Notícias às 11:55

Ex-paquita Andrea Veiga cai em golpe e perde R$ 1,8 mil

Reprodução/Instagram

A terça-feira (7) foi mais um dia calmo em meio a quarentena para Andrea Veiga. Até que a ex-paquita, de 50 anos, recebeu uma mensagem pelo Whatssap, que aparentemente era de sua irmã.

"Estava no meio de um ensaio, era 19h, e uma pessoa se passando pela minha irmã pediu para eu fazer um depósito pra ela pagar uma conta porque o limite dela já havia estourado. Depositei R$ 1.800 e pedi que ela me transferisse logo porque estou sem grana", disse.

Mariana, a irmã de Andrea, é nutricionista e o número de telefone era o de seu consultório. Na manhã desta quarta-feira (8), ao acordar, Andrea pensou melhor e se deu conta da fraude.

"Hoje de manhã achei estranho ela ter me passado mensagem pelo número do consultório: caí no golpe. Fica o alerta. Internet é terra de ninguém. Tomem muito cuidado com as informações que vocês colocam nas redes sociais. Fui correr atrás do bando, o Itaú, prontamente me deram todas as informações do que deveria fazer, mas é praticamente impossível reaver esse dinheiro. É uma conta de Goiânia, um cara chamado Emerson. Eu só tenho que acreditar na justiça divina, porque numa época de pandemia mundial, de tanto desamor, acontecer isso… todo mundo está vivendo com o dinheiro contato, é complicado. É muito desamor", finalizou.

De acordo com a pesquisa mais recente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), divulgada em agosto de 2019, cerca de 12,1 milhões de brasileiros relatam terem sofrido algum tipo de golpe financeiro pela internet.

Os golpes, em geral, aparecem para o consumidor como oportunidades únicas e rápidas e podem ser denunciadas na justiça por meio de Boletins de Ocorrências e processos judiciais oficiais.

Após ter casa invadida, Aline Wirley faz emocionante carta
Ana Hickmann faz alerta sobre golpe: 'Não caiam nessa'