Música e Shows às 07:00

Dia do Rock: Veja algumas das bandas que representam o rock nacional atualmente

banda terno rei em foto preto e branca no metrô de são paulo

(Reprodução: Instagram)

No dia 13 de julho é comemorado mundialmente o Dia do Rock. O gênero musical, que através de décadas reuniu diferentes tribos e encantou gerações, é eternizado por muitos como o “ouro” da música contemporânea, o estilo preferido daqueles que se consideram rebeldes, destemidos e a frente do seu tempo, sendo considerada como uma “música de protesto” e forma de resposta diante de injustiças sociais para muitos jovens. Ou, pelo menos, um dia foi visto assim…já que atualmente, não é muito bem por aí que a banda toca. 

Com suas raízes vindas do rhythm e do blues americano, passando por nomes como Sister Rosetta Tharpe, Jerry Lee Lewis, Johnny Cash, Chuck Berry, Elvis Presley e entre outros, o estilo, que surgiu em 1950 e estourou para valer na década de 60, trouxe com o solo de guitarra e a marcação do baixo e da bateria uma nova forma de dançar e também de se fazer e ouvir música. Desde sempre, era bastante claro que o rock não se tratava apenas de um gênero musical, mas também de uma vertente cultural, que incluía a moda, o comportamento e a estética da época.

Veja+: Confira artistas pop que estão sendo influenciados pelo rock

Mais tarde, bandas e artistas como Beatles, Queen, Rolling Stones, Jimi Hendrix, Led Zeppelin, Pink Floyd, Nirvana – cada qual sob suas próprias características- e diversas outros viveram décadas bem sucedidas no que diz respeito ao apogeu do rock, que com o passar dos anos se ramificou em diferentes vertentes e subgêneros, como o hard rock, glamm metal, heavy metal, grunge, punk rock

O dia mundial do rock é celebrado devido uma homenagem ao Live Aid, megaevento que reuniu grandes nomes artísticos em 13 de julho de 1985, com o objetivo de arrecadar fundos para ajudar a crise humanitária na Etiópia. Tendo shows simultâneos em Londres e na Filadélfia, o festival reuniu Madonna, Queen, Mick Jagger, David Bowie, U2, Scorpions, Eric Clapton, Paul McCartney, Led Zeppelin, Phil Collins, BB King e outros músicos e bandas.

No Brasil, o rock começou a ganhar força entre os anos 80 e 90, criando raízes e se consolidando no cenário musical nacional principalmente na década de 1990. Legião Urbana, Titãs, Raimundos, Mamonas Assassinas, Los Hermanos, Capital Inicial, Rita Lee, Paralamas do Sucesso, Charlie Brown Jr, Pitty…são vários os nomes que figuraram o tempo de ouro do rock nacional.

Já em 2020, o gênero não é o mais ouvido do país e tampouco do mundo. Há aqueles que alegam que o “rock morreu” e que seus adeptos atuais insistem em um saudosismo “brega”, que consiste em exaltar grupos do passado e rejeitar a nova face da música, como se nada fosse tão bom quanto antes. No entanto, ainda sim, existem bandas contemporâneas em solo brasileiro que se reinventam de forma criativa e recorrente, sem cair no velho estigma do rock de gerações passadas e também sem abandonar o estilo totalmente, abordando com lucidez os dilemas do momento da nova geração. Pensando nisso, que tal conferir algumas delas?

Terno Rei

Com certa melancolia e ritmo mais lento, a banda Terno Rei descreve o cenário da metrópole de São Paulo e a solidão da cidade considerada como centro cultural e industrial do Brasil, formada em meados de 2010 por Ale Sater (voz e baixo), Bruno Paschoal (guitarra), Greg Vinha (guitarra) e Luis Cardoso (bateria).

Scalene

Com mais tempo de estrada, Scalene foi criada em Brasília ainda em 2009. Hoje, o grupo já conta com 5 álbuns de estúdio e uma evolução bastante perceptiva nas músicas, que vão desde o estilo stoner rock até o metal alternativo. O grupo participou da segunda temporada do reality show “Superstar”, da Rede Globo, em que ficou em segundo lugar. Atualmente, a banda é composta por Gustavo Bertoni (voz, guitarra), Tomás Bertoni (guitarra, teclado sintetizador), Lucas Furtado (“Lukão” -contrabaixo elétrico, sintetizador analógico), e Philipe Nogueira (“Makako” – bateria).

Medulla

Medulla é uma formação musical criada pelos gêmeos Keops e Raony. Ao surgir em 2005, no Rio de Janeiro, a banda aborda temas bastantes atuais e reflexivos, tudo com muita versatilidade e uma grande diversificação musical. No entanto, após anos de trajetória, o grupo formado por Keops, Raony, Alex Vinícius e Tuti AC está em hiato desde 2018.

Fresno

Desta lista, talvez a banda Fresno seja a mais nostálgica e que remeta a adolescência de muitos. Criada em Porto Alegre, 1999, o conjunto era o favorito dos adolescentes e jovens que se consideravam “emos” no Brasil dos anos 2000. Com suas letras melancólicas e sentimentais, a banda mesclou o rock e o pop através dos anos, também mostrando uma grande capacidade de reinvenção e evolução, podendo se adaptar às mudanças do cenário musical no país. Por conta disso, ainda em 2021 o grupo formado atualmente por Lucas Silveira, Gustavo Mantovani, Mário Camelo e Thiago Guerra ainda se mantém na ativa. 

Selvagens à Procura da Lei

Diretamente do Ceará, Selvagens à Procura da Lei está na estrada desde 2009, trazendo canções também bastante existencialistas e que mesclam questões sociais e pessoais com certa unicidade, flertando bastante com o indie rock e a influência de bandas como The Strokes e Arctic Monkeys.  O grupo de rock é formado por Rafael Martins, Gabriel Aragão, Caio Evangelista e Nicholas Magalhães

E aí, conhece ou escuta alguma delas? Que tal ouvir um pouco mais das bandas listas para comemorar o Dia do Rock?

Veja+: Capital Inicial lança Incondicionalmente