LGBTQIA+ às 07:30

Confira artistas que se identificam como não-binários

fotomontagem de demi lovato, ezra miller e mason alexander park
Reprodução/Instagram @ddlovato, @ezramillerflash e @masonalexanderpark/Montagem

Apesar de o mundo ser predominantemente masculino e feminino, estas não são as únicas possibilidades de gênero para o seu humano se identificar ao longo de sua vida, e sempre que estas duas identidades de gênero não definirem alguém, é comum ser utilizado o guarda-chuva não-binárie.

Diversos artistas se identificam como não-binários, e nós do OFuxico separamos alguns deles que já falaram publicamente sobre o assunto.

MASON ALEXANDER PARK

Mason Alexander Park como Desejo ao ladod e arte de Desejo do quadrinhos em The Sandman
Mason Alexander Park será Sonho em “The Sandman” (Foto: Reprodução/Instagram @masonalexanderpark)

Nesta sexta-feira, 5 de agosto, “The Sandman” vai estrear na Netflix, adaptado a obra de Neil Gaiman que acompanha a jornada de Morpheus (Tom Sturridge), também conhecido como Sonho, uma entidade mística que governa o espaço conhecido como o Sonhar. Ele é aprisionado depois de um ritual que buscava prender a Morte, sua irmã, e fica preso por 70 anos, até finalmente conseguir se libertar e começar uma jornada para voltar ao Sonhar e recuperar suas três ferramentas: uma algibeira cheia de areia, um rubi e um elmo.

Na série, o grupo dos Perpétuos setes seres ancestrais que nasceram com o universo e morrerão com seu fim, sendo símbolos de forças essenciais da natureza e dos seres vivos. Um deles, Desejo, ganhará interpretação de Mason Alexander Park, que se identifica como uma pessoa não-binária e já atuou em outra adaptação da Netflix, “Cowboy Bepop”.

BÁRBARA PAZ

Renata (Bárbara Paz) em "Viver a Vida"
Bárbara Paz (Foto: Reprodução TV Globo)

Uma grande atriz brasileira e que costuma ser chamada por meio de pronomes femininos, Bárbara Paz também revelou se identificar como uma pessoa não-binária, conforme revelou em entrevista com Paulo Azevedo no podcast Almasculina. “Descobri que sou não binária há pouco tempo. Um amigo meu falou que eu era, e eu acreditei, entendi”, disse.

“Muitos homens habitam dentro de mim. Quando ouvi esse discurso do não binário, do transgênero, pensei: ‘Será que, se tivesse escutado isso com 12 ou 13 anos, teria achado que eu era pelo fato de sentir isso?’. E não estou falando de sexualidade, mas de sensação”, afirmou.

“Às vezes me olhava no espelho e me sentia um garoto. Me olho no espelho hoje e sou uma mulher com peito, bunda, curvas. Gosto de ser menino e de ser menina. Pode? Hoje pode! Cada vez mais a gente consegue respirar e ser a gente. Gosto de pessoas. Até agora, me apaixonei por homens, mas gosto de pessoas”, concluiu Bárbara Paz.

EZRA MILLER

ezra miller preso e como flash
Ezra Miller (Foto: Reprodução)

Um ator que vem dando o que falar nos últimos meses, Ezra Miller se identifica abertamente como alguém não-binário, e já chegou a falar do assunto quando estrelou a capa da revista “GQ Style”. “As pessoas não me endentem. Há uma grande confusão sobre isso, mas fico confortável de falar sobre este assunto. Estou aqui para fazer o que puder para todos para quem eu puder fazer”, declarou.

Já em outra ocasião, ao The Hollywood Reporter, se identificou como Queer e preferiu nãos e rotular. Porém, posteriormente, disse preferir pronomes neutros (elu/delu em português, they/them em inglês): “Eu não me identifico. Tipo, foda-se isso. Queer apenas significa não. Eu não faço isso. Eu não me identifico como um homem. Eu não me identifico como uma mulher. Eu mal me identifico como um ser humano”.

KIZZY EDGELL

Corrina Brown e Kizzy Edgell como Tara e Darcy em Heartstopper
Corrina Brown e Kizzy Edgell (Foto: Reprodução/Instagram @51212.87287)

“Heartstopper” foi um verdadeiro fenômeno de audiência e crítica quando estreou em meados deste ano na Netflix, ficando muito marcada por sua bela representatividade com a comunidade LGBTQIAP+, refletindo, seja nos personagens ou nos artistas, o maior número de diversidade possível.

Uma das personagens é Darcy Olsson, abertamente lésbica e par de Tara Jones (Corinna Brown), cuja pessoa que interpreta é Kizzy Edgell, também identificada como não-binária. Este é seu primeiro papel como artista, e queremos que seja o primeiro de muitos!

ELLIOT PAGE

elliot page
Elliot Page (Foto: Reprodução/Instagram)

Elliot Page é bastante conhecido por seu papel na franquia X-Men e por ser Victor Hargreeves na série “The Umbrella Academy”, e comumente, é lembrado que sua identidade como um ator trans, ele também se identifica como não-binário, aceitando tanto pronomes masculinos ((ele/dele em português, he/him em inglês) quanto neutros (elu/delu em português, they/them em inglês).

Aliás, conforme revelou para a revista Times, Elliot questionava sua identidade de gênero desde a infância: “As pessoas se agarram em ideias firmes sobre gênero porque elas fazem com que se sintam seguras. Mas se pudéssemos apenas celebrar todas as maravilhosas complexidades de cada um, o mundo seria um lugar muito melhor”.

DEMI LOVATO

Demi Lovato de batom vermelho
Demi Lovato (Foto: Reprodução/Instagram/@ddlovato)

E vamos fechar a lista com Demi Lovato, que não executa mais sua profissão como atriz, mas que não deixa de pertencer às artes cênicas e segue carreira como cantora, e também se identifica como uma pessoa não-binária, apesar de ter voltado recentemente a aceitar pronomes femininos. A revelação aconteceu em bate-papo com o convidado Alok Vaid-Menon no próprio podcast e Demi, o “4D”, ela disse que é assim como tem se enxergado e estava feliz por poder dizer a todos.

No Twitter, ela deu maiores detalhes também: “Todos os dias que acordamos, temos outra oportunidade e chance de ser quem queremos e desejamos ser. Passei a maior parte da minha vida crescendo na frente de todos vocês … vocês viram o bom, o ruim e tudo mais. Minha vida não foi apenas uma jornada para mim, mas também vivi para os que estão do outro lado das câmeras”, começou a sequência de mensagens.

“Hoje é um dia que estou muito feliz em compartilhar mais da minha vida com todos vocês. Tenho orgulho de informar que me identifico como pessoa não-binária e irei oficialmente mudar meus pronomes para ‘they/them’ daqui para frente”, falou.

“Isso aconteceu depois de muito trabalho de cura e auto-reflexão. Ainda estou aprendendo e entrando em mim, e garanto que não sou especialista ou porta-voz. Compartilhar isso com você agora abre outro nível de vulnerabilidade para mim.”

“Estou fazendo isso por aqueles que não têm sido capazes de compartilhar quem eles realmente são com seus entes queridos. Por favor, continue vivendo em suas verdades e saiba que estou enviando muito amor para você”, finalizou.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!