Televisão às 03:00

Cininha de Paula revela que Chico Anysio a ‘ajudou’ contra machismo

cininha de paula no serartistapodcast
Foto: Mauro Oliveira

A atriz e diretora Cininha de Paula será a próxima entrevistada do “SerArtistaPodcast”, de Marcus Montenegro, nesta quarta-feira, 15 de novembro, às 20h. O videocast estará canal “SerArtistaPodcast”, no YouTube, e o Podcast, em todas as plataformas digitais.

Sobrinha do saudoso Chico Anysio, ela relembra com carinho a genialidade do tio em cena, revela que o tablado a ajudou com sua timidez, fala do processo do ator e como foi trabalhar e se impor em um meio machista dominado por homens.

“Aprendi com o Chico Anysio que a comédia só funciona se ela é verdadeira, se você fala do cotidiano, do dia a dia a probabilidade de acerto é maior”, garantiu ela.

“Chico era meio mediúnico, pois quando ele colocava a peruca do personagem, ele já saia do camarim e ia para o estúdio falando com a voz, o comportamento já ia mudando, ali já era o personagem”, lembrou.

Impacto da atuação em sua vida

“Eu era uma criança muito introspectiva, com um mundo interior muito grande e muito voltada para dentro de mim, por isso que entrei para o tablado e quando eu me tornei atriz foi uma surpresa para todos”, afirmou.

A atuação é uma travessia. Você quando é ator, atravessa um caminho, onde você vai emprestar seu corpo, sua alma, sua mente, todo o seu processo criativo”.

“Você rompe barreiras, caminhos, para chegar no personagem. O treinamento é muito importante, é uma oportunidade de exercitar a capacidade de atravessar com todos os obstáculos o exercício da profissão”, completou.

Com relação ao machismo na profissão, ela afirma que transformou as sequelas, devido ao pai que era um homem, uma figura masculina muito forte, e essa presença habitava dentro dela e, por isso, ela enfrentou o meio profissional de homem para homem impondo para ter respeito e conseguir trabalhar.

Notícias Relacionadas