Televisão às 16:50

Klara Castanho se recusou participar de programa após polêmica

klara castanho posando em selfie no quarto
Reprodução/Instagram @klarafgcastanho

Nos últimos dias, um dos assuntos mais comentados foi a carta aberta de Klara Castanho revelando ter sido vítima de um estupro, cuja criança nascida do ocorrido foi doada legalmente pela atriz após o nascimento. A carta foi publicada após comentários de Leo Dias e Antonia Fontenelle.

 O “Encontro”, da TV Globo, cobriu o caso na manhã desta segunda-feira, 27 de junho, chegando a conversar com a atriz Juliana Paes e Luciana Teme, advogada e professora de Direito Constitucional.

Todavia, a própria Klara Castanho chegou a ser convidada pela produção para participar da atração atualmente comandada por Fátima Bernardes, mas segundo o site NaTelinha, ela recusou participar por não se sentir confortável.

Leia+: Fãs querem que Leo Dias e Fontenelle sejam banidos após caso de Klara Castanho

“Se ela quisesse, ela poderia ir. Não quis, mas foi chamada”, disse Mariano Boni, diretor executivo de jornalismo da TV Globo, em coletiva de imprensa sobre a reformulação da grade matutina da emissora.

Klara Castanho
Klara Castanho não quis participar do “Encontro” (Foto: Reprodução/Instagram/@klarafgcastanho)

JULIANA PAES DEFENDEU KLARA CASTANHO NO ENCONTRO

Juliana Paes foi uma das convidadas para a edição do “Encontro” desta segunda-feira, 27 de junho, e aproveitou o momento para falar sobre o caso da atriz Klara Castanho, que comoveu os brasileiros no último sábado, 25. No programa, a artista fez um pedido às pessoas que estão julgando as atitudes da jovem, que foi estuprada, engravidou e entregou o bebê para a adoção após o parto.

“Como defensora para prevenção e eliminação de assuntos de violência para mulher da ONU, escuto muitas coisas assim. Acontece mais do que a gente imagina. É como se nossas escolhas tivessem sempre que ser terceirizadas e passar pelo crivo de alguém. Tem horas que a gente não quer falar, a pessoa quer paz, a gente não quer mais esmiuçar o assunto, a pessoa quer esquecer”, começou Juliana.

Leia+: Samantha Schmütz defende Klara Castanho e esbraveja contra Fontenelle: ‘Cachorra sarnenta’

“Ela teve uma atitude muito corajosa, 21 anos. Quero pedir às pessoas que parem de julgar, parem o julgamento, ele deprime, ele mata. As pessoas precisam entender que não é porque você é uma pessoa pública que sua vida tem que ser esmiuçada em todos os momentos”, continuou.

Em seguida, a atriz ainda desabafou sobre as consequências de ter uma vida pública, e como as pessoas utilizam isso como justificativa para julgar os acontecimentos na vida de um famoso. “Pessoas falam, quem manda ser famoso? Por que é famoso você fica menos humano? Parem de achar que o famoso tem que ter a vida esmiuçada. A gente é famoso porque é reflexo do meu trabalho. Mas a gente não quer ter nossa vida esmiuçada a vida inteira. Vamos cuidar das nossas vidas, né, é tão bom!?”, finalizou.

Juliana Paes e Klara Castanho posando para fotos
juliana Paes saiu em defesa de Klara Castanho (Fotos: Reprodução/Instagram)

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!