Notícias às 14:05

Tóquio 2020: Brasil vence Argentina com virada emocionante no vôlei masculino

vôlei masculino contra argentina olimpíadas

(Julio Cesar Guimarães: COB)

Nesta segunda-feira, 26 de julho, o time de vôlei masculino do brasil causou fortes emoções para todos os telespectadores que acompanharam a disputa entre Brasil e Argentina, que seguem em busca de uma vaga nas decisões finais da modalidade nas Olimpíadas Tóquio 2020.

Veja+: Abertura de Olimpíadas Tóquio 2020 faz homenagem especial à Yoko Ono

Vencendo de virada, por 3 sets a 2, a disputa foi emocionante e deixou internautas bastante apreensivos, com o assunto se tornando um dos mais comentados do Twitter no dia, lotando a rede com diferentes reações sobre o jogo com a hashtag “Que Virada”. O Brasil começou perdendo os dois primeiros sets, mas se recuperou e levou a partida para tie-break. Enfrentando o grupo mais difícil da categoria, a seleção brasileira ainda precisa enfrentar três dos favoritos a campeões para garantir uma vaga nas quartas de finais, jogando respectivamente nas próximas semanas contra a Rússia, Estados Unidos e França.

Veja+: Hortência se emociona com estreia do filho nas Olimpíadas

Os quatro melhores de cada chave avançam na disputa. Após duas vitórias, o Brasil permanece ao lado da Rússia nas primeiras classificações de seu grupo. As parciais dos três sets do jogo contra a Argentina foram: 19/25, 21/25, 25/16, 25/20 e 16/14, com destaque do jogador Yoandy Leal durante a disputa. O jogo seguinte contra a Rússia acontece na próxima quarta-feira, às 9h45.

Confira algumas das reações de internautas com a virada:

O SUCESSO DE DOUGLAS SOUZA, RESERVA NO TIME DE VÔLEI MASCULINO DO BRASIL

Considerado um dos melhores ponteiros do mundo, Douglas Souza viralizou na internet mostrando os bastidores da vila olímpica de uma maneira despojada e já é o atleta mais seguido do vôlei. No sábado, dia 24 de julho, logo após a primeira vitória da seleção brasileira de vôlei na estreia contra a Tunísia, ele superou o iraniano Saeid Marouf,que até então liderava a web.

Em seu perfil, além de divulgar a preparação da delegação brasileira para a Olimpíada, o jogador interage com fãs e se declara ao namorado, Gabriel Augusto Campos. Entre os seguidores de Douglas Souza, 54% são homens e 46% mulheres. Destes, 68% está na faixa etária de 21 a 43 anos. E 100% do público dele é brasileiro, o que mostra que o atleta viralizou no Brasil, com pessoas que estão curiosas com a Olímpiada.

RAYSSA LEAL CONQUISTA PRATA NAS OLIMPÍADAS E CORAÇÃO DOS BRASILEIROS TAMBÉM

A referência de skate feminino no Brasil, agora, é ela! Foi dançando, sorrindo e arrasando na pista que a maranhense Rayssa Leal, de 13 anos conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Atleta mais jovem a disputar uma Olímpiada pelo Brasil, a Fadinha conquistou a medalha e o coração dos brasileiros, na madrugada desta segunda-feira, 26 de julho, totalizando a nota de 14.64.

A atleta bateu de longe o recorde de Rosângela Santos, bronze em Pequim 2008 com 17 anos no 4x100m do atletismo. Fadinha é, também, a mais jovem brasileira a participar dos Jogos. A marca anterior era de Talita Rodrigues, nadadora que foi finalista no 4x100m livre em 1948, nos Jogos de Londres. Na ocasião, tinha 13 anos e 11 meses. Rayssa tem 4 meses a menos.

A menina que despontou na web após sua mãe, Lílian, postar um vídeo no qual, vestida de fada, ela arrasava nas manobras após sair de uma festa na escola, além de conquistar a medalha prata, garantiu a segunda medalha para o skate street nas Olimpíadas de Tóquio, repetindo o feito de Kelvin Hoefler no domingo, 25 de julho.

 “Eu estou muito feliz, porque pude representar todas as meninas, a Pamela e a Leticia, que não se classificaram, todas as meninas do skate e do Brasil”, disse a medalhista olímpica.

Veja +: Rayssa Leal se encanta com tudo o que acontece em Tóquio