Notícias às 01:00

Justin Bieber é acusado de apropriação cultural

Reprodução/Instagram

Justin Bieber ficou na boca do povo nesta semana. O cantor postou foto no Instagram em que apareceu com um coque duplo, feito com os dreadlocks. Na imagem, Bieber estava sentado no banco de trás de um carro.

Não demorou muito para alguns seguidores acusarem Bieber de apropriação cultural.

Os seguidores de Bieber explicaram que O penteado dreadlock é um dos símbolos mais marcantes do movimento Rastafari, criado na Jamaica na década de 1930 entre negros descendentes de africanos escravizados.

"Por favor, vá ao Google e pesquise porque brancos não deveriam usar dreads, eu imploro", escreveu um seguidor.

Bieber no Rock in Rio

Justin Bieber já é apresentação confirmada no "Rock in Rio", que acontecerá ano que vem.

Após alguns rumores, Bieber fará a primeira participação no festival, mas a data do show não foi divulgada por questões de contrato.

Com uma carreira de sucesso desde a estreia, em 2009 e a canção "Baby", o músico já veio ao Brasil três vezes: em 2011, com a “My World Tour”, e, dois anos depois, com a turnê “Believe Tour”, quando teve uma passagem conturbada e polêmica por aqui, abandonando até mesmo o palco antes de encerrar a apresentação porque uma pessoa arremessou uma garrafa d'água contra o microfone dele.

A última vez foi em 2017, apresentando a "Purpose Tour, inspirada no disco "Purpose", de 2015, o mais bem recebido pela crítica até hoje. Em março deste ano, Bieber lançou o álbum "Justice", e vem trabalhando na divulgação dele, como fez no "Big Brother Brasil".