Notícias às 15:19

Padre Fábio de Melo completa 50 anos de idade e agradece apoio

Reprodução/Instagram

Neste sábado (3), o Padre Fábio de Melo completou 50 anos, mas a data ficou um pouco menos festiva este ano, pois a mãe do clérigo morreu há uma semana, vítima da Covid-19, sendo assim o sétimo dia da despedida de dona Ana. Além disso, em publicação no Instagram, o padre relembrou o Sábado de Aleluia, que antecede o Domingo de Páscoa e sucede a Sexta-feira Santa, tradições religiosas do meio cristão.

"Dia de sombra e de luz. Ambíguo, barroco, como são os percursos da vida. Comemoro o meu nascimento, o sétimo dia da ressureição de minha mãe, o silêncio que emana do sepulcro de Jesus", escreveu ele. "O sábado é santo, o sábado é silêncio, o sábado é espera. Desfruto de uma paz que tem origem no Deus que me habita. Um sentimento de gratidão por ser quem sou, por ter sido minha vida exatamente como foi. Agradeço a cada de vocês. Pela congregação que o tempo nos permitiu criar", finalizou Fábio de Melo.

Nos comentários, o também cantor recebeu mensagens de carinho dos internautas e famosos, como Sabrina Sato. "Feliz aniversário cheio de amor, paz e fé. Te amamos", afirmou.

Padre Fábio de Melo agradece apoio após morte de sua mãe

Noticia triste

 

Dona Ana Maria, mãe do Padre Fábio de Melo, não resistiu às complicações da Covid-19 e morreu no sábado (27). Ela estava internada desde o último dia 15, em um hospital particular de Uberlândia (MG).

No Instagram, por meio de uma publicação emocionante, o religioso confirmou o falecimento de Ana, que tinha 83 anos.

Mãe do Padre Fabio de Melo é internada com a Covid-19

“Minha mãe partiu hoje. Logo cedo, como quem tem pressa de viver a eternidade. A mim resta a dor térrea, o ferimento que rasga o corpo e a alma. Ela me deu a vida num Sábado de Ramos, como hoje. Nossa simbiose reuniu as regras do nascer e do morrer”, começou o padre, que agradeceu a mãe por tudo que lhe proporcionou.

“Obrigado, minha dona Ana! Só Deus e nós sabemos o quanto fomos um do outro. Uma pertença que me fez sofrer, sorrir, amar, aprender, conjugar todos os verbos que tornaram válida a aventura de nossa existência. Seguirei hospedando sua memória, levando tudo o que couber dentro de mim”.

Padre Fábio de Melo se emociona com vacinação da mãe: 'Choro que o medo gerou'

“Um dia, quando eu estava em Fátima, Portugal, eu liguei para a senhora e disse: ‘mãe, eu estou em Fátima!’. A senhora imediatamente me disse: ‘Então, quando você estiver diante de Nossa Senhora, diga que eu mandei um beijo pra ela. Fala que é a Ana Maria, ela sabe quem é…’”. Sim, minha mãe, meu pedaço de mim. Na eternidade, onde a pureza e a bondade prevalecem, todos sabem quem a senhora é. Leve de mim tudo o que quiser, tudo o que puder. O dia mais temido chegou. O dia de continuar neste mundo tão empobrecido, sem o precioso simbólico da filiação, sabendo que você não estará mais por aqui”

“Guarde meu coração com o seu. Até o dia que Deus voltar a me permitir deitar a cabeça no seu colo, enquanto você faz carinho nos meus cabelos, me chamando de Fabinho. Obrigado a todos vocês que rezaram, obrigado pelo amor com que vocês sempre nos trataram”, finalizou.