Notícias às 09:00

Stormi é capa da revista Vogue com a mãe Kylie Jenner

Reprodução/Instagram

Aos seus dois anos, a pequena Stormi Webster, é capa da revista Vogue! Kylie Jenner levou sua filha com Travis Scott, para a capa da Vogue Czechoslovakia (República Tcheca), que foi feita por meio de um iPhone devido a pandemia do coronavírus.

A imagem é um close do rosto das duas com a frase: "Histórias de ninar com Kylie Jenner e Stormi".

A foto foi tirada pelos fotógrafos Luca e Alessandro Morelli, que fizeram uma sessão de fotos pelo Zoom com as duas.

A magnata dos cosméticos foi ao Instagram compartilhar os bastidores do trabalho e confessou que não poderia estar mais orgulhosa da filha.

Kylie Jenner tem seu próprio jatinho customizado

"Às vezes eu olho para ela e choro", comentou, ao justificar que sua bebê está crescendo.

Ela escreveu: "Eu amo essa menina demais… Às vezes eu olho para ela e choro, sabendo que ela nunca mais vai ser pequena assim. Quem ia saber que uma pessoa tão pequena poderia roubar seu coração. Deus não comete erros com você. Bastidores da Stormi @vogueczechoslovakia".

Na entrevista que acompanha a publicação, Kylie falou sobre deixar Stormi usar maquiagem.

"A questão é quando vai acontecer. Quando eu era pequena, usava as sombras da minha mãe escondida. Isso me dava liberdade e me encorajava a ser criativa. Desde a sexta série eu ia para a escola com sombra roxa", relembra.

Stormi também já apareceu na capa da Harper's Bazaar Arábia.

Khloe Kardashian e Tristan Thompson aparecem juntinhos
Kendall e Kylie Jenner relembram transição de sexo do pai

Diversidade racial

Apesar do escândalo em que está envolvida atualmente por conta das acusações da revista Forbes, de que "inflou" sua fortuna para ser colocada na lista de bilionária, Kylie Jenne tem se dedicado a outros temas, segundo ela, mais importantes do que a quantia que ela tem no banco.

E esta semana a companhia de Kylie, a Kylie Cosmetics, afirmou que está 'orgulhosa' da diversidade racial dentro de sua empresa.

No domingo, a marca de beleza abriu com seus funcionários como parte do desafio #PullUpForChange, que pede às empresas que fossem transparentes sobre o número de trabalhadores negros em sua equipe.

Segundo a Kylie Cosmetics, 13% de seus funcionários se identificam como negros, percentual que chega aos 47% da empresa que se identifica como BIPOC – negros, indígenas e mestiços. Os outros 53% são brancos, enquanto todos os 100% se identificam como mulheres.

"A Kylie Cosmetics está aqui para Pull Up for Change, para nossa equipe e para a comunidade negra", escreveu a empresa no Instagram. "Estamos orgulhosos da diversidade de nossa empresa, com uma equipe de mulheres negras, brancas, asiáticas, americanas nativas, latinas e do Oriente Médio", justifica.

"À medida que nossa equipe cresce, comprometemo-nos a manter um foco contínuo na diversidade étnica no local de trabalho e no recrutamento de funcionários negros", prosseguiram.

"Os números que você vê acima representam as pessoas no nosso QG Kylie Cosmetics / Kylie Skin", finalizou.