Notícias às 08:29

Pai de Meghan Markle vai acionar a Justiça para ver os netos

Thomas Markle fotomontagem Meghan Markle

Reprodução/Instagram

Vira e mexe, Thomas Markle, pai de Meghan Markle, aproveita uma brecha para cutucar a filha e o genro, Príncipe Harry. A relação entre eles é azeda desde 2018. Recentemente, Thomas revelou que vai entrar na Justiça para poder conhecer os netos Archie, de dois anos, e Lilibet, de um mês.

Em entrevista para a Fox News, Thomas alfinetou: “Archie e Lili são crianças pequenas. Não são políticos. Não são peões. Eles não fazem parte desse jogo. E eles também são da realeza e têm os mesmos direitos que qualquer outro de lá. Não deveríamos punir [Lilibet e Archie] pelo mau comportamento de Meghan e Harry.”

E ele continuou: “Vou pedir aos tribunais da Califórnia os direitos de ver meus netos em um futuro muito próximo”.

Ao ser questionado sobre a autobiografia que Harry pretende lançar, Thomas ironizou: “Harry não tem muito mais para contar. Depois de três sessões com os psiquiatras e com Oprah Winfrey, não sei o que mais há para contar.”

A BRIGA DE MEGHAN COM O PAI

Thomas e Meghan Markle brigaram em 2018 quando ele combinou ‘flagrantes’ com um paparazzi em que ele mesmo aparecia lendo anúncios no jornal do casamento da filha com o príncipe Harry.  Na época, Thomas chegou a embolsar mais de R$700 mil.

Meghan ficou furiosa e se afastou do pai. Ele se disse arrependido, mas a relação entre eles nunca mais foi a mesma.

FAMÍLIA REAL PODE PROCESSAR HARRY?

Após Príncipe Harry, 36 anos, anunciar o lançamento de um livro de memórias, o clima esquentou entre as paredes do Palácio de Buckingham, em Londres.

Fontes ligadas a realeza revelaram para a revista US Weekly que a Rainha Elizabeth 2,  o Príncipe Charles e Príncipe William não digeriram nada bem o anúncio feito pelo filho caçula da Princesa Diana.

“A família real está abalada com o livro. Charles e William estão particularmente preocupados com o que Harry revelará”.

O site Bussiness Insider acrescenta: “Eles ainda não receberam uma cópia e não sabem o que esperar. Isso os está deixando nervosos. ”

Irritados com a iniciativa de Harry em expor detalhes de sua vida e, consequentemente, revelar passagens que envolvem Charles, Diana, a Rainha e seu irmão William, os integrantes da família real cogita tomar ‘medidas legais’ contra o marido de Meghan.

“Vamos apenas dizer que Harry e Meghan não vão mais poder controlar totalmente a narrativa. Haverá uma reação como nunca houve antes”, complementou a fonte.

Veja+: Confira mais detalhes sobre a autobiografia de Harry

Tudo indica que a represália será encabeçada por William. Todos aguardam por mais detalhes da autobiografia e, dependendo do seu conteúdo, a reação será forte e imediata.  É certo que a família real se arrependeu da demora na reação à polêmica entrevista de Harry e Meghan à Oprah Winfrey e desta vez não pretende demorar no contra ataque.

Ao site Radar uma fonte próxima à realeza afirmou que “qualquer declaração ou alegação considerada enganosa ou falsa não será mais recebida com silêncio”.

Segundo People, Harry nunca escondeu seu projeto de escrever suas memórias. “O príncipe Harry teve uma conversa privada com a família real sobre a publicação do livro muito recentemente. Mas não se espera que ele tenha autorização da família para publicar seu livro”, informou a revista após contato com o porta-voz do duque de Sussex.

Ao site Page Six outras fontes garantiram que os familiares de Harry só ficaram sabendo do livro dele após o comunicado oficial sobre a biografia, em 19 de julho E Charles ficou “surpreso” com a notícia. “Ninguém sabia. Houve caos quando a matéria do Page Six foi publicada”, garantiu outra fonte da coluna.