Notícias às 06:00

Rainha Elizabeth II não participará da missa de Páscoa

Rainha Elizabeth II
Foto: Reprodução/Instagram/@theroyalfamily

O Palácio de Buckingham confirmou que a Rainha Elizabeth II, que se recuperou da Covid-19 no mês passado, não vai participar das celebrações do Domingo de Páscoa, e não estará presente na missa de Páscola que acontecerá na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor.

Leia+: Cachorros de Elizabeth II tem chef para preparar suas refeições

Sua ausência é devido a que ela tem sofrido com problemas de mobilidade, e os conselheiros consideram que é melhor preservá-la para outros compromissos.

O Príncipe Charles e a Duquesa da Cornualha, Camilla Parker-Bowles devem se reunir com a monarca para o almoço de Páscoa em Windsor, segundo fontes da revista New Idea Royals.

Leia+: Princesa Charlotte pode herdar título que Rainha Elizabeth nunca teve

Elizabeth completará 96 anos dia 21 de abril e ainda não se sabe se ela estará presente na missa em sua homenagem.

LUTA DIFÍCIL CONTRA A COVID

A Rainha Elizabeth II revelou que sua batalha contra o Covid-19 foi “assustadora”, deixando-a “muito cansada e exausta” e tornando muito difícil o fato de ela não poder ver sua família.

Leia+: Príncipe William foi chamado de ‘petulante’ por comentarista real

A monarca britânica de 95 anos, que completa 96 dia 21 de abril, falou de sua experiência com o coronavírus durante uma visita virtual na semana passada ao Royal London Hospital, comemorando a abertura oficial da unidade Queen Elizabeth.

Na época, a rainha teve “sintomas leves de resfriado”, depois que foi diagnosticada com o vírus em fevereiro, mas conseguiu realizar “tarefas leves”, segundo informou o Palácio de Buckingham.

No bate-papo de Rainha Elizabeth II com Asef Hussain, que teve Covid-19, e sua esposa, ele revelou que contraiu o vírus em dezembro de 2021 e foi colocado em um ventilador por sete semanas, permanecendo conectado ao oxigênio em uma cadeira de rodas após receber alta.

“Me lembro de acordar minha esposa dizendo que sentia que não havia oxigênio no quarto. Lembro-me de colocar minha cabeça para fora da janela, apenas tentando respirar, tentando obter aquele oxigênio extra”, disse ele, se apoiando em uma bengala.

A rainha Elizabeth respondeu: “Estou feliz que você esteja melhorando, e isso deixa a pessoa muito cansada e exausta, não é? Essa pandemia terrível. Não é um resultado legal. Obviamente, foi uma experiência muito assustadora ter COVID de forma grave, não foi?”, disse a monarca.

Rainha Elizabeth II em conversa virtual
Rainha Elizabeth II em conversa virtual – Grosby Group

“É claro que não ter permissão para ver seus parentes foi muito difícil, não foi?”, acrescentou a Rainha.

A grande instalação do Royal London Hospital foi construída em apenas cinco semanas, enquanto os casos graves de Covid aumentaram em Londres, segundo o jornal The Guardian.

A certa altura, os 650 funcionários do hospital estavam tratando cerca de 800 pacientes, de acordo com um funcionário.

Leia+: Rainha Elizabeth II autoriza publicação de livro

“Este foi, sem dúvida, o maior desafio de nossa carreira até hoje para todos nós, e acho que foi a escala e o ritmo em que as coisas aconteceram. No entanto, acho que ter as instalações desta nova instalação nos permitiu tratar muito mais pacientes de todo o nordeste de Londres”, disse uma enfermeira do Serviço Nacional de Saúde à Rainha durante a visita virtual.

A visita terminou com a inauguração de uma placa dedicada ao monarca.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!