Teatro às 19:25

Diego Campagnolli entra no elenco de Beetlejuice ao lado de Eduardo Sterblitch

Diego Campagnolli no elenco de Beetlejuice
Diego Campagnolli no elenco de Beetlejuice – Divulgação

O ator Diego Campagnolli está com mil motivos para comemorar em 2024, pois o ano começou incrível. Ele estará na temporada de São Paulo do espetáculo “Beetlejuice”, que tem Eduardo Sterblitch como protagonista, com o personagem Otho.

O espetáculo, que foi indicado a oito Tony Awards, o Oscar do teatro, nos Estados Unidos, foi um grande sucesso de público no Rio de Janeiro e promete fazer o mesmo em São Paulo, no Teatro Liberdade.

Diego Campagnolli contou a OFuxico que “quando é para ser, será”, já que não fez as audições para o musical no Rio de Janeiro, mas, mesmo assim, o convite surgiu para a etapa de São Paulo.

“Eu fui sondado no ano passado sobre como estava minha agenda para esse ano, falei que estava liberado, mas só sondaram. Eu acabei assistindo duas vezes o espetáculo, uma com Edu (Sterblitch) e uma com alternante dele que é o João e são dois fatores incríveis que eu sou fã e me encantei para o espetáculo. Já me apaixonei logo de cara. É uma comédia com muita caricatice, mas com muita música boa, muitas interpretações incríveis, um elenco fora de série e falei: ‘bom o que tiver que ser, vai ser’. Eis, que semana passada, acordei com a mensagem da produtora Renata Borges, da Tuché Entretenimento desejando Feliz Ano Novo e perguntando se eu ainda estava disponível. E aí eu falei: ‘tô disponível’”, começou.

Diego Campagnolli
Diego Campagnolli – Divulgação

Campagnolli até contou que a data do primeiro ensaio coincidiu com a data que termina o Carnaval, onde ele tem vários compromissos profissionais.

“A data do ensaio, a data que se inicia, é justamente quando eu volto do Carnaval de Salvador. Apresento um programa ao vivo em São Paulo e depois eu já vou começar a ensaiar no Teatro Liberdade. Então, vai ser uma grande loucura. Eu estou extasiado, animadíssimo”.

E mostrando que o papel era para ser dele em algum momento, Diego Campagnolli contou que soube das audições do Rio de Janeiro, mas não participou, pois já estava em “Bob Esponja – O Musical” como Perch Perkins.

Diego Campagnolli como Perch Perkins em Bob Esponja - o Musical
Diego Campagnolli como Perch Perkins em Bob Esponja – o Musical – Divulgação

“Quando teve as audições em fevereiro do ano passado eu já estava em Bob Esponja – O Musical e Bob Esponja é a mesma produtora do Beetlejuice. Quando eu vi o anúncio das audições, eu falei: ‘Cara, não vou fazer, vai bater as agendas, eu vou estar em Bob Esponja e é a mesma produtora, eles vão me matar’. Quando a gente começou Bob Esponja, me perguntaram: ‘Por que você não fez teste para o Beetlejuice? Porque ela falou que daria, aí eu me arrependi na hora, eu achei que eu tinha perdido na época, mas na verdade eu não tinha perdido, né, de qualquer jeito era para ser meu de alguma maneira”.

O ator ainda confessou que sua familiaridade com o universo de Beetlejuice é bem recente e não conhecia a história.

“Eu nunca tinha ouvido falar em Beetlejuice, eu não sabia nem o que significava em inglês, agora já sei, mas depois assisti o filme, vi que vão lançar o segundo e tudo mais, então comecei a me familiarizar nesse universo de novembro pra cá”.

Para a entrada de Diego, Tauã Delmiro precisou deixar o trabalho, a quem Diego rasga elogios. “Um grande ator que eu sou fã, é de comédia também. Ele teve que sair por questões de agenda, outros trabalhos, então acabei substituindo”.

Diego Campagnolli
Diego Campagnolli – Patricia Devoraes/Brazil News

Diego Campagnolli ainda revelou que, apesar da proposta ter sido há pouco mais de um mês da estreia, a preparação já está forte para chegar com tudo no espetáculo.

“Eu assisti duas vezes o espetáculo no ano passado, acabei assistindo Os Fantasmas se Divertem – O Filme, mas o filme tem muita coisa diferente. Eu, particularmente, prefiro o musical, acho mais engraçado, é uma versão mais animada, mais divertida, as músicas são ótimas e o Otho é muito mais engraçado do que no filme, então eu vou balancear. Vou seguir na minha proposta, levando a minha essência, a minha personalidade, mas eu vou trazer humor, com certeza”, disse.

Porém, não será uma tarefa fácil, já que terá que estudar sozinho, mas com profissionais dando o apoio necessário.

“Já estou estudando sozinho, porque nesse um mês até eu começar a ensaiar com todo mundo, tenho que estudar sozinho na parte de interpretação. As aulas de canto com o Léo Córdoba, que é meu coach vocal, tanto falas como musical, e, na parte de dança vou fazer com a Denis Vieira Jazz musical para poder pegar as coreografias”.

Relação com Eduardo Sterblitch

Diego Campagnolli ainda revelou que atuar com Eduardo Sterblitch será uma novidade na carreira, mas isso quase aconteceu em “Chacrinha – O Filme”.

“O Edu não é só protagonista, ele conduz, ele é o que faz o espetáculo acontecer. É surreal o trabalho dele como Beetlejuice. Ele preenche, ele já é um musical. Lógico que a gente chega para contar essa história junto, musical não se faz sozinho, mas ele é brilhante. Eu sou muito fã. Nós já contracenamos ‘entre aspas’ juntos. Tivemos um encontro em Chacrinha – O Filme onde ele fazia a primeira versão do Chacrinha. Quando ele passa o bastão para o Stepan (Nercessian) é a cena que eu entro, então eu não cheguei a contracenar com ele, mas no filme, por alguns segundos, a gente não se encontra”.

Porém, na vida pessoal, a história é outra.

“No Chacrinha – O Musical, ele ia nos ensaios, ele é muito amigo do Andrucha Waddington, então ele ia sempre nos espetáculos também e a gente se conheceu lá. Desde então, não paramos de nos conectar. Já fui na casa dele, a Louise, esposa dele, é maravilhosa, já passamos um Réveillon juntos, então a gente tem história para contar”.

Diego Campagnolli ainda comemora o fato da “virada” em sua vida, já que, antigamente, era rejeitado em musicais de Broadway, onde muita gente dizia que ele não “tinha o perfil”, mas agora recebe convites para testes.

“Bob Esponja foi um divisor de águas para o Diego artista na Broadway. Eu sempre achava que eu não ia me encaixar, me falavam isso, que eu não era perfil para Broadway, que eu tinha um perfil muito específico, mas agora eu tenho duas peças da Broadway em um ano. Eu vou me gabar sim, vou ficar feliz sim, eu vou comemorar, eu vou vibrar. É uma responsabilidade muito grande ainda, mas sendo convidado quer dizer que eu faço um trabalho bem feito, acredito tanto em cena e fora de cena. Acho que um trabalho de uma pessoa profissional, tem que ser profissional em cena e fora dela. Não adianta você ser só brilhante no palco e, fora dele, você maltrata os colegas ou a produção. Então eu acho que eu fiz um trabalho bem feito. Tô colhendo esses frutos quando completo 25 anos de carreira”, finalizou.

Serviço –  Beetlejuice, O Musical

Data: Estreia em 22/02/24 à 21/04/2024 – Temporada

Horários: Quartas, Quintas e Sextas às 21h00

                  Sábados às 16h00 e 21h00

                  Domingos às 16h00 e 20h30

Duração: 2h30min (com intervalo de 15min)

Gênero: Musical

Classificação: 12 anos

End: Rua São Joaquim nº129 – Liberdade – São Paulo

Local: Teatro Liberdade

Abertura da casa: 1h antes do início do evento

Notícias Relacionadas