Coronavírus às 03:00

Oprah Winfrey passou 322 dias ininterruptos dentro de casa

Oprah Winfrey com um pedaço de bolo
Foto: Reprodução/Instagram/Oprah

Oprah Winfrey levou a sério a pandemia e o lockdown, por medo de contrair a Covid-19. E agora a apresentadora revelou ao jornal Los Angeles Times em uma nova entrevista o tempo exato que passou dentro de casa durante a quarentena, sem sair de sua propriedade.

Leia+: Oprah se decepcionou com os Duques de Sussex

A estrela da televisão americana de 68 anos revelou que não saiu de casa por quase um ano e explicou que não se importava de ficar isolada.

“Não saí de casa por 322 dias, literalmente não saí de casa”, disse ele ao Los Angeles Times.

Oprah lembrou que muitos de seus amigos zombavam dela por ser tão cuidadosa e disse que ficou surpresa com o quão bem ela conseguiu se ajustar ao isolamento e não estar perto de outras pessoas.

“Lembro que em um ponto [a amiga íntima Gayle King] ficou tipo, ‘Você não sente falta de estar perto de outras pessoas?’ Eu fiquei tipo, ‘Uh, não realmente’… eu tive muitos apertos de mão e autógrafos e selfies, e muita atenção e exposição por muito tempo [durante sua carreira]… então eu pude estar comigo mesma de uma maneira que não conseguia há anos, porque geralmente , mesmo que eu tire uma folga, estou pensando no que vem a seguir… No geral, consegui me adaptar porque tenho a capacidade [e] poder viver esse momento sem ter que me preocupar sobre meu próximo passo”, disse, reconhecendo seus privilégios por ser quem é.

Leia+: Atriz chama Oprah Winfrey de ‘falsa e ambiciosa’

“Você pode fazer isso quando não precisa se preocupar de onde virá seu próximo cheque. Eu não tinha que me preocupar com ‘Vou ter para o aluguel? Será que vou conseguir comprar comida? Serei capaz de manter as luzes acesas e poderei cuidar dos meus filhos?’”, justifica, agradecida.

LONGE DA REALEZA

Segundo a revista OK!, Oprah Winfrey nunca poderá entrevista outro membro da família real britânica, devido a um suposto acordo que sua produtora fez com a produtora dos Duques de Sussex, Príncipe Harry e Meghan Markle

A negociação da entrevista começou desde o ano passado, e depois de mais de três meses de revisões de contratos, uma das cláusulas dizia que Winfrey não poderia disponibilizar seu microfone para que outra pessoa contasse seu lado da história. 

Leia+: Princesa Diana serviu comida pesada a Oprah Winfrey

Uma fonte da revista comenta que tudo foi devidamente documentado e assinado, com Oprah também tendo que assinar um acordo de confidencialidade por qualquer comentário fora das câmeras que eles pudessem fazer. 

Eles não lidaram com esses ‘problemas’ pessoalmente, já que tudo foi realizado através dos representantes legais de ambos os lados. 

“Se William quisesse contar seu lado da história a Oprah, por exemplo, ela não poderia aceitar”, revela a fonte. 

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!