu o divórcio no mês passado, após quatro anos de casamento. Mais tarde, Turner processou Jonas pelo “retorno imediato” de suas filhas à Inglaterra. No entanto, parece que os dois já conseguiram chegar a um acordo amigável.

Este é um desenvolvimento positivo para o casal, pois significa que eles conseguiram deixar de lado as diferenças e focar no que é melhor para as meninas.

Notícias Relacionadas