Televisão às 18:22

Paulo André relembra episódio de racismo na infância: ‘Lamentável’

Retrato Paulo André
Reprodução/Instagram/@iampauloandre

Nesta terça-feira, 17 de maio, Paulo André foi o convidado do “Bem, Amigos”, programa esportivo exibido pelo SporTV.

Leia+: Pedro Scooby e Paulo André curtem passeio de barco: ‘Amo demais’

Os apresentadores comentaram sobre a onda de ataques racistas no esporte e o atleta revelou que nunca sofreu racismo enquanto exercia a profissão.

“No esporte nunca passei e acho que nunca vou passar. Na infância, e até pouco tempo atrás, de estar de um lado da calçada e as pessoas atravessarem. Isso é a coisa mais comum que acontece com a gente”, disse ele.

Leia+: Temos Jadré? Paulo André muda o visual e vai na mesma balada que Jade Picon

Em seguida, o ex-BBB relembrou de um episódio que aconteceu em sua infância. “Quando eu era pequeno, estava indo para o trabalho da minha mãe e uma mulher começou a gritar, ligando para a polícia falando que eu e meu irmão queríamos assaltá-la. Isso tem que ser aniquilado do planeta. E a gente tem que ficar provando o tempo todo que é capaz. É lamentável saber que dentro do esporte temos tantos casos, que vêm se repetindo”, concluiu.

NOVA CRUSH

Ao lado de Felipe Ret, Paulo André bateu um papo com a Foquinha no podcast do Gshow e falou das suas expectativas amorosas e possíveis flertes. Aos 23 anos, o vice-campeão do BBB 22, disse que ainda está se adaptando ao sucesso e as consequências que ele trás, como uma fila de mulheres esperando ter uma chance com o atleta.

“Sou muito devagar em relação a isso (assédio das mulheres). Eu gosto de deixar a parada acontecer. Agora é focar no trampo”.

O ex-BBB 22 então foi perguntado se estava com um crush em alguma famosa, e Paulo André respondeu rapidamente: “Acho a Kylie Jenner muito bonita”. Será que teremos P.A entrando para a família Kardashian?

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!