Vídeos às 08:00

Histórias da Black Friday: Espertinho tenta cavar um processo fingindo passar mal na fila

Neide Boa Sorte- Black Friday

Por mais confusos que os compradores da Black Friday possam ser é difícil acreditar que existam pessoas  capazes de se prejudicar propositalmente na tentativa de faturar alguns trocados apelando para as medidas judiciais. Um vendedor de uma grande rede de lojas contou a história abaixo.

“Um cara veio para nossa liquidação da Black Friday não para comprar coisas, mas para nos processar. Ele intencionalmente derramou comida no chão e voltou para escorregar nela. Ele bateu a cabeça e começou a vomitar. Depois disso quis processar a loja, mas tudo foi gravado por câmeras de segurança e usamos gravação para o seu advogado que tudo não passou de uma fraude”.

Neide Boa Sorte dá a sua versão dos fatos, usando e abusando de sua ironia e estilo único de contar histórias.

HISTÓRIAS DA BLACK FRIDAY

O Dia de Ação de Graças, 26 de novembro, é a data mais importante comemorada nos Estados Unidos. Mais tradicional que o Natal, é o dia de reunir a família e agradecer pela prosperidade alcançada durante o ano.

Ao longo dos anos a data tem mostrado que, quando há dinheiro para economizar,  há também um lado negro das pessoas que se revela. Para ter uma noção de como os clientes ficam fora de controle, reunimos testemunhos de funcionários de varejo sobre casos inacreditáveis ocorridos no mais disputado dia de compra ao redor do mundo. E convidamos Neide Boa Sorte para contar algumas histórias e comentar as situações.

Embora as pessoas não consigam mais enfrentar as lojas físicas devido ao coronavírus, vale a pena reviver os horrores das compras presenciais da Black Friday e morrer de rir com os pitacos da nossa Diva do Humor.

*O ator Eduardo Martini é o criador e intérprete da personagem Neide Boa Sorte .

Veja +:  Velha atropela comprador com sua cadeira de rodas