Cinema e Série às 10:00

Dia dos Namorados: Veja filmes românticos que fogem do clichê para maratonar na Netflix

elle fanning e justice smith nos bastidores de por lugares incríveis

(Reprodução: Instagram)

No dia 12 de junho se comemora o famoso “Dia dos Namorados”, feriado nacional que tem sua origem em uma comemoração europeia. No entanto, o “Valentine ‘s Day” no restante do mundo se comemora dia 14 de fevereiro, enquanto aqui, no Brasil, a celebração ocorre em Junho. A data festiva, que surgiu com a história de São Valentim, padre que foi condenado à morte por continuar organizando casamentos durante um decreto na Roma que proibia os soldados de se casarem durante o século IIV. Em contrapartida, no Brasil, a comemoração surgiu para emplacar um aumento no setor comercial durante o mês de junho, sendo o dia 12 escolhido por ser a véspera da celebração de Santo Antônio, santo casamenteiro. 

Entretanto, neste ano, com a pandemia de Covid-19 e as restrições de isolamento, fica difícil até mesmo para os casais planejarem encontros e programas legais para celebrar o dia tão aguardado. Contudo, outras opções também se mostram interessantes: Com o frio de outono, nada melhor do que um bom filme a dois, não é mesmo?

Pensando nisso, confira uma lista com alguns filmes românticos da Netflix que fogem das mesmas histórias de sempre a qual já estamos acostumados, afinal, não é só porque é romance, que tem que ser clichê!

Veja mais: Famosos se viram para passar o Dia dos Namorados na Quarentena

Por Lugares Incríveis

Muito mais do que um drama adolescente, “Por Lugares Incríveis” aborda questões delicadas e complexas sem esbarrar em roteiros velhos e repetidos. No longa vemos a história de Violet (Elle Fanning), que acabou de perder sua irmã e possui tendências suicidas, e de Theodore (Justice Smith), jovem que é hostilizado na escola, sendo até mesmo apelidado como “aberração”, possuindo um caráter rebelde e desajustado. Juntos, eles enfrentam desde questões existenciais até quadros complicados de estabilidade emocional e mental em decorrência de uma adolescência traumática para ambos. Com sutileza, o filme desenvolve um romance de maneira real e até mesmo triste, mas sem esbarrar em estereótipos conhecidos.

O Segredo de Brokeback Mountain 

Famoso filme estrelado por Jake Gyllenhaal e Heath Ledger, “O Segredo de Brokeback Mountain” quebrou barreiras ao ser lançado em 2006. Com um casal homossexual, o filme sofreu tentativas de boicote em sua estreia, mas se consagrou como um clássico aclamado pela crítica ao mostrar a história dos jovens Jack (Gyllenhaal) e Ennis (Ledger) que vivem um romance escondido e se reencontram após anos separados. 

Sweet & Sour

Sweet & Sour é um K-Drama alegre e bem-humorado da Netflix. Com uma proposta diferente da maioria dos romances, a produção sul-coreana aborda a história que acontece depois do “Felizes para sempre”, ou seja: os obstáculos da rotina na vida de um casal, que enfrenta uma crise após decidirem juntar as coisas e morarem juntos. Dividido em três atos, o filme utiliza uma história bastante recorrente, porém a conta de maneira criativa e inovadora.

Leia também: Bourbon Street promete embalar o dia dos namorados

Encontro Marcado

Em “Encontro Marcado”, Brad Pitt interpreta um papel bastante inusitado: A própria Morte, que, ao se apoderar do corpo de um jovem, quer experimentar as alegrias mundanas, incluindo a experiência do amor. Ao se envolver com a filha de um magnata, o espírito da morte descobre muitas coisas sobre a própria vida. O filme apresenta uma história de amor a partir de uma nova e ousada perspectiva. 

Felicidade Por Um Fio

Talvez o grande enfoque de “Felicidade Por um Fio” não seja necessariamente o romance entre um casal, mas isso também entra na história. Ao acompanharmos a jornada da publicitária Violet Jones (Sanaa Lathan), vemos o processo de autoconhecimento de uma mulher negra com problemas de perfeccionismo e autoestima, que passa a se ver de diferentes formas e dar uma guinada em sua vida. 

 E aí, que tal pegar a pipoca e assistir todos no próximo sábado (12)?