Cinema e Série às 23:59

Guilherme De Pádua pede perdão a Glória Perez: “Não perdoaria”

Guilherme de Pádua e Glória Perez
Foto: Reprodução / Youtube e HBO Max

Depois que a HBO Max lançou a série documental “Pacto Brutal”, em que lembra o assassinato de Daniella Perez, filha de Glória Perez, muitas notícias lembraram o caso e continuam repercutindo na mídia.

Leia+: Pacto Brutal tem trailer dos últimos episódios divulgado

Nesta terça-feira, 2 de agosto, Guilherme De Pádua, responsável pelo crime, publicou um vídeo no qual pede perdão à autora de novelas, além de Raul Gazolla, viúvo da atriz. Nas imagens, ele lembra das primeiras cenas na delegacia e de como foi encarar o então marido de Daniella.  

“Talvez eu nunca vá ter uma oportunidade real de pedir perdão. Por isso Glória Perez, eu te peço perdão, por todo sofrimento que eu te causei. Eu jamais esqueci daquele encontro na carceragem. Nunca esqueci”, declarou.

Leia+: Desembargador diz que crime contra Daniella Perez foi um “ritual macabro”

Em seguida, dirigiu-se diretamente ao ator, que é viúvo da atriz morta no final da década de 1990. O momento em que os dois se encontraram após o crime, de acordo com Guilherme, foi quando ele percebeu que “era a pior pessoa do mundo”.

Raul Gazolla, eu te peço perdão. Eu nunca esqueci do dia que eu fui chamado na delegacia, você estava lá e se arrastou até a mim. Me abraçou chorando. E ali eu vi que eu era a pior pessoa do mundo”

Leia+: “Dani não aguentava mais aquele cara”, afirma Raul Gazolla sobre Guilherme de Pádua

Ademais, ele também estendeu seu pedido a amigos e pessoas próximas de Daniella. O ex-ator disse que o sentimento horrível o dominou após a morte da atriz foi único em toda sua vida.

“Nunca na minha vida eu senti algo igual eu senti naquele momento. Nunca. Eu peço perdão aos familiares, aos amigos, a todos que se envolveram com essa história, que se entristeceram, que se revoltaram”, contou.

Leia+: Pacto Brutal: Frentistas presenciaram violência contra Daniella Perez

Por fim, previu que talvez Glória e Raul não o perdoem pelos crimes. Contudo, deu a entender que cabe agora aos dois realmente o perdoarem. Ainda assim, confessou que não conseguiria perdoar o crime em si.

“Eu sei que esse pedido de perdão talvez não vá significar nada, mas eu quero deixar registrado. Não que isso vá gerar realmente um perdão, porque o perdão é um dom de Deus. O perdão tem mais a ver com quem perdoa do que com quem é perdoado. Se eu tivesse no lugar de vocês, eu não perdoaria”, finalizou.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!