Notícias às 16:50

Luciano Camargo relembra perda do pai

Reprodução/Instagram

Luciano Camargo recebeu a triste notícia de que seu pai, seu Franciso, havia falecido enquanto o cantor ainda estava em período de isolamento total após testar positivo para a Covid-19 em 2020. O cantor lembra que foi muito difícil lidar com a perda, ainda mais em um momento tão delicado, já que teve de vivenciar o luto sozinho.

"Quando peguei Covid, a primeira coisa que fiz foi me isolar. Graças a Deus a minha casa é grande e consegui fazer isso. Perdi olfato, paladar e tinha uma dor de cabeça muito forte, mas estava tranquilo. O pior momento foi quando soube de madrugada, no quarto em que estava isolado, que meu pai tinha morrido. Quando você perde alguém, só quer um abraço. Não pude receber um abraço de conforto e nem estar com meus familiares neste momento de fragilidade coletiva para dividir a dor", contou ele. 

“Recebi a notícia de que meu pai não estava reagindo, e que eles iam esperar para ver como ele reagiria. Não pude contar para ninguém porque estava isolado. Quando elas acordaram, chamei as três e fiquei chorando. As minhas filhas com as mãos entrelaçadas no peito olhando para mim sem entender nada. Elas nunca tinham tido uma perda, essa foi a primeira notícia de morte, e elas não podiam dar um abraço no pai. Foi muito dolorido, uma dor física", completou o sertanejo.

Além disso, Luciano não pode presenciar o velório do pai, mas se mostra contente por ter aproveitado bem seus últimas dias com Francisco.

"Eu já estava me preparando inconscientemente para a partida dele. Fiquei com ele três dias, uma semana antes. Abracei muito meu pai no hospital. A gente ficou vendo clipes gospel na TV. Tenho certeza que meu pai aceitou de fato Jesus e há muito tempo. A morte do meu pai aqui na terra não é o fim, é o começo. Aquele abraço que dei nele, acabou sendo uma despedida antecipada. Sei que vou encontrar meu pai de novo e vai ser um abraço eterno."

Luciano Camargo lança Deserto Não Será Seu Fim
Zezé Di Camargo emociona com homenagem ao pai e lamenta: 'Saudade sem limite'

Luciano Camargo dá entrevista sem Zezé e fala de 'desafio' com projeto gospel

Na segunda-feira (22), Luciano Camargo, pela primeira vez sem Zezé no The Noite, fala a Danilo Gentili. Em uma entrevista inédita e exclusiva, o cantor faz revelações sobre sua vida pessoal e se emociona ao recordar um momento crítico que passou recentemente, além de falar da fase em que testou positivo para o coronavírus e todas as implicações que teve por conta disso.

"Quando eu fiz o exame e deu positivo veio na minha cabeça, na hora: 'eu não vou conseguir me despedir do meu pai'. Ele estava hospitalizado e há algum tempo em uma situação crítica. Foi um baque para mim. Junto com a notícia você sempre recebe um apoio, um abraço, e por estar com COVID não pude receber nem um abraço”, disse.

Luciano Camargo lança Deserto Não Será Seu Fim

Morte do pai

Ele ainda comentou sobre o fato de não poder ir ao velório do pai, Seu Francisco.

“Não pude dar o abraço de despedida no meu pai e também não pude receber um abraço de conforto. Isso é terrível. Não pude ir ao velório me despedir. Foram mais 8 dias ou 10" (depois da morte do pai, que pode receber um abraço). Essa saudade só vai acabar quando eu abraçá-lo de novo. Aí vou dar um abraço eterno. Não tenho dúvidas que vou encontrar com ele”, disse.

Projeto gospel

Luciano ainda falou de sua nova fase, como cantor gospel.

"Se eu tivesse feito esse projeto há 20 anos, teria sido o artista. Deus foi me preparando para que hoje o homem, o pai de família, o marido, o cristão, fizesse esse projeto. Fiquei 45 dias gravando sem ninguém saber. O Zezé sabia da minha vontade, mas ninguém sabia que eu estava fazendo", contou.

O sertanejo ainda revelou que tentaram cancelá-lo por isso, apesar de ter sido bem aceito pela imprensa.

"Com meu projeto não senti (discriminação). Fui muito bem aceito pela imprensa e todos os canais de televisão. Poré, nesse mundo de internet, tentaram me cancelar mesmo. Não sou ligado em quantos mil seguidores, porém por causa do projeto precisei abrir um canal para mim no YouTube. Porque eu não quis fazer uso de nada do "Zezé Di Camargo e Luciano". Quis fazer do zero. Perdi, em uma semana, mais de 40 mil seguidores. O pessoal da minha equipe começou a acompanhar e me mostrar… Só porque eu lancei um projeto gospel?", questionou.

Zezé Di Camargo emociona com homenagem ao pai e lamenta: 'Saudade sem limite'

Porém, com a consagração de Tempo, ocupando a primeira colocação nas rádios, ele considera que está no ápice da carreira.

"Quando vi ‘Tempo’ sendo a primeira mais tocada na rádio, foi a mesma emoção que senti com ‘É o Amor’. Posso dizer hoje, sem sombra de dúvida, que estou no ápice da minha carreira. Não por vaidade pessoal, mas por vaidade espiritual", afirmou.

O convidado abre a temporada de entrevistas inéditas do The Noite em 2021, sendo o primeiro convidado do oitavo ano da atração.

"Estamos de volta com inéditos e entendo que, mais do que nunca, temos a missão de levar algo leve e divertido para as pessoas que tiveram períodos pesados e tristes durante a pandemia", afirma Danilo Gentili.

No programa de segunda, ainda tem a estreia do The Noite em Pauta, uma divertida sátira aos jornalísticos que estão em alta na TV paga. Comandado por Danilo Gentili, o quadro traz as notícias da semana sob o olhar afiado de Léo Lins, Murilo Couto e Juliana Oliveira.

O The Noite é apresentado por Danilo Gentili e vai ao ar de segunda a sexta-feira, no SBT