Morte às 12:10

‘Viver não é tão importante. Importante é a comédia’; últimas palavras de Jô Soares

jô soares em programa
Foto: TV Globo/Ramón Vasconcelos

Matinas Suzuki Jr., co-autor do livro de memórias de Jô Soares, conversou com Renata Lo Prete e, em entrevista à jornalista, revelou as últimas frases ditas pelo apresentador e humorista, morto na madrugada na última sexta-feira, 5 de agosto, aos 84 anos, em São Paulo.

Leia+: Devastado, Carlos Alberto de Nóbrega chora ao falar de Jô Soares: “Gênio”

jo soares olhando curioso em clique de programa
Reprodução/Instagram @josoaresofcial

“Ele pediu para colocar como epígrafe, no primeiro volume do nosso livro, uma frase do ator inglês Edmund Gwenn. Quando estava no leito de morte, disse a seguinte frase: ‘Morrer é fácil. Duro é fazer comédia. Agora, uma das últimas frases que ele falou foi repetir essa frase. E e essa frase é muito reveladora do que é o Jô: ‘Viver não é tão não é tão importante. O importante é comédia.'”, revelou Suzuki.

Matinas ainda recordou os trabalhos feitos junto ao humorista e escritor, e chegou a seguinte conclusão: “O Jô tinha uma vida maior que a vida”.

“A ausência do Jô da cena pública hoje é reveladora de um país que perdeu graça, charme e humanidade”, conclui.

CORPO DE JÔ SOARES É CREMADO NA CIDADE DE MAUÁ, SP

Jô Soares durante o Programa do Jô
Globo/Zé Paulo Cardeal

O corpo de Jô Soares, morto na madrugada desta sexta-feira, 5 de agosto, será cremado na cidade de Mauá, região metropolitana de São Paulo. A informação foi divulgada no início da noite pelo jornal O Globo.

Leia+: Amigos e familiares comparecem ao velório do corpo de Jô Soares

Segundo informações da ex-mulher, Flávia Soares, o apresentador, humorista, diretor e escritor estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo desde o último dia 28 de julho. A causa da morte não foi revelada.

O velório teve início nesta tarde e foi reservado para amigos e familiares. Regina Braga chegou ao lado do marido, Dráuzio Varella. A atriz Bete Coelho também foi uma das primeiras pessoas a chegar ao local. Tiago Leifert estava acompanhado da mulher, Daiana Garbin.

O maestro João Carlos Martins esteve no velório de Jô Soares e chegou a falar com a imprensa. Relembrando de sua amizade e carinho pelo apresentador. Adriane Galisteu, Silvio Santos e Galvão Bueno enviaram coroas de flores.

MORTE

Jô Soares sentado no cenário do programa "Jô Onze e Meia", de terno preto, óculos, olhando para a câmera/
A causa da morte de Jô não foi revelada – Foto: TV Globo

O anúncio da morte de Jô Soares, ocorrida às 02h30 desta sexta-feira, 05 de agosto foi feito por Flavia Pedras Soares, ex-mulher de Jô, e confirmada em nota pela assessoria de imprensa do Hospital Sírio-Libanês. Ela, que era chamada pelo artista carinhosamente de Flavinha, usou as redes sociais para lamentar a morte do apresentador. Jô estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o dia 28 de julho, onde deu entrada com quadro de pneumonia.

“Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados. O funeral será apenas para família e amigos próximos”, anunciou Flavia.

“Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida.”

“A vida de um cara apaixonado pelo país aonde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor”, escreveu a ex-mulher do humorista.

Flavia ainda revelou os apelidos que chamava o ex-marido: “Viva você, meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você”, escreveu ela.

Ela ainda agradeceu e usou bom humor: “Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo.”

Flavia se declarou ao ex-marido. “Obrigada para sempre, pelas alegrias e também pelos sofrimentos que nos causamos. Até esses nos fizeram mais e melhores. Amor eterno, sua, Bitika.”

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!