Notícias às 11:40

Com doença autoimune, Kelly Key é vacinada contra a Covid-19

Reprodução/Instagram

Kelly Key começou a segunda-feira (24) de uma forma bastante especial. A cantora usou as redes sociais para registrar o momento em que recebeu, finalmente, a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Aos 38 anos, a artista,  que recentemente passou por um período de recuperação hospitalarfaz parte do grupo de comorbidades por lutar contra a doença autoimune. 

“Hoje foi meu dia! Tenho doença autoimune, 38 anos, faço o uso de imunossupressor e por isso, faço parte do grupo de comorbidade. Recebi a primeira dose da vacina e junto com ela uma dose de #esperança ! Eu desejo que outras pessoas também possam sentir essa esperança que só é possível com a vacina. Vacina Sim! Claro que SIM! Com muito orgulho, vacinada”, começou ela na legenda do vídeo em que aparece recebendo a primeira dose.

“Eu estava muito ansiosa para o dia de hoje… Ainda falta a próxima dose e para quem já tomou as duas… É muito importante lembrarmos que mesmo vacinados, devemos manter as mesmas regras de proteção… Uso de máscaras, lavar as mãos e usar álcool em gel. Desejo vacina para todos! Precisamos dela para resistir, reconstruir esse país, frear essa tragédia e espantarmos DE VEZ o coronavírus de nossas vidas. Vacine-se. Cada um que consegue a vacina é quase uma dose de ânimo para todo mundo! Confira o calendário da sua cidade! Vamos nos proteger e proteger o próximo Meu agradecimento aos pesquisadores incansáveis, ao SUS e seus colaboradores, aos postos de saúde das prefeituras… Obrigada a todos que fizeram e fazem parte desta luta contra a COVID 19”, finalizou.

Kelly Key revela curativos e inchaços após retirar vesícula

Kelly Key passou recentemetne por um período recuperação hospitalar, afinal, ela passou por uma cirurgia de retirada da vesícula .

Já de alta do hospital, a cantora utilizou seu perfil no Instagram para compartilhar alguns vídeos para atualizar os fãs quanto ao seu estado de saúde, revelando curativos e inchaços.

“Olha o tamanho! Podia ser um neném. Engraçado que minhas estrias agora estão bem evidentes. Quase não se via”, afirmou a artista.

“Estou sem enjoo e estou me alimentando normal. Comi arroz integral com frango cozido. Quando a gente faz essa cirurgia não pode comer crus durante pelo menos dez dias. Nem estou me medicando”.

Ela completou: “Tem um incômodo. Não é indolor, mas é bem suportável. Se eu ficar quietinha sentada, não sinto nada. Estou pleníssima”.

Kelly Key desabafa sobre cultura do cancelamento: 'Injustiça'
Kelly Key recria próprio meme depois de 20 anos

Revelando a alta

Kelly Key, após a retirada da vesícula, ficou internada no hospital Barra D’Or, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A artista usou suas redes sociais para tranquilizar os fãs e avisou que a operação foi tranquila.

"A cirurgia foi um sucesso e já estou pronta para voltar pra casa! Fiz vários stories pra vocês e estou respondendo alguns directs… Também abri caixinha de perguntas pra me distrair um pouquinho e papear. Obrigada a todos que mandaram mensagens carinhosas", agradeceu.

"Também quero agradecer meu cirurgião, Dr. Silvio Henriques da Cunha Neto. Toda sua equipe carinhosa e dedicada! Ao hospital! Enfermeiras queridas… Todos os funcionários me receberam e estão me tratando super bem! Meu querido médico e amigo Dr. Paulo Gusmão, que me acompanhou durante toda cirurgia e o marido que está todo dobrado aqui no sofá de acompanhante", escreveu.