Notícias às 11:42

Brad Pitt separou briga feia entre atores em set de gravação

Brad Pitt gastou mais de R$370 mil com uma casinha para seus hamsters
Foto: Grosby Group

Uma história inusitada envolvendo Brad Pitt veio à tona fazendo muitas pessoas darem risada. O ator Scott Eastwood contou que durante as filmagens de “Coração de Ferro”, o ex-marido de Angelina Jolie separou uma briga dele com Shia LaBeouf nas gravações do filme.  

A confusão se deu depois de Eastwood cuspir em um objeto cenográfico (que era algo que seguia o roteiro original), só que Shia não sabia que aquele gesto fazia parte de uma cena. 

“(Shia LaBeouf) ficou bravo comigo e se transformou em um momento complicado em que Brad Pitt acabou se metendo”, contou Scott, acrescentando: “Eu nunca acho que seu processo como ator deveria atrapalhar a forma como as pessoas são tratadas no set. Deve sempre melhorar o trabalho, não colocar as pessoas em uma situação ruim onde ou você é rude ou as pessoas ficam em uma situação desconfortável”, contou Scott.

Em recente entrevista à revista GQ, Pitt disse que as coisas aconteceram de uma forma tão rápida que precisou tomar uma atitude.  

Brad Pitt entrevista Extra
Foto: Reprodução/YouTube

BRAD PITT NÃO TERIA CUMPRIDO PROMESSA Às VÍTIMAS DO FURAÇÃO KATRINA

Na semana passada, Brad Pitt foi novamente alvo de críticas por ter, supostamente, quebrado suas promessas com as vítimas do furacão Katrina que prometeu ajudar. Em uma nova entrevista comovente, um advogado das vítimas, que compraram casas defeituosas elogiadas por Pitt, diz que ‘eles acreditaram’ no ator:

“Eles acreditaram no sonho que ele os vendeu. Infelizmente, o que eles conseguiram é um monte de promessas quebradas, vivendo em casas podres que deveriam ser demolidas e reconstruídas”, afirmou.

Em 2006, Brad Pitt e sua fundação “Make It Right Foundation” começaram a construir casas a preços acessíveis para os moradores de Lower Ninth Ward, em Nova Orleans, que perderam tudo no ano anterior no furacão Katrina.

Veja+: Brad Pitt sofre com um transtorno

Mas as casas experimentais e ecologicamente corretas acabaram sendo defeituosas, deixando os moradores com casas infestadas de mofo.

O advogado Ron Austin entrou com uma ação em nome dos moradores em 2018 e eles ainda estão buscando respostas de Pitt e sua organização, segundo indicou a coluna PageSix, do jornal New York Post.

Pitt ajudou a arrecadar milhões de dólares para construir as casas que eles venderam por cerca de US$ 150.000 cada.

Em 2018 uma fonte contou que Pitt desembolsou milhões de seu próprio bolso para ajudar a consertar as casas, que não foram construídas para resistir ao clima tropical de Nova Orleans, de acordo com o processo.

“Algumas casas não tinham coisas como tinta à prova d’água ou calhas de chuva. Algumas tinham telhados planos ou não eram tão bem isoladas que, uma vez que a umidade entrava, não saía (…) Infelizmente, não temos para onde correr, porque Brad Pitt e a fundação fecharam seus escritórios”, revelou Austin.

RESPOSTA

Os advogados de Brad Pitt tentaram, na época, distanciar o ator da instituição de caridade desde 2018 e até entraram com pedido para que o nome do ator fosse retirado do processo alegando que ele não era responsável pela construção.

Uma fonte próxima a Pitt disse que seus advogados deixaram claro que ele não tem responsabilidade legal pelas decisões tomadas por outros, mas Brad continuava pessoalmente comprometido em fazer o que pudesse para ajudar a resolver o litígio em andamento.

“Sempre foi algo importante para ele desde o início e ele quer muito ajudar a facilitar que isso chegue a um final muito mais positivo”.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!