Notícias às 08:00

Relembre os ‘patinhos feios’ da TV que se transformaram em cisnes

Reprodução/TV Globo/Record TV/Montagem

Sabe aquela prima desengonçada, completamente desprovida de vaidade? Pois é, há mulheres que desconhecem seu valor externo. São verdadeiras joias, que só precisam de um toque especial na roupa, acessórios, make e cabelo para enfim, elevarem a autoestima.

É o caso de Eliza (Marina Ruy Barbosa) em Totalmente Demais, atual folhetim das 19h, em reprise especial da TV Globo. A menina do interior não tinha zelo por sua aparência, surgia sempre com as madeixas desgrenhadas, sequer um batom usava.

Essa realidade pouco a pouco está mudando! Porém, enquanto isso não acontece totalmente, o OFuxico resgatou no baú da dramaturgia outras personagens que sofriam deboche, contudo, ao darem a volta por cima, arrancaram aplausos e assovios por onde passavam.  

Eliza – Totalmente Demais (2015/2020)

Eliza de Totalmente Demais (2015/2020)

O visual de Eliza está mudando e, no decorrer da história, a ruivinha vai passar por uma verdadeira metamorfose. A protagonista da trama vai ganhar novo corte de cabelo, um look estiloso, deixando de ser gata borralheira para virar uma linda cinderela.

Totalmente Demais: Eliza fica trancada no banheiro

Giane – Sangue Bom (2013)

Giane de Sangue Bom (2013)

A desleixada da vez que se tornou atraente atende por Giane (Isabelle Drummond). A garota da Casa Verde era apaixonada por futebol e pelo amigo de infância Bento (Marco Pigossi). Os dois viraram sócios na cooperativa de flores, a Acácia Amarela.

Isabelle Drummond relembra personagem em Novo Mundo

Bela – Bela, a Feia (2009)

Bela de Bela, a Feia (2009)

Parecia piada pronta. Como uma jovem tão desajeitada, poderia se chamar Bela (Giselle Itié)? Motivo de gozação até no ambiente profissional, a filha de Clemente (Bemvindo Sequeira) recebeu a ajuda de sua fada madrinha Vera (Silvia Pfeifer), e se tornou uma elegante mulher de parar qualquer trânsito.

Giselle Itié celebra primeiro mês do filho: 'Muita gratidão'

Ana Francisca – Chocolate com Pimenta (2003)

Ana Francisca de Chocolate com Pimenta (2003)

Alegre, extrovertida, risonha. Ah, sincera e despreocupada também. Ana Francisca (Mariana Ximenes) era a chacota do colégio. Brejeira alta, dona de um estilo brega, usando sempre óculos fundo de garrafa, foi humilhada em plena formatura com um balde de tinta verde. Prometeu vingança e mudou-se de cidade. Ao retornar depois de muitos anos, envolveu a todos com tamanha elegância e beleza, até então, desconhecidas dos moradores.

Mariana Ximenes faz marmita em dia como voluntária

Carmem – A Viagem (1994)

Carmem de A Viagem (1994)

Aqui a situação inverteu-se. Carmem (Susy Rêgo) era uma mulher naturalmente bela. Desempregada, ficou sabendo de uma vaga para atendente de locadora de vídeo, porém, como a dona do estabelecimento, a ciumenta Diná (Christiane Torloni) não contratava moças bonitas, a amiga de Lisa (Andrea Beltrão) fingiu ser “feia”, caracterizando-se como tal.

Suzy Rego diz que recebe “entidade” quando o assunto é beleza