Notícias às 06:00

Para Liam Payne o Natal tem ‘gostinho’ especial

Reprodução/Instagram

Liam Payne disse que o natal tem um significado diferente desde que ele se tornou pai. O cantor – que tem um filho de três anos, Bear, com sua ex, Cheryl Tweedy – admitiu que a época festiva é importante para ele agora que ele tem um filho. 

O cantor falou de seus planos para este ano, durante uma sessão de perguntas e respostas no Instagram: "O natal tem um significado diferente desde que tive meu filho. É tudo sobre as crianças. A melhor coisa do natal é nos conectarmos com nossos amigos e família."

E o cantor de 27 anos disse que já está 'no espírito natalino'. 

"Estou no espírito natalino. Normalmente sou eu que cozinho. É muito divertido ver meu filho esperando pelo papai noel perto da chaminé", revelou. 

Questionado se já tem tudo pronto para o Natal, ele comentou: "Estou vendo a minha lista de natal e parte dessa temporada é ficar nervoso sobre o fato de não termos feito muita coisa ainda". 

 

Furioso

 

Liam Payne ficou furioso com uma notícia envolvendo ele e seu filho com Cheryl, Bear, de três anos, publicada no jornal Daily Mail, que dizia que ele e a cantora teriam decidido que ele deveria ficar longe do filho. 

O cantor não costuma se importar com fofocas, mas desta vez ele comentou que precisava fazer um esclarecimento, já que o jornal fez parecer que havia algo de errado com ele e por isso Cheryl decidiu que era melhor ele não ver Bear. 

No Instagram, Liam compartilhou a notícia e comentou: "Normalmente, eu deixo essas coisas passarem, mas isso está completamente fora de contexto…", começou dizendo. 

"Eu não conseguia ver meu filho por causa da pandemia mundial que está acontecendo, não porque tivesse algo de errado comigo, como este título sugere", critiou. 

"Esta entrevista foi feita durante o primeiro bloqueio nacional no auge da pandemia de coronavírus e eu estava discutindo não ser capaz de ver meu filho, o que era um momento difícil para qualquer pai", explicou. 

"Eu gostaria que às vezes essas pessoas fizessem a pesquisa e dessem contexto em vez de pintar as pessoas de uma certa maneira somente pelo 'click bait'", lamentou.