Televisão às 08:05

Sidney Sampaio revela detalhes do surto: ‘Alguma coisa me perseguindo’

Sidney Sampaio
Sidney Sampaio está recluso com a família na Região Serrana do Rio de Janeiro – Foto: Reprodução/ Record TV

Em um hotel e Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, sem telefone celular, sem visitas, andando de muletas por conta de fraturas na coluna e nos pés, Sidney Sampaio recebeu a equipe do “Domingo Espetacular”, da Record TV, que exibiu a entrevista na noite de 13 de agosto.

“Tinha inúmeras possibilidades de isso ter outro desfecho. Eu subi pro quarto, as informações já começaram a ficar confusas, não precisas”, disse ele.

Hóspedes e vizinhos do hotel contaram que tentaram acalmar o artista, que estava bastante alterado. Mas não foi possível contê-lo. Sidney Sampaio afirmou que não lembra, de fato.

“O que me recordo é de estar sentindo medo, de pedir ajuda. Estava assustado com algumas coisas, não recordo com o que tinha esse medo”, destacou.

O artista, então, acabou se jogando de uma janela, no quinto andar, que dava para os fundos do hotel, caindo aproximadamente 10 metros até o primeiro andar.

“Não me lembro exatamente o motivo pelo qual acabei me jogando, mas acho que tem relação com algum tipo de pânico que estava sentindo naquele momento, alguma coisa que eu estava entendendo que estava me fazendo mal ou me perseguindo.

O ator caiu em um aquecedor e um aparelho de ar condicionado, no primeiro andar do hotel: “Lembro quando caí o tombo em si, lá embaixo. Acho que a primeira dose de adrenalina começou a me trazer de volta.

A preocupação imediata foi com as minhas pernas, se estava andando ou não. Senti uma dor imediata na coluna, na lombar”.

Sidney ainda teria invadido um quarto antes de se jogar novamente do primeiro andar para a rua: Fui procurando uma saída até encontrar os bombeiros. Não estava lúcido totalmente. Lembro do tombo, em si, e de sair dali, Fui pedindo ajuda. Depois vi no vídeo que acabei pulando de novo, não lembrava disso. comecei a ter mais clareza já no hospital”.

MISTURA EXPLOSIVA

Ao programa, o artista, que acumula novelas e minisséries ao longo de mais de 20 anos de carreira, contou que fez uma mistura que pode ter levado ao surto. O ator estava prestes a estrear u espetáculo no teatro.

“Tomei uma dose de vodca num bistrô, que tem ao lado da minha casa. Subi jantei, dei uma olhada no texto, apreensivo, aquela coisa de estreia”, detalhou.

Por conta da ansiedade, ele não conseguiu dormir. Sua irmã, que faz uso de medicamentos relaxantes, havia deixado remédios à vista: “Ela deixou a cartela lá do lado e acabei tomando um. Foi um episódio pontual, normalmente meu padrão é dormir bem”, afirmou.

Negando sofrer de depressão, o artista contou que teve um diagnóstico de bloqueio há dez anos, fez tratamento e seguiu. Ele aproveitou o espaço para aconselhar o público: “Não se automediquem. A gente tem essa mania, todo mundo é um pouco médico no Brasil, mas as consequências podem ser bem desagradáveis”.

Por conta do acidente, o espetáculo que ele estrearia, foi adiado. O artista precisou também trancar a faculdade de Medicina.

Faça parte da comunidade oficial OFuxico no WhatsApp e receba as notícias sempre em primeira mão. 

Notícias Relacionadas