Notícias às 11:40

Manu Gavassi relembra ‘reclusão’ na carreira, após o BBB: ‘Estava enlouquecendo’

Manu Gavassi
Patricia Devoraes/Brazil News

Manu Gavassi é uma das estrelas da série “Maldivas”, que estreou nesta quarta-feira (15) na Netflix. Ao lado de Bruna Marquezine, Natalia Klein, Carol Castro e grande elenco, ela dá vida a Milene, a síndica do condomínio que é toda trabalhada no deboche, mas que também vive um casamento desgastado.

Em conversa com o OFuxico, Manu Gavassi revelou que “sonhava” em fazer a Milene desde quando recebeu o convite para o trabalho e leu todos os personagens.

A personagem, definitivamente, não foi feita para mim porque a Milene era uma personagem mais velha e mudaram alguma coisa para ficar crível eu ser a Milene, então não era uma personagem para mim. Mas depois que eu li todos os personagens, quando me convidaram, eu pensei: “Tomara que estejam me dando a Milene” porque eu não sabia quem iriam me oferecer e eu amei a Milene, porque é difícil acreditar que ela é síndica deste mundo maluco que é Maldivas. Eu vi na Milene a oportunidade de brincar com vários lados legais de ser atriz e oportunidades que eu tive poucas vezes na minha vida, de fazer o deboche, que eu particularmente amo, tem muito da minha personalidade ali”, disse.

Leia+: Maldivas tem humor, suspense e o ‘quem matou?’ que o brasileiro ama

Manu ainda acredita que o público deve se identificar com a personagem, apesar de todo o glamour e excentricidades que ela carrega.

“Aí você pensa: ‘Ah, por que ela é assim?’. Aí você olha e pensa: ‘Ah, mas olha o que ela sofre dentro de casa’, então acho que todo mundo vai se identificar um pouco com a Milene por ela ser uma mulher de verdade”, disse.

A criadora e atriz na série, Natalia Klein, também revelou que não fez a personagem para Manu, mas foi algo que “encaixou” de um incrível.

“Não foi feita para a Manu (Gavassi), mas a partir do momento que eu vi acontecer, sabe a magia acontecendo? Então, quando eu vi, eu falei: ‘É a Manu’, não era para nenhuma outra pessoa no mundo, a personagem não foi criada pensando nela, mas foi feita para ela”, disse.

Momento de reclusão

Depois que deixou o BBB20, onde foi uma das protagonistas, muita gente esperava que Manu Gavassi reinasse em todos os lugares que fosse e produzisse várias coisas e tivesse uma mega interação com os fãs, mas não foi bem assim.

A atriz e cantora contou que durante a produção de seu álbum e a gravação de Maldivas, ficou completamente sem redes sociais, algo que a ajudou completamente para recuperar sua “saúde mental”.

“Durante o Maldivas e toda a produção do meu álbum e do meu álbum visual, eu estava completamente sem rede social e isso me ajudou muito. A gente precisa se respeitar e, às vezes, a gente claramente não está bem e eu sentia que eu ficava muito nervosa com a expectativa que tinham em cima de mim. Eu queria agradar, queria corresponder às expectativas positivas que tinham de mim, mas isso estava me deixando doente, estava me enlouquecendo, então precisei dar um passo atrás para mim”, revelou.

A atriz chegou até a ser acusada de “marketing” na época, mas revelou que a última coisa que pensou foi em fazer esse tipo de “publicidade para si própria”.

“Não foi uma tática de marketing, porque seria péssima. Não façam isso em casa, crianças (risos), pois é terrível essa tática de marketing, mas foi algo que eu descobri que precisava fazer para escolher o tipo de artista que eu queria ser. Para mim, foi a melhor coisa porque eu consegui me dedicar a Maldivas de um jeito que eu nunca imaginei, eu respirava aquilo 24 horas por dia e, ao mesmo tempo eu lancei um álbum, que virou um álbum visual, algo que é uma responsabilidade muito grande, onde eu dirigi, protagonizei, fiz aula de dança para tudo isso acontecer e agora estou lançando a turnê. Então, eu sei o quão foi importante eu dar esse passo para trás para dar cinco para frente”, explicou.

Natalia Klein também acrescentou que sentiu a mudança de Manu Gavassi depois desse momento de reflexão para que ela pudesse “se entender”.

“É muito verdade o que ela estava falando, porque eu consigo ver a diferença entre a Manu de quando a gente começou a gravar em novembro de 2020, aí a gente parou por conta da pandemia, e quando a gente voltou, em junho de 2021, era outra Manu. Muito mais focada, muito mais concentrada, segura, precisa. Foi notória a diferença”, finalizou.

Manu Gavassi e Natalia Klein
Marcelo Sá Barretto/Agnews

Conheça as personagens de ‘Maldivas’!

Manu Gavassi dá vida a Milene, que é a síndica do condomínio no início da série, mas apesar de ser “toda trabalhada no deboche” vive um relacionamento desgastado com o cirurgião plástico Victor Hugo (Klebber Toledo), onde foi toda “montada” pelo marido e buscar ter a atenção dele a todo custo. Mas percebe que ele já está de olho em outra que está mais próxima do que ela imagina. Além disso, apesar de dizer que preza pelo bem-estar do condomínio, é envolvida com situações bem “obscuras”.

Manu Gavassi como Milene
Manu Gavassi como Milene – Divulgação/Netflix

Já Sheron Menezzes interpreta Rayssa, que tem uma carreira de sucesso como empresária, após fazer sucesso como dançarina de axé nos anos 2000. Sua vida é toda baseada em seu “casamento de conto de fadas” com Cauã (Samuel Mello), que era o vocalista da banda no passado, mas, apesar do casamento deles ser aberto, um caso extraconjugal de Rayssa com Victor Hugo, marido de Milene, pode fazer com que sua carreira e sua relação com a amiga terminem de uma vez só.

Sheron Menezzes como Rayssa
Divulgação/Netflix

Carol Castro não tem nenhum problema em sua vida conjugal, como outras personagens, mas sua vida é cheia de problemas por conta do marido Gustavo (Guilherme Winter), acusado de corrupção e em prisão domiciliar, vira a vida da família de cabeça para baixo, enquanto ela tenta manter a pose de “família perfeita” de pé.

Carol Castro como Kat
Carol Castro como Kat – Divulgação/Netflix

Natália Klein, que vive Verônica, não faz a linha da “high-society” como outras personagens, além de não ser muito próxima das outras “maldiviers”. Tendo um estilo mais gótico é a pessoa mais próxima de Leía/Patrícia no condomínio, tendo, inclusive, fotos da amiga em situações constrangedoras, que levam o público a pensar até onde ia essa amizde toda.

Natalia Klein como Verônica
Divulgação/Netflix

Já a tão esperada atuação de Bruna Marquezine, que vive Liz, é marcada por uma criança abandonada pela mãe (Léia) quando ela tinha cinco anos, sendo abandonada pela mãe e sendo criada em Goiás pela avó, papel de Angêla Vieira. Viajou ao Rio de Janeiro para tirar a limpo a história de sua infância e terá papel fundamental na investigação da morte de sua mãe, mas antes precisará mudar seu estilo country para se encaixar no mundo de “Maldivas” e ir a fundo dentro do mistério.

Bruna Marquezine como Liz
Bruna Marquezine como Liz – Divulgação/Netflix

O elenco ainda conta com Klebber Toledo, Romani, Samuel Melo, Guilherme Winter, Ângela Vieira, Alejandro Claveaux, Filipe Ribeiro, Ricky Tavares e Marcelo Várzea.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!