Notícias às 00:00

Dia Mundial do Teatro para Infância e Juventude: se divirta e reflita com peças online

Divulgação/Will Siqueira

Hoje, 20 de março, é uma data muito especial para as artes cênicas: celebra-se o Dia Mundial do Teatro para a Infância e Juventude.

Tudo começou em 2001, ano em que a ASSITEJ – Associação Internacional do Teatro para a Infância e Juventude, instituiu a data no calendário oficial de comemorações, em mais de 80 países.

O reconhecimento sagrou o direito de crianças e adolescentes, enriquecerem suas trajetórias por meio das artes e tradições culturais de cada lugar do mundo, essencialmente, no viés teatral.

Por isso, para festejar tal ocasião, OFuxico destacou espetáculos teatrais para todos os gostos e assim, contribuindo para que a galerinha se divirta, informe e reflita em cada peça encenada de forma virtual – neste momento – por conta da pandemia da Covid-19

Deleite-se!

1.Ventaneira – A cidade das flautas

1.Ventaneira - A cidade das flautas

Ventaneira A cidade das flautas, onde o céu é colorido por pipas que carregam flautas tocadas pelo vento, já foi poema, dança, conto, peça infantil, livro e audiolivro. Agora, se transforma mais uma vez e volta em formato audiovisual para quatro apresentações gratuitas e online, entre os dias 26 e 29 de março. Idealizada, escrita e interpretada pela atriz, bailarina e autora deficiente visual Moira Braga, Ventaneira foi totalmente adaptada para o novo meio e ganhou interpretação de libras e audiodescrição integradas à dramaturgia.

A história fala de uma cidade fantástica com pipas cortando o céu que carregam flautas tocadas pelo vento. Mas um dia os ventos cessam e a cidade amanhece sem música. O menino Rudin, que só consegue ver o que suas mãos podem alcançar, é o único morador que não sabe empinar pipas ou construir flautas, mas com a ajuda do amigo Paco, consegue trazer a música e a alegria de volta à cidade.

Serviço

Temporada: de 26 a 29 de março de 2021

Horário: 18h

Exibição online: www.youtube.com/palavraz

Duração: 30min

Ingresso: acesso gratuito

Classificação indicativa: livre

2.Onde Eu Guardo Um Sonho – Novas Janelas Para o Circo

2.Onde Eu Guardo Um Sonho

Desde 19 de março, a artista circense e produtora Adelly Costantini lança uma programação de vídeos voltada ao público infantojuvenil, profissionais das artes cênicas e interessados sobre cultura da infância. O recorte foca em espetáculos de circo, processo criativo para espetáculos circenses e acessibilidade. Onde eu guardo um sonho, ponto de partida para a concepção deste projeto on-line, é um espetáculo infanto-juvenil criado por Adelly Costantini com direção do figurinista Flavio Souza para o teatro, e que teve sua estreia em 2019. Desde o início da pandemia, com a impossibilidade de apresentações presenciais, a artista vem explorando uma nova linguagem que pense o circo contemporâneo dentro das plataformas digitais, e amplie seu alcance a novos públicos.

Serviço

Até 30 de março

Veiculação gratuita e online pelo YouTube

Plataforma de transmissão: canal do Youtube de Adelly Costantini (https://www.youtube.com/channel/)

3.Cocô de Passarinho 

3.Cocô de Passarinho

A Cia Noz de Teatro traz uma temporada da peça Cocô de Passarinho com gravação inédita, em vários ângulos. A temporada é gratuita e começa dia 20 de março, sábado, 14h, no canal de Youtube do grupo. Inspirada na obra homônima da escritora e ilustradora Eva Furnari, a peça se passa em uma vila habitada por moradores muito rabugentos que se encontram todos dias na praça, mas não tem muito o que falar. Suas vidas monótonas e sem perspectivas são transformadas por um problema que enfrentam todos os dias: o cocô que os passarinhos fazem em suas cabeças. A adaptação da peça fica a cargo da também diretora Anie Welter que, para esse trabalhou, contou com um time de colaboradores composto por Carla Mercado, GpeteaH, Jota Rafaelli, Lais Trovarelli, Luciana Venancio, Rafael Petri, Renata Andrade e Valcrez da Silva Siqueira.

Neste espetáculo, os bonecos foram criados a partir de um processo de costura em espuma que exigiu um tamanho grande para que suas feições fossem aprimoradas. O resultado se assemelhou a estatura humana e, para dar mais mobilidade aos atores-manipuladores, o acabamento foi feito até a altura da cintura para que as pernas fossem a dos próprios artistas.

Serviço

De 20 de março a 11 de abril de 2021

Sábados e domingos, 14h

Transmissões pelo Youtube da Companhia: https://www.youtube.com/cianozdeteatro

Duração: 55 min. | Classificação: Livre

4.Parabéns Senhor Presidente

4.Parabéns Senhor Presidente

Prepare-se para conhecer Marilyn Monroe e Maria Callas de um jeito diferente. As atrizes Danielle Winits e Christine Fernandes encarnam a atriz e a cantora lírica na peça Parabéns Senhor Presidente, com temporada on-line e gratuita pela Sympla (www.sympla.com.br) dias 19, 20 e 21 de março, 20 horas. Dias 25 e 26, quinta e sexta-feiras, às 20 horas e no domingo, 28 de março, com sessões às 18 e 21h30 horas.

Com texto de Fernando Duarte e Rita Elmôr e direção de Fernando Philbert, a comédia biográfica transporta a plateia para o ano de 1962 ao contar a história das duas divas, que sempre estiveram à frente do seu tempo. Em cena, graças ao duelo verbal entre as duas, as atrizes abordam temas relevantes sobre o universo feminino como o amor, a realização pessoal versus a profissional e o papel da mulher em uma época ainda controlada por homens. Tudo muito identificável com os dias de hoje.

Serviço

Até 28 de março

Sessões disponíveis nos dias 20, 21, 25 e 26, às 20 horas.

No domingo, dia 28 de março, as sessões acontecem às 18 e 21h30 horas. GRATUITO. Plataforma: www.sympla.com.br

Classificação: 12 anos

Duração: 60 min

Gênero: Comédia biográfica

5.De Passagem ou Que Ano Louco 2020

5.De Passagem ou Que Ano Louco 2020

Experiência cênica online realizada pelo Pandêmica Coletivo Temporário de Criação surge do desejo de contracenar com o momento presente e fomentar a criação e produção artística neste período atípico. À distância, artistas em diferentes estados do Brasil se unem para a temporada online do espetáculo De Passagem ou Que Ano Louco 2020, a partir do texto dramatúrgico En Passant, de Rafael Martins. A direção é de Juracy de Oliveira e no elenco estão Marisa Bezerra, Raquel Parras e Walmick de Holanda. Completam a ficha técnica Josyara, que assina a direção musical, e Fernanda Garcia, responsável pela direção de arte e figurinos. A temporada acontece de 25 de março a 1º de abril e será transmitida gratuitamente pelo Zoom. Em todas as sessões haverá intérprete de libras e legendas. Para ampliar o alcance de público, o coletivo disponibiliza uma gravação prévia da experiência, para acesso online, com audiodescrição.

Como eu vou ficar depois de ter vivido isso? Esta é a primeira frase dita no espetáculo, que traz a dimensão do ano de 2020: suas mudanças, instabilidades, incertezas, novas rotinas, pavores e traumas. As reflexões da existência do ser sob a perspectiva da sociedade digitalizada e sua plataformização, bem como a recorrência de desastres naturais no ano de 2020, foram pontos que se relacionaram com a dramaturgia.

Serviço

Duração: 40 minutos

Classificação: Livre

Gratuito

Plataforma: YouTube – https://www.youtube.com/pandemicacoletivotemporario

25/03 (quinta-feira) – 20h20

26/03 (sexta-feira) – 20h20

27/03 (sábado) – 16h20 e 20h20

28/03 (domingo) – 20h20

1º/04 (quinta-feira) – 20h20

6.O Inventor de Sonhos 

6.O Inventor de Sonhos

Para comemorar os 500 anos de Leonardo da Vinci, a estreia do novo projeto d’A Peste – Cia Urbana de Teatro, junto a Em Cena produções, acontece, gratuitamente, de 26 de março a 4 de abril e convida as crianças e suas famílias a conhecerem uma das mil facetas deste gênio da humanidade: a escrita. Para este espetáculo a companhia escolheu três fábulas do autor: O Papel e a Tinta, A Navalha e A Rede. O elenco é composto pelos atores Paulo Arapuá (Michelangelo), Ricardo Moraes (Raphael) e Sol Leão (Gioconda).

A partir das fábulas, Leonardo da Vinci – ecologista, humanista, vegano, lutou pela preservação dos rios a animais na sua época – contava aos populares do seu tempo sobre a preservação da natureza e apontava valores essenciais para boa convivência entre os humanos.

Serviço

26 de março a 4 de abril

Sextas, sábados e domingos, às 16h

Duração: 55 minutos

Grátis

7.Em Análise

7.Em Análise

Em cartaz em transmissão on-line, Em Análise tem a temporada prorrogada até 30 de março. As sessões acontecem às segundas e terças-feiras pelo canal do Youtube da produtora Magnolia Cultural, sempre às 20h. O espetáculo reúne os atores Lucas Sancho, Marisa Bezerra, Elisa Porto e Ricardo Tabosa, com dramaturgia de Bruno Sperança e trilha sonora da cantora Josyara.

Foi o descaso das instituições no atendimento ao cidadão que despertou o grupo de artistas a montar um espetáculo para retratar de forma cômica e crítica a influência do poder público sobre a população. A peça se passa em um futuro próximo e distópico, inspirado por fatos políticos da atualidade. As personagens Joy, Miguel, Tarcísio e Telma trabalham no fictício prédio de contas do Auxílio Emergencial do governo – uma central de atendimento ao cidadão que está com dificuldades em receber o benefício. Em meio ao caos no número de ligações e de beneficiários que reclamam estar com sua situação em análise há meses, os funcionários da instituição são surpreendidos com uma decisão da chefia: terão que ficar em confinamento dentro da repartição, já que um funcionário está com suspeita de contaminação por um vírus desconhecido. A partir daí, desenrolam-se acontecimentos e transformações no passar de um tempo que esgota qualquer sociabilidade e leva todos a um limite extremo de revolta e insatisfação com tudo e com todos.

Serviço

Temporada: Segundas e terças, às 20h 

Até 30 de março.

Duração: 50 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

Ingressos: Gratuito

Transmissão: http://bit.ly/3rboAyP

8.A Sopa de Pedra

8.A Sopa de Pedra

Uma das mais bem sucedidas produções do teatro para a infância e juventude, A Sopa de Pedra, estreou em 1998, no Teatro Sergio Cardoso, iniciando uma longa carreira com sucesso de público, crítica e os principais prêmios do Teatro para a Infância e Juventude, os prêmios Mambembe e APETESP, (Associação dos Produtores de Teatro de São Paulo). Com direção original de Antônio de Andrade (1944-2004), a direção artística é do próprio elenco, formado pelos atores Luiz Amorim, Níveo Diegues e Theodora Ribeiro, além da participação dos músicos Renato Commi e Erick Chica, que executam ao vivo as músicas especialmente compostas por Renato Commi e Gésio Amadeu.

Dois artistas mambembes, Magnólio e Benzedrino, cansados e famintos encontram a casa da “Velha Avarenta” e percebem que a mulher não tem a menor, intenção de lhes oferecer comida. Eles não desistem e usam de uma divertida artimanha para conseguir descansar um pouquinho e saciar a fome.

Serviço

Sábados e domingos:

27 e 28 de março às 16h

03, 04, 10 e 11 de abril, às 16h

Quinta-feira, 15 de abril, às 10h

Sexta-feira, 16 de abril, às 15h

Link para acesso: www.luzeribalta.com.br

Grátis

Livre

60 minutos

Gravado no Teatro Irene Ravache no dia 01 de março de 2021

9.O Pequeno Príncipe

9.O Pequeno Príncipe

O espetáculo para crianças O Pequeno Príncipe, uma das montagens de maior sucesso de crítica e vista por mais de 16 mil pessoas, ganha adaptação online e será apresentada no canal do Youtube do Teatro Folha de 06 a 28 de março, aos sábados e domingos, às 10h e 15h. A temporada é realizada com recursos do Proac Expresso, por meio da Lei Aldir Blanc, contemplado com recursos do edital 38/2020 – Produção e temporada de espetáculo infanto-juvenil com apresentação online. 

O Pequeno Príncipe mora no asteroide B-612 com uma rosa, baobás e três vulcões. Um dia ele pega carona numa revoada de pássaros e vai conhecer novos mundos e pessoas. Depois de passar por diversos planetas e conhecer inusitados personagens, como, o Rei, o Homem de Negócios e o Vaidoso, acaba caindo no planeta Terra, em pleno deserto do Saara. Na Terra conhece o narrador, que coincidentemente sofreu uma queda de avião no mesmo local.

Serviço

Até 28 de março de 2021

Sessões: sábados e domingos, às 10h e 15h

Canal de exibição:

https://youtube.com/user/TeatroFolha

Ingressos: grátis

Duração: 50 minutos

Classificação indicativa: 03 anos

10.Dora

10.Dora

Maria Auxiliadora Lara Barcelos, a Dora, tinha 23 anos quando entrou na luta armada contra a ditadura militar. Foi presa, torturada, exilada e suicidou-se na Alemanha em 1976, aos 31 anos. Para resgatar essa história pouco conhecida, a atriz e criadora Sara Antunes mergulhou na trajetória dessa aguerrida mineira, estudante de medicina e guerrilheira, para criar o espetáculo digital Dora, que estreia dia 6 de março pela plataforma Vimeo. A temporada gratuita segue até 4 de abril, com sessões aos sábados e domingos, às 20h. O Projeto foi contemplado pela 11º edição do Prêmio Zé Renato de Teatro para a Cidade de São Paulo da Secretaria Municipal da Cultura.

Com texto e direção de Sara, a peça é estruturada como um caleidoscópio fragmentado mesclando trechos de cartas, imagens de arquivos e relatos autobiográficos da atriz. Utilizando poucos elementos cênicos, a direção de arte se apoia na escrita a partir das cartas enviadas da prisão e do exílio trocadas entre Dora e sua mãe, Clélia Lara Barcelos. Sara tece uma metáfora através de fios vermelhos que viram vestidos e que viram cartas utilizando plataformas de escrita como retroprojetor, paredes, projeções. Vestidos vermelhos, baldes e água são elementos que partiram de indicações nas cartas. A peça cobre o período de 1965 a 1976, a trilha sonora inclui Tropicália, Violeta Parra e Torquato Neto, canções que marcaram a época e que Dora ouvia e até recomendava. Serão usadas também imagens de arquivo mais pessoais e documentos oficiais, como áudios de rádio, vídeos, fotos, recortes de jornais e revistas, mesclando momentos de objetividade com experimentação, apoiados por elementos audiovisuais. Tudo feito ao vivo, transmitido da casa da atriz, em São Paulo.

Serviço

Até 4 de abril – Sábados e domingos, às 20h.

Duração: 40 minutos

Classificação etária: 16 anos

Ingressos: Grátis – Reservas pelo Sympla.com.br

11.A Bela e a Fera

11.A Bela e a Fera

Um conto infantil transforma-se numa peça leve e divertida. Assim é a montagem de A Bela e a Fera, que será transmitida ao vivo e de maneira gratuita no próximo domingo (21), às 16h, pelo canal da Fundação ArcelorMittal no YouTube e na página do Facebook do Diversão em Cena.

Nessa releitura, produzida pela Cia. do Abração, Bela pede ao seu pai, um ex-compositor de sambas e agora caixeiro viajante, que lhe traga de presente o samba da Rosa. Infortunadamente, o pobre homem escuta o samba vindo do castelo da terrível Fera. Narrada por um bloco carnavalesco e utilizando-se de todas as alegorias do carnaval, incluindo fantasias, máscaras e instrumentos musicais da bateria de uma escola de samba, a montagem busca fortalecer a consciência e a identidade brasileira.

Serviço

21 de março (domingo)

Horário: 16h

YouTube: https://bit.ly/360GPxK

Facebook: https://www.facebook.com/DiversaoEmCena/

12.Viagem Literária – Alvaro Posselt – Delma Maria Lucchin

13. Copa Pavê – Segunda Edição

Clube da Anitinha promete bombar em 2021 e muito mais séries infantis. Confira!
Espetáculo ‘Contos do Índio’ retorna com transmissão virtual