Família às 04:00

Nick Cannon se sente culpado com sua paternidade

Nick Cannon em seu talk show
Foto: Reprodução/Instagram/@nickcannon

Há alguns meses Nick Cannon garantiu que ele passava tempo de qualidade com todos os seus filhos, mas o ator, cantor e produtor tem agora 11 crianças e a ponto de ver o nascimento de seu filho número 12, e comentou que se sente ‘culpado’ por não estar conseguindo passar tempo suficiente com todos os filhos como gostaria.

Leia+: Nick Cannon explica porque filho não passou por quimioterapia

“Sendo pai de vários filhos, a maior culpa em mim é não passar tempo suficiente com todos eles”, explicou ao programa “The Checkup With Dr. David Agus”.

“Primeiro, porque estou constantemente trabalhando e segundo, porque estou apenas disperso”, comentou.

Nick tem um total de 11 filhos com seis mulheres diferentes, incluindo seus primogênitos Roe e Roc, de 11 anos, com sua ex-esposa Mariah Carey.

No mês passado, Nick deu as boas-vindas ao seu 11º filho, uma menina chamada Zeppelin, com Abby De La Rosa, que também tem gêmeos de um ano com ele chamados Zion e Zillion.

Em setembro, Nick teve o bebê nº 10, um menino chamado Rise Messiah Cannon, com Brittany Bell, com quem também tem o filho Golden, de cinco anos, e a filha Powerful Queen, de dois.

Leia+: Nick Cannon não acha saudável estar em um relacionamento monogâmico

Menos de duas semanas antes do nascimento de Rise, Nick deu as boas-vindas a uma menina chamada Onyx com a ex-modelo do programa “The Price Is Right”, Lanisha Cole.

Em julho, a namorada de Nick, Bre Tiesi, deu à luz seu primogênito, um filho chamado Legendary, que na época era o oitavo filho de Nick.

Em junho do ano passado, Nick deu as boas-vindas a um menino chamado Zen com Alyssa Scott, que ele conheceu anos antes em seu programa “Wild ‘N Out”. No entanto, Zen sofreu problemas de saúde, incluindo um tumor cerebral e morreu tragicamente com apenas cinco meses de idade, depois de passar seus últimos momentos à beira-mar com seus pais.

Alyssa está grávida novamente de Nick, e quando ela der à luz seu próximo bebê, ele se tornará pai de 12.

BEBÊ ARCO-ÍRIS

Alyssa Scott, que está grávida de seu bebê arco-íris com Nick Cannon, não quis saber o sexo do terceiro filho que espera, o segundo com o cantor. Os dois perderam seu filho Zen aos cinco meses em dezembro do ano passado, e agora aguardam com ansiedade e emoção a chegada do filho que nascerá após a partida de Zen.

Leia+: Nick Cannon relembra a morte do filho

Alyssa, que é mãe de uma menina de quatro anos, Zaela, de uma relação anterior, quer a emoção de conhecer o gênero do bebê no momento do parto, segundo a revista OK!

A modelo e compositora compartilhou várias fotos de sua sessão gestante no Instagram no final de novembro, afirmando que a próxima publicação dela será somente quando o bebê nascer:

“Na próxima vez que eu postar, ele ou ela estará aqui”, escreveu no Instagram. “Obrigado a todos que estão acompanhando minha jornada com amor e compaixão. Sou uma pessoa privada em uma plataforma muito pública. Sei que com o tempo estarei pronta para deixar as pessoas que realmente se importam em meu mundo um pouco mais do que eu.”, justificou.

Esta semana o cantor e produtor respondeu às alegações de que eles descartaram submeter o bebê à tratamento de quimioterapia na época, justificando que queriam que o filho tivesse “a melhor existência que ele poderia ter”, durante sua participação no programa “Check-up com Dr. David Agus”.

Um ano depois da trágica perda de Zen para um câncer no cérebro, o ex de Mariah Carey explicou que inicialmente levou o bebê, que era “ativo, sempre sorridente” ao médico devido a preocupações com sua respiração e o tamanho de sua cabeça, mas ficaram surpresos quando foi diagnosticado com glioma de alto grau.

Leia+: Nick Cannon preocupa os fãs com internação

“Eles fizeram muitos exames. Eles não deixaram ele sair do hospital. E então você pode imaginar que está levando seu filho para fazer um check-up – na pior das hipóteses, eu estava pensando em asma, sabe? E saber que ele foi diagnosticado com câncer no cérebro foi um choque”, disse Nick.

Nick e Alyssa concordaram que Zen fizesse um desvio para drenar o fluido de seu cérebro porque não era um procedimento desconfortável para o bebê.

“Quando fomos ao hospital pela primeira vez, apenas para evitar que sua cabeça continuasse a crescer rapidamente, havia alguns procedimentos para os quais estávamos dispostos… [O shunt, desvio] para mim fazia sentido lógico. Havia menos dor nele e o procedimento foi rápido. Era tudo uma questão de qualidade de vida. A partir desse ponto, eles praticamente me disseram que, na melhor das hipóteses, meu filho poderia viver a três ou quatro anos de idade. Então, instantaneamente, quando ouvi isso, pensei em qualidade de vida. Queria que ele tivesse a melhor existência que pudesse ter.”, justificou.

Mas quando se tratava de quimioterapia, Nick perguntou se isso prolongaria a vida de Zen ou diminuiria seu sofrimento e foi informado que “na verdade não” por causa da localização do tumor, então eles recusaram o tratamento, que o próprio cantor de 42 anos havia feito anteriormente quando foi submetido a um tratamento para seu lúpus.

Leia+: Com 12 filhos, Nick Cannon quer fechar a fábrica

“Ver seu filho conectado a todas aquelas máquinas foi de partir o coração todas as vezes – mesmo naquele curto período de tempo, eu não poderia imaginá-lo tendo que fazer quimioterapia. Eu sabia, como um homem adulto, esse processo… Meu cabelo estava caindo. Eu nem chamaria isso de dor; apenas sugava tudo de você. Eu não poderia imaginar isso em um recém-nascido e o que isso faria.”, explicou.

Além disso, o tratamento exigiria que Zen “vivesse no hospital”. Nick disse: “Ele nunca teria ido para casa… [Nós] fomos para o espaço de ‘queremos apreciá-lo e queremos que ele nos aprecie’. “

Nick – que tem outros 10 filhos com outras cinco mulheres e está esperando outro bebê com Alyssa – admitiu que os últimos dias de Zen foram “difíceis”, mas ele e a mãe do bebê tiveram um momento “lindo” com ele no final.

Ele contou: “Eu definitivamente não poderia ter feito isso sem ela. O fato de que ela era a única, de todos os aspectos, que lidou com isso. Tivemos alguns momentos bonitos. Tivemos a oportunidade, sabíamos que a transição estava chegando. Aconteceu muito mais rápido do que pensávamos, mas mesmo no último fim de semana eu sabia, ‘este provavelmente será o último fim de semana’. Felizmente, fizemos tudo, desde o nascer do sol, indo à praia, ao pôr do sol, fizemos algumas belas orações em família e realmente nos reunimos como uma família de uma maneira muito bonita. Sou grato por isso, mas foi definitivamente difícil ver seu filho ali, sofrendo em um ponto e vendo as coisas se fecharem, foi muito intenso.”, finalizou emocionado.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Notícias Relacionadas