Televisão às 01:00

Veja a lista com os vencedores do Emmy Internacional

Veja a lista com os vencedores do Emmy Internacional

Veja a lista com os vencedores do Emmy Internacional. Foto: Diário de Um Confinado / Globo

Nova York sediou a entrega do Emmy Internacional na noite desta segunda-feira, 22 de novembro. A lista com os 11 vencedores já está definida, mas o Brasil não conseguiu trazer nenhuma das estatuetas para casa – algo pouco comum nos últimos anos.

Nós concorríamos em cinco categorias das onze disponíveis. “Amor de Mãe” era uma das favoritas. A estreante Manuela Dias provou que veio para ficar nas telenovelas emissora. Também tínhamos concorrentes nas categorias “Documentário”, “Programação de Arte”, “Série de curta duração” e “Filmes e minisséries para TV”.

Leia+: Maju Coutinho é recebida com pompas no Fantástico

Confira a lista com os resultados do Emmy Internacional:

  • Programação de arte: ‘Kubrick by Kubrick’ (França). “AmarElo: É tudo Pra Ontem” era o concorrente brasileiro;
  • Atriz: Hayley Squires – ‘Adult Material’ (Reino Unido);
  • Série de curta duração: ‘Inside’ (Nova Zelândia). “Diário de um Confinado” era o concorrente brasileiro;
  • Programa de horário nobre nos EUA em idioma estrageiro: 21º Grammy Latino
  • Documentário: ‘Hope Frozen: A Quest To Live Twice’ (Tailândia). No Brasil, o concorrente era “Cercados”.
  • Entretenimento não roteirizado: ‘The Masked Singer’ (Reino Unido)
  • Filmes e minisséries para TV: ‘Atlantic crossing’ (Noruega). “Todas as Mulheres do Mundo” recebeu indicação
  • Ator: David Tennant – ‘Des’ (Reino Unido)
  • Novela: ‘The Song Of Glory’ (China). “Amor de Mãe” ficou atrás da novela chinesa.
  • Comédia: ‘Call My Agent’ (França)
  • Drama: ‘Tehran’ (Israel)

NA DISPUTA

A Globo chegou ao Emmy Internacional com quatro indicações em 2021. A Netflix Brasil tinha mais uma. Contudo, deixamos o evento em Nova York, nesta segunda-feira, 22 de novembro, sem nenhuma estatueta. Foi a vez de alguns talentos carimbarem o talento em produções, exemplo de Manuela Dias e Bruno Mazzeo.

Ainda assim, nós marcamos presença no local de uma forma inigualável. Após um ano de pandemia, a Globo mandou um elenco de peso para o evento; Luciano Huck e Angélica apresentaram uma categoria dos prêmios, assim como Felipe Santana, correspondente da emissora em Nova York.

Também marcaram presença por lá Marcos Mion, Camila Pitanga, Maria Ribeiro e outros queridinhos do canal. Por óbvio, os representantes indicados em cada prêmio também embarcaram para os Estados Unidos, de onde assistiram à premiação.

Leia+: Dulce Maria é desmascarada no The Masked Singer do México

Regina Casé, Manuela Dias e o diretor José Luiz Villamarim concorriam à categoria de Melhor Telenovela. A protagonista da trama chegou num vestidinho preto, mas nada básico. A intérprete de Lourdes atraiu os olhares por lá. “Amor de Mãe” recebeu a indicação e surpreendeu por seu bom resultado.

Gravada antes e durante a pandemia, a trama precisou rebolar para entregar algum resultado para o público. E com todos os revezes, lá estava nosso trio, para marcar presença nesse ano tão complicado. É preciso destacar ainda que a trama de Manuela Dias marcou a estreia da autora como principal escritora de uma novela das 21h. Algo que poderia parecer arriscado no começo, rendeu muitos bons frutos.

Leia+: Gloria Groove se destaca como Justin Timberlake no Show dos Famosos

ROTEIROS MARCANTES

Definitivamente, os roteiros marcantes, muito bem escritos e envolventes, garantiram a presença da Globo na 49ª edição do Emmy Internacional. “Diário de Um Confinado”, “Todas as Mulheres do Mundo” e “Cercados” foram os outros três indicados da Globo.

Bruno Mazzeo chegou ao local para representar a produção de “Diário de Um Confinado”. A série concorria na categoria “Série de Curta Duração”. A produção de 2020 estreou em junho no Globoplay e ainda foi ao ar na Globo, no GNT e no Multishow. Ademais, ganhou especial de fim de ano. Rodada? Imagina.

Leia+: Fátima Bernardes volta ao ‘Encontro’

Além de Bruno, que também colaborou na autoria do projeto, também completaram o elenco artistas como Arlete Salles, Debora Bloch, Fernanda Torres, Lázaro Ramos, Lúcio Mauro Filho e Renata Sorrah. A produção foi totalmente feita de maneira remota e mostra a rotina de um confinado por causa da pandemia de Covid-19.

Ainda falando sobre a doença que surgiu na China, em 2019, a rotina dos jornalistas na cobertura da pandemia está registrada no documentário “Cercados”, do Globoplay. É imperdível para qualquer um que se interesse por comunicação.

A produção mostra os desafios da reportagem e do jornalismo profissional no meio de tanto sensacionalismo, notícias falsas e a necessidade de informar a população num momento em que ninguém tinha certeza de nada. É, de fato, um roteiro mais uma vez, marcante e que faz o público pensar.

“Todas as Mulheres do Mundo” é protagonizada por Emílio Dantas e Sophie Charlotte. O texto mostra a relação do arquiteto Paulo com suas diversas paixões – e a maior delas, a professora Maria Alice, vivida por Sophie. Num monólogo denso que se passa mais dentro da cabeça do protagonista do que no resto da série, a produção traça tramas difíceis de não se apegar. Mais uma vez, de deixar qualquer um refletindo à noite.

NA NETFLIX

A Globo não foi a única a carregar o Brasil para o Emmy Internacional. “AmarElo: É tudo pra ontem”, de Emicida, foi um dos indicados na categoria “Produção Artística”. Lançado em dezembro de 2020, a produção mescla os bastidores da gravação do álbum “AmarElo”, do rapper.

Contudo, não fica por aí. O tom de documentário carrega outros detalhes importantes consigo. A produção conta mais de cem anos da história do povo preto no Brasil. É uma obra e tanto para falar sobre racismo, violência contra a população negra e o final da escravidão no país. Vale a pena investir uma hora e meia na frente da televisão.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Carioca comemora aniversário da filha com festa luxuosa
Paula Amorim e Breno Simões curtem cenário paradisíaco
Maiara divulga foto dos bastidores de ‘Todo mundo menos você’
Show dos Famosos: Gloria Groove é destaque interpretando Justin Timberlake