Notícias às 17:00

Pai de Britney Spears declara ‘grampo’ no quarto da cantora, na corte

Britney Spears com rosa na mão
Foto: Reprodução/Instagram/@britneyspears

Através de uma declaração na corte, Jamie Spears, pai de Britney Spears, está acertando as contas depois de ser acusado de grampear o quarto da cantora durante sua tutela, como medida de segurança, como foi alegado recentemente no documentário “The New York Times Presents: Controlling Britney Spears”, que sugeria que dispositivos de gravação foram usados ​​para monitorar a atividade da cantora em sua casa na Califórnia durante o tempo em que ele dirigia a tutela que controlou sua vida por mais de uma década.

Leia+: Britney Spears compra casa e preocupa os fãs

Em uma declaração juramentada submetida no Tribunal Superior de Los Angeles na quarta-feira, 29 de junho, e obtida pela coluna PageSix do jornal “The New York Post”, Jamie explicou:

“Estou informado da alegação… de que um dispositivo de escuta ou ‘bug’ foi colocado [em] seu quarto como vigilância durante a tutela. Esta alegação é falsa. Eu nunca conduzi ou autorizei qualquer vigilância do quarto de Britney em nenhum momento, inclusive durante a tutela. Não estou ciente de que tal vigilância tenha ocorrido”, afirma.

Leia+: Britney Spears desmente o irmão

O documentário que foi ao ar no ano passado continha alegações de um ex-funcionário da empresa de segurança Black Box Security, Alex Vlasov, que foi contratado por Jamie para proteger sua filha. Vlasov afirmou que havia mais de 180 horas de gravações de áudio de Britney em seu quarto, bem como o monitoramento de suas mensagens de texto, telefonemas e histórico da internet.

A ação judicial foi parte de uma longa batalha legal sobre a tutela, que foi dissolvida em novembro de 2021, após mais de 13 anos.

ACORDO PRÉ-NUPCIAL

Em caso de separação, Sam Asghari sai de mãos vazias de seu casamento com Britney Spears. É o que garante o site TMZ que teve acesso ao contrato pré-nupcial da cantora com o personal trainer. Isso indica que os advogados da artista tomaram todas as medidas de proteção para preservar seu patrimônio líquido estimado em US$ 60 milhões (R$ 292 milhões).

Leia+: Britney Spears usou quatro vestidos Versace em seu casamento

Fontes próximas a Asghari e Spears disseram ao TMZ na segunda-feira 13 de junho que o casal assinou um acordo pré-nupcial que garantirá que Asghari não receba nem 1 dólar da fortuna de Spears se eles se separarem.

Mathew Rosengart, o advogado que Spears contratou para representá-la durante os meses finais de sua luta para encerrar a tutela de 13 anos que seu pai Jamie Spears supervisionou, foi o responsável por redigir o contrato assim que o casal ficou noivo.

Mas a publicação revela que a ideia do acordo pré-nupcial foi do próprio Sam Asghari.

Leia+: Britney Spears mostra os bastidores de seu casamento

Em setembro do ano passado ele usou os stories do Instagram ele brincou com os boatos, dizendo: “Obrigado a todos que estão preocupados com o pré-nupcial. Claro, estamos recebendo um acordo pré-nupcial para proteger meu Jeep e minha coleção de sapatos, caso ela me deixe um dia.”, escreveu, adicionando dois emojis rindo.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!