Notícias às 17:00

Mayra Cardi se revolta ao saber de intimação contra Pétala

Reprodução/Instagram

Eita! Parece que Mayra Cardi não gostou nada da decisão da Justiça de proibir que Pétala Barreiros cite o nome de seu ex, Marcos Araújo. A empresária usou as redes sociais para falar sobre a intimação, que determinou que se a jovem falar do empresário, a quem ela acusa de ter sido abusivo e de a ter agredido, ela terá que pagar multa diária de cinco mil reais. 

"No dia que eu resolvo me recolher, o universo me chama de alguma forma. Entendi a minha missão com o mundo. Hoje o que a gente tem de mais difícil é encontrar ajuda de verdade, quem estenda a mão para as nossas angústias. Vi um vídeo agora da Pétala que ela diz que vai ser obrigada a se calar. Além de ter apanhado e de ter revivido um relacionamento abusivo, onde ela foi estuprada, apanhou e foi manipulada, agora ela não pode falar. Tem que se calar e fingir que não aconteceu", desabafou Mayra com lágrimas nos olhos.

Mayra Cardi sobre 2020: ‘Entreguei mais do que podia dar’

Mayra Cardi mostra Natal 'todo rosa’ em vídeo fofo com a filha

“Abuso não é polêmica, é assunto sério. Eu quero deixar aqui a minha compaixão e a minha rede social para todas as mulheres que sofrem abuso, que não têm coragem,que não tem costa quente, que eu vou pegar essa causa para mim. Falem mulheres, não se calem. A única maneira da gente fazer parar, para que as nossas filhas, as nossas netas, não sofram a mesma coisa, é fazendo esses babacas como o Marcos passarem vergonha nas redes sociais. A única coisa que a Pétala queria era desculpa dos pais dos filhos dela. Ela tinha esperança de que você mudasse”, revelou Mayra.

“Por mais mulheres corajosas como a Pétala. Deem a cara para bater mulherada, é uma causa que a gente precisa brigar”, finalizou a empresária.

Essa não foi a única vez que Mayra Cardi saiu em defesa da jovem. Logo quando surgiram na web diversos relatos e exposições feitas por Pétala Barreiros, a empresária se pronunciou.

Entre os principais fatores, Pétala relatou que desde os 14 anos sofreu abusos físicos e psicológicos, e que, atualmente, Marcos negligencia suas responsabilidades econômicas em relação aos dois filhos que tem com ela.

Porém, Pétala revelou que, ao tentar fazer um boletim de ocorrência contra o ex, teve atendimento negado na delegacia, denunciado a situação de muitas mulheres no país que sofrem do mesmo mal.

Ao saber de toda a situação, Mayra Cardi decidiu se pronunciar a favor de Pétala sobre o assunto, aparecendo chorando no stories do Instagram.

“Gente, desculpa eu estar aparecendo aqui dessa forma. Apesar de eu estar tentando me reconectar comigo, eu estava num momento meu superfeliz, mas tem uma coisa acontecendo na internet que a gente não pode fingir que não está acontecendo”, disse Cardi.

“Eu mostrei outro dia para vocês uma menina de 14 anos que engravidou de um homem sem escrúpulos, que batia nela, que fazia outras coisas muito mais pesadas que ela não contou, ela está expondo vídeos dele batendo nela na internet. Esse homem tem dinheiro, ela está sendo calada”, completou ela.

Danos de um relacionamento abusivo

Em sua declaração, a empresária afirmou se identificar com Pétala no caso, afinal, ela também sofreu e expôs uma relação abusiva com Arthur Aguiar.

“Relacionamento abusivo é uma coisa muito séria. Existem níveis de relacionamento abusivo, níveis de relacionamento abusivo psicológicos, físicos, o dela especificamente é todo tipo de relacionamento abusivo que existe. Não preciso dizer para vocês porque obviamente a dor dela é a minha dor, obviamente que nem se compara o que ela viveu com o que eu vivi. Nem de longe…”

“E por isso estou sofrendo tanto, porque imagino o que essa mulher está vivendo com um bebê que acabou de nascer tem 30 dias, ela não está conseguindo nem viver o puerpério dela. Enfim, eu queria muito que vocês fizessem barulho, que vocês apoiassem para que esse cara que é só dinheiro fosse responsável. Talvez tenha tempo para ele virar gente”, concluiu ela.

Últimas notícias

às

Últimas notícias

às

Últimas notícias