Notícias às 13:00

Britney Spears mantém tutora no cargo e polêmica continua

Britney Spears com semblante triste
Reprodução/Instagram

Jodi Montgomery, a tutora de Britney Spears, que entrou no lugar do pai dela quando ele adoeceu, continuará trabalhando com a cantora.

Spears implorou na corte no último mês para que a liberassem da ‘tutela abusiva’ de 13 anos, e subsequentemente a empresa Bessemer Trust, que já não é mais encarregada da sua propriedade.

Agora, após esses depoimentos da artista, seu agente Larry Rudolph se demitiu dizendo que a cantora de 39 anos tinha se aposentado. Seu advogado apontado pela corte, Sam Ingham, também está abandonando o barco.

Entretanto, Jodi Montgomery insistiu que vai continuar apoiando Britney como conversadora até que a cantora peça o contrário.

Veja+: Kim Kardashian vira advogada de Britney Spears? Entenda!

Ela disse ao site TMZ em um depoimento: “A sra. Spears, ontem mesmo, pediu que a sra. Montgomery continue no cargo”.

Jodi foi inicialmente apontada como substituta do pai da cantora, Jamie Spears, temporariamente após ele pedir para se afastar devido a motivos de saúde, em setembro de 2019.

Em março, Britney pediu que Jodi continuasse nesse papel.

No mês passado, Britney disse que a tutela a deixou “traumatizada” e “deprimida”, e pediu que seu pai Jamie – que esteve no controle da vida pessoal e dos negócios desde 2008 – seja preso.

Veja+: Tutora de Britney Spears quebra o silêncio e desmente a cantora

Ameaças

A irmã de Britney Spears, Jamie Lynn Spears, revelou esta semana que tem recebido ameaças e abusos online desde que a cantora expôs seus problemas com sua tutela, em uma audiência virtual em junho passado.

A atriz de 30 anos teve que se defender contra os trolls que a acusaram de não fazer o suficiente para ajudar sua irmã mais velha, depois que a estrela pop falou no tribunal sobre o suposto tratamento ‘abusivo’ nas mãos de seu pai Jamie Spears e da equipe de tutela.

Jamie Lynn é o único membro da família de Britney que não está em sua folha de pagamento.

Embora ela não receba um salário, a ex-estrela de Zoey 101 ainda tem algum envolvimento nos assuntos financeiros de Britney.

Em agosto do ano passado, foi revelado que em 2018 Jamie Lynn foi nomeada curadora do fundo milionário da cantora. Esse fundo foi estabelecido por Britney em 2004 ‘para proteger sua vasta fortuna e prover o futuro financeiro de seus filhos’.

Os documentos apontam que Britney é a única beneficiária desse fundo em vida, mas após sua morte, Jamie Lynn Spears erá a encarregada de distribuir seu dinheiro para seus filhos Sean Preston e Jayden James, de seu falido casamento com Kevin Federline.