Notícias às 14:08

Samantha Schmutz critica homenagem de Gabriela Pugliesi a Paulo Gustavo

Reprodução/Instagram

A morte de Paulo Gustavo completou uma semana na noite de terça-feira (12), mas as saudades e homenagens continuam sendo feitas desde semana passada.

Gabriela Pugliesi foi uma das famosas a deixar sua homenagem ao humorista, compartilhando alguns vídeos do comediante em seu perfil no Instagram.

“Se essa foi a vontade de Deus, o que me resta é te guardar no lugar mais especial e alegre do meu coração. Guardar seus conselhos, seus vídeos que sempre me faziam rir, sua alegria, sua generosidade que não cabe no mundo. Acho que é isso…. O mundo não tem espaço para você. Talvez o céu tenha!”, disse ela na legenda da postagem

“Que sua passagem seja feita com toda a alegria que você nos fez sentir todos esses anos. Vou tentar não procurar explicação e orar para que sua alma vá em paz. Você merece descansar agora, lutou muito. Te amo meu amigo. O mundo te ama. Va em paz e fique com Deus, e com certeza quando tudo isso acabar nós vamos nos encontrar”, completou Pugliesi.

Porém, em meio a comentários lamentando o falecimento de Paulo Gustavo, Samantha Schmutz criticou o texto e não concordou com algumas declarações feitas.

“Não foi à vontade de Deus não, foi falta de vacina!”, disparou ela.

Desabafo e indignação

Samantha Schmütz foi às redes sociais compartilhar um desabafo sobre a atual situação do país. Uma das melhores amigas de Paulo Gustavo, que morreu na última semana por complicações da Covid-19, a atriz expôs a sua indignação com o presidente Jair Bolsonaro, a falta de vacinas e, principalmente, com os famosos, que contam com milhões de seguidores não estão usando a sua influência para falar do assunto.

"Acabou a brincadeira #realityshowdehorrores", escreveu a atriz na legenda do vídeo compartilhado no seu Instagram. "Queria entender como que pode, o chefe da nação [o presidente Jair Bolsonaro], na atual conjuntura, imitar alguém com falta de ar. O que é que a gente está esperando para fazer alguma coisa? Quem mais a gente vai esperar morrer? Quem mais o Brasil vai perder? Seja quem for. Que a mesma força que nos uniu no amor, em orações, nos una para tentar parar esse horror", começou ela.

"Então, acho que devia parar de fazer dancinha de TikTok. De verdade. Parar de se unir e ficar votando pra cara*** em um negócio que não vai ter fim nenhum além do entretenimento. Acho que a gente tem que se unir direito. Votar em quem acredita na Ciência desde o dia um. Fazer mutirão pro que realmente importa. Não adianta fazer mutirão para reality show da vida dos outros. A nossa realidade está bizarra. Bizarra! E ninguém está usando todas as cartas”, completou. 

"Não dá pra gente ficar postando nós, que temos milhões de seguidores, nada mais que não seja em prol da po*** da vacina! Em prol de alguém fazer alguma coisa, porque quem pode fazer, não vai fazer! Acabou a brincadeira aqui. Não dá pra postar look do dia, não dá pra sensualizar mais, não tem mais o que fazer, a não ser contra o que está acontecendo!", finalizou.